Tabela de Conversão de Graus de Escalada

A escalada como esporte também possui suas peculiaridades como a graduação de vias. Tocar no assunto de graus de escalada é assunto polêmico, e este artigo não é para isso, e sim divulgar uma maneira de traduzir os graus encontrados pelo mundo afora.

Como é padrão adotado por cada comunidade de escalada, uma diferente da outra, existem muitas espalhadas pelo mundo Mesmo assim algumas são consideradas padrão e adotadas por muitos como a francesa e americana.

No Brasil existe uma graduação própria para graus de escalada esportiva e tradicional. Porém para a prática de Boulder no Brasil (ao menos na maioria dos estados) é utilizado comumente a graduação americana.

Veja abaixo a tabela COMPLETA de Conversão de Graus de Escalada existentes no mundo:

Tabla-conversion-de-grados1[1]

There are 46 comments

  1. Oriane Bertone: A frencesa de 12 anos que já encadena V13 - Assista ao vídeo

    […] Na escalada, especialmente nos últimos 10 anos, é visto uma evolução acelerada de escaladores que, a cada dia, quebram marcas que antes pareciam inatingíveis. Especialmente os escaladores mais jovens, que foram introduzidos bem cedo à escalada, começam a destacar-se dentre o universo atual de praticantes. Este parece ser o caso de Oriane Bertone, uma escaladora de 12 anos (isso mesmo DOZE!) que recentemente teve um vídeo seu postado na internet encadenando o segundo (isso mesmo, SEGUNDO!) boulder de graduação V13. […]

  2. Carei

    Na verdade estas tabelas são sempre controversas. Nunca é exatamente aquilo. Por exemplo: usamos o V0. tem lugares que o V1 está proximo do VI sup, VII. Dentro do próprio Brasil a graduação varia. Tem lugares que o V é mais hard, em outros, mais simples.
    Mas com certeza ajuda bastante.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.