Como se comportar em um refúgio de montanha

Estar atento ao nosso comportamento é cuidar das nossas amizades e respeitar o local que visitamos. Não adianta você usar um equipamento caríssimo, se e não saber valorizar suas próprias qualidades. Muitas vezes cometemos gafes em público e nem sabemos que estamos fazendo algo que não é bem aceito pela maioria das pessoas.

O nome dado a este tipo de autoconhecimento chama-se etiqueta. A etiqueta social pode ser definida como o conjunto de regras de comportamento dentro da sociedade ou grupo social. Tais regras são criadas a partir da prática e das tradições que passam de geração para geração, tornando-se regras claras a serem respeitadas.

Vale observar que por se tratar de convenções sobre o comportamento humano, cada círculo social irá desenvolver o seu conjunto de regras de acordo com suas vivências e culturas. Portanto, é muito importante saber que a cultura social é algo relativo e historicamente construído. Por isso, é imprescindível entender que comportamentos que você está acostumado a fazer em sua casa, na casa de familiares e residência de amigos na sua cidade ou país, não necessariamente é educado e aceito em outros.

Ao entrar em um refúgio de montanha, que é um local com várias pessoas com interesse em comum (visitar a montanha e desfrutá-la em alguma atividade esportiva) é muito importante ser educado. Ser educado e agradável faz a diferença e colabora para um bom ambiente e para o astral do lugar. Porém muitas pessoas ainda necessitam de alguma orientação para que aprenda que ao sair de casa, é necessário respeitar as outras pessoas que encontrar.

Definição de refúgio de montanha

Como o montanhismo nasceu na Europa, tendo sua data e acontecimentos comemorativos em Chamonix por volta do século XVII, foi exatamente nesta região que foram criados os abrigos de montanha. Pois a região dos Alpes era pouco povoada e os montanhistas necessitavam de um local para dormir e se preparar para o cume.

Com o surgimento dos Clubes Alpinos na Europa, em especial em Chamonix, algumas construções temporárias para os montanhistas começaram a serem erguidas. Por definição, um refúgio de montanha é uma construção destinada a alojar e proteger das intempéries meteorológicas os montanhistas, escaladores ou excursionistas, que se encontram em zonas de montanha, geralmente de difícil acesso ou em núcleos rurais. Estes lugares também são conhecidos como albergue de montanha ou cabana de montanha.

A administração destas instalações está designada por um clube alpino que atua e administra a região. Portanto, a história dos refúgios de montanha está diretamente ligado à atuação e organização de um Clube Alpino. Portanto, refúgio de montanha são instalações residenciais estrategicamente localizadas em uma montanha, onde a maioria oferece o básico.

As características dos refúgios de montanha são muito variáveis, dependendo de cada região e administração. Há refúgios tipo bivac (apenas em um teto com paredes), unicamente para resguardar os escaladores em zonas de alta montanha, mas há também outros mais estruturados, que funcionam com filosofia similar à hostel e albergues, com energia elétrica e estrutura mínima de conforto.

No Brasil, o conceito de refúgio de montanha perdeu-se um pouco no seu significado. Em terras brasileiras algumas casas alugadas em regiões rurais e cidades de interior, ganharam esta nomenclatura, mesmo que sequer estivessem em montanhas ou servissem como hostel, apesar de serem locais de hospedagem transitória e por curtos períodos por escaladores. O conceito utilizado para os referidos “refúgios de montanha” no Brasil é mais similar ao de uma “hospedaria” ou “guest house”.

O termo hospedaria refere-se, em geral, a locais onde se podem albergar pessoas durante suas viagens. Já uma guest house é uma casa particular que foi convertida a uma casa de acomodação. Geralmente o dono vive em uma área separada dentro da propriedade e a guest house serve como uma forma de negócios de hospedagem. Na Inglaterra o conceito de guest house evoluiu para o que os britânicos chamam de bed and breakfast.

Como se comportar em um refúgio de montanha

Estando em um refúgio de montanha, guest house, bed and breakfast ou hospedaria, é necessário que o visitante tenha um comportamento o mais discreto possível.

O motivo? Como quem fica em um lugar para dormir, aprecia uma boa noite de sono para que possa descansar, e o visitante deve respeitar isso (para não ser desrespeitado). Possuir comportamento inadequado irá criar animosidade com as pessoas à sua volta. Geralmente os lugares melhor administrados não se incomodam de expulsar aqueles que não se comportam, afinal pessoas que não sabem se comportar em refúgios é ruim para os negócios.

  • 1 – Procure reservar

Ao sair de casa é muito importante saber algo: Você não é a única pessoa do mundo, tampouco é mais importante que as outras. Por isso, se você quiser se hospedar em um abrigo (tanto no Brasil ou na Europa), é importante se programar para reservar um ou mais lugares com antecedência.

Ao tratar com a pessoa que vai atendê-lo, não tente fazê-la abrir uma exceção para qualquer coisa. A prática de sempre procurar abrir uma exceção para nós mesmos, atrapalha o bom funcionamento do local. Brasileiros possuem fama ruim no exterior exatamente por este costume de querer sempre ser a exceção às regras.

Na Europa, em particular, existem refúgios federados e não federados. Os preços variam de acordo com essa condição. Ao chegar no local, você deverá notificar o responsável pela administração sobre sua reserva. Mostre a ele seu documento de identidade e o cartão federado (caso possua um).

  • 2 – O que você pode comer lá?

No momento de reservar, procure saber se há oferta de refeições. Além disso, se você possui restrições alimentares, como ser vegano ou vegetariano, não deixe para exigir isso do refúgio somente quando chegar. Como explicado acima, um refúgio de montanha possui o básico para os montanhistas, sem nenhuma diferenciação.

Toda pessoa que tem preferência particular de alimentação, como ser vegano, vegetariano ou mesmo celíaco, deve se planejar para levar a própria comida. Não espere que o lugar tenha sempre uma reserva especial de comida.

Na Europa, por exemplo, a comida que pode ser oferecida, depende do refúgio. Dependendo da ocasião, o montanhista pode ter uma omelete francesa com salada gratuitamente. Em outros, apenas uma simples sopa.

Mas, em qualquer lugar, é importante saber que irá compartilhar a cozinha com outras pessoas. Por isso procure ocupar o menor espaço possível, além do menor número de utensílios. Além disso, fique atento para lavar tudo que usar e, óbvio, não utilizar nenhum equipamento, comida ou bebida de outra pessoa (a menos que você peça ou a pessoa ofereça).

  • 3 – Quais regras devem ser cumpridas?

A prática de se informar antecipadamente das regras do lugar, demonstra maturidade e inteligência do montanhista. Portanto, todos que foram a um refúgio de montanha, deve se informar com antecedência se deseja tomar café da manhã, almoço ou jantar e se há esta opção no lugar.

É imprescindível informar-se também sobre os cronogramas de silêncio que devem ser cumpridos rigorosamente. Especialmente quem planeja chegar de madrugada ou sair muito cedo para a montanha.

Apesar de não ser uma prática no Brasil, há vários locais da Europa e Argentina que exige que se tire o calçado antes de entrar ao refúgio. Por isso é importante informar-se sobre esta regra também.

Além disso, é proibido, em qualquer circunstância, cozinhar nos quartos em refúgios de montanha bem organizados. A preparação de equipamentos de escalada também. Ambos devem ser feitos nos lugares determinados: cozinhar somente na cozinha e arrumar os equipamentos de escalada fora dos quartos.

Em relação ao lixo, todo montanhista deve ter cuidado de tentar gerar o mínimo possível. Todo o lixo gerado deve ser depositado em lugar apropriado. Lembre-se que alguns refúgios possuem coleta seletiva.

Você não deve abusar da eletricidade nem da água. Refúgios de montanha não são lugares que ficam no meio de um grande centro urbano, com abastecimento de água em grande quantidade.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.