Nirmal Purja chega ao cume do Shishapangma e completa projeto de 14 cumes de 8.000 metros em seis meses

O montanhista nepalês Nirmal Purja, de 36 anos, anunciou recentemente que chegou ao cume do Shishapangma (8.013 m) às 8:58 (horário do Nepal). De acordo com o nepalês, Mingma David Sherpa, Galjen Sherpa e o alemão Gesman Tamang também chegaram no topo. Purja ainda não chegou ao acampamento base, quando prometeu dar mais informações a respeito da escalada para a imprensa. A conquista de Nirmal Purja foi feita no período de seis meses e seis dias.

O recorde de Nirmal Purja foi o objetivo de seu Project Possible, no qual escalou todas as montanhas acima de 8.000 metros em menos de 7 meses.

Embora Nirmal Purja não esteja realizando praticamente nenhum cume no estilo alpino, seu feito está sendo recebido com espanto e perplexidade pela comunidade de montanhismo. Para que se tenha uma ideia, o antigo recorde para a tentativa das 14 montanhas acima de 8.000 metros é de sete anos, 10 meses e seis dias e foi realizada pelo montanhista coreano Kim Chang-ho em 2013. O segundo recorde mais próximo da marca atual é de sete anos, 11 meses e 14 dias pelo montanhista polonês Jerzy Kukuczka em 1987, metade do tempo que seu antecessor, Reinhold Messner (o primeiro a realizar o feito).

As montanhas acima de 8.000 metros subidas por Nirmal Purja em 2019 foram:

  • Annapurna (8.091 m): 23 de abril
  • Dhaulagiri (8.167 m): 12 de maio
  • Kanchenjunga (8.586 m): 15 de maio
  • Lhotse (8.516 m): 22 de maio
  • Everest (8.848 m): 22 de maio
  • Makalu (8.481 m): 4 de maio
  • Nanga Parbat (8.126 m): 3 de julho
  • Gasherbrum I (8.068 m): 15 de julho
  • Gasherbrum II (8.035 m): 18 de julho
  • K2 (8.611 m): 24 de julho
  • Broad Peak (8.051 m): 26 de julho
  • Cho Oyu (8.201 m): 23 de setembro
  • Manaslu (8.156 m): 27 de setembro
  • Shishapangma (8.013 m): 29 de outubro

Nirmal Purja queria usar seu projeto “para oferecer oportunidades relevantes para os sherpas e guias locais para seguirem carreiras nas montanhas e promover a pátria dos Gurkhas entre os cumes de 8.000 metros. O projeto visa também sensibilizar as pessoas para uma série de causas significativas, principalmente para instituições de caridade militares do Reino Unido, apoiando os colegas de Nims que podem ter sido feridos, feridos e / ou que sofrem de problemas de saúde mental. Da mesma forma, o apoio às instituições de caridade e orfanatos infantis nepaleses dedicados à educação e ao bem-estar é de suma importância, sem esquecer a conscientização crucial das mudanças climáticas e do aquecimento global”.

Em uma entrevista ao site explorersweb.com, Nirmal Purja afirmou que “a única razão pela qual usei oxigênio neste desafio é por causa da escala do desafio. Você não pode planejar uma única montanha isoladamente. Eu tenho que considerar toda a fase: o clima, as características das montanhas e as condições. Tenho que descer, para poder alcançar a próxima montanha. Eu escuto meu corpo. Deve-se ter humildade para poder chegar em casa. Você sempre pode ficar sem oxigênio, mas não pode se estiver morto”.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.