Tommy Caldwell e Kevin Jorgeson liberam a via “Dawn Wall” em show midiático

Os escaladores Tommy Caldwell e Kevin Jorgeson encadenaram a via “Damn Wall” e entram para a história da escalada como a via tradicional mais difícil do mundo.

dawn-wall-12

Foto : Corey Rich

Não bastasse somente o feito, toda a escalada ganhou proporções épicas por ter tido uma cobertura na mídia americana (especializada ou não) sem precedentes na história do esporte.

Dentre os atrativos houve até mesmo transmissão ao vivo das imagens, por streaming, feita pela rede de TV NBC no dia que foi finalizada a escalada, tudo direto do Parque de Yosemite.

Todo o interesse pode ser medido pela atenção fora do padrão normal de jornais e redes de TV, que ganhou até mesmo reportagem especial do jornal The New York Times o qual disponibilizou uma página exclusiva dedicada à cobrir o desafio em um site totalmente interativo com o internauta.

O feito ganhou ares de Superbowl (principal festa esportiva da mídia americana) e chamou uma atenção do público de maneira inédita para o esporte e os praticantes.

Toda esta atenção evidencia a atenção que a escalada tem conquistado dos meios de comunicação colaborando para um crescimento e popularização de esportes de montanha.

A escalada épica levou 19 dias, e foi idealizada por Caldwell em 2007, tendo infinitas tentativas.

Para o treinamento de ambos os escaladores, cada um procurou realizar trabalhos de fortalecimento muscular, e de explosão, com a prática de boulders de alta dificuldade, prática de Yoga e muita, mas muita, escalada de vias de alto grau.

dawn-wall-11

Foto : Corey Rich

Polêmica em jornal americano

A ascenção, entretanto, não ficou livre de polêmicas e em uma das reportagens escrita pelo jornal The New York Times muitas pessoas, em sua maioria leigas, destilaram protestos e ofensas aos escaladores.

Todos por motivos estapafúrdios como preço de resgate no caso de insucesso da tentativa, morte dos escaladores e assim por diante.

dawn-wall-7

Foto : Corey Rich

O tradicional jornal publicou nada menos do que seis artigos sobre a escalada, para esclarecer o que representava, e como era a o estilo adotado, assim como seria feito o resgate caso fosse necessário.

Mesmo assim choveram mensagens que levantaram a hipóteses de caríssimos resgates dos dois escaladores (que não seria necessário, diga-se), passando por todo o tipo de rotulagem possíveis.

Até mesmo no Brasil meios de comunicação não acostumados com o esporte, linguajar e dimensão do desafio, difundiram informação de que escalar algo em livre (“free climbing” em inglês) era sem a utilização de equipamentos de segurança, além de outros sites, de baixa credibilidade entre os praticantes de escalada, que tentaram pegar carona no “hype” que ganhou a escalada.

Um número de incontáveis fotógrafos e filmadores estiveram no local, tentando capturar a ação em uma cobertura jamais vista em uma escalada.

As últimas cordadas foram, inclusive, transmitida ao vivo por streaming.

Todo o “buzz” foi devidamente alimentado por Caldwell e Jorgeson com suas frequentes atualizações em Facebook e Instagram.

Toda a jornada estará sendo documentada em um filme realizado pela Sender Films, a ser exibido no final de 2015.

dawn-wall-9

Foto : Corey Rich

A Via “Dawn Wall”

A via batizada de “Dawn Wall” foi aberta pelo escaladores americano Warren Harding e Dean Campbell (lendas do esporte nos EUA) após uma ascenção que tomou 28 dias no ano de 1970.

A ascenção foi feita por meio de escalada artificial, e a via desde então, nunca tendo sido escalada em livre.

A via possui uma enormidade de 30 cordadas, todas com dificuldade acima da média sendo :

  • 1 Cordada : 5.12b (8b brasileiro – 7b Francês)
  • 2 Cordada : 5.13a (9b brasileiro – 7c+ Francês)
  • 3 Cordada : 5.13c (10a brasileiro – 8a+ Francês)
  • 4 Cordada : 5.12b (8b brasileiro – 7b Francês)
  • 5 Cordada : 5.12d (9a brasileiro – 7c Francês)
  • 6 Cordada : 5.13c (10a brasileiro – 8a+ Francês)
  • 7 Cordada : 5.14a (10c brasileiro – 8b+ Francês)
  • 8 Cordada : 5.13d (10b brasileiro – 8b Francês)
  • 9 Cordada : 5.13d (10b brasileiro – 8b Francês)
  • 10 Cordada : 5.14a (10c brasileiro – 8b+ Francês)
  • 11 Cordada : 5.13c (10b brasileiro – 8b Francês)
  • 12 Cordada : 5.14b (11a brasileiro – 8c Francês)
  • 13 Cordada : 5.12d (9a brasileiro – 7c Francês)
  • 14 Cordada : 5.14d (11c brasileiro – 9a Francês)
  • 15 Cordada : 5.14b (11c brasileiro – 9a Francês)
  • 16 Cordada : 5.13c (10b brasileiro – 8b Francês)
  • 17 Cordada : 5.13c (10b brasileiro – 8b Francês)
  • 18 Cordada : 5.13d (10c brasileiro – 8b+ Francês)
  • 19 a 30 Cordada : 5.11 a 5.12 (7a a 9a brasileiro – 6c a 7c+ Francês)
dawn-wall-8

Foto : Corey Rich

dawn-wall-5

Foto : Corey Rich

dawn-wall-4

Foto : Corey Rich

dawn-wall-3

Foto : Corey Rich

 

Foto : Corey Richard

Foto : Corey Richard

dawn-wall-C

Foto : Alex Honnold

Foto : Corey Richard

Foto : Corey Richard

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.