Ojos del Salado : O guia essencial do vulcão mais alto do mundo

Ojos del Salado pela via normal de ascensão é considerado um clássico da Cordilheira dos Andes. Está a 900 km ao norte de Santiago do Chile, no coração do deserto do Atacama, com lagoas de cores impressionantes e uma variedade de vulcões, que deixa um ambiente de beleza contagiante.

O segundo ponto mais alto das Américas, e Hemisfério Sul, o Ojos del Salado é um estratovulcão (vulcão em forma de cone) com 6.893 metros de altitude e é considerado o mais alto vulcão do mundo tendo aproximadamente 70 metros menos que o Aconcágua. Por algum motivo não é muito procurado por montanhistas e divulgado por mídias especializada em cobrir montanhismo.

Seu nome vem dos enormes depósitos de sal que em forma de lagoas ou de olhos, aparecem em seus glaciares.

  • Posição geográfica : 27º 06’ 34,3’’ S / 68º 32’ 29,5’’ W
  • Primeira ascensão : Justyn Wojsznis e Jan Alfred Szczepański – 1937
  • Época mais adequada : Entre Setembro e Abril
  • Refugio Claudio Lucero : Altitude 4.537 m
  • Refugio Atacama : Altitude 5.300 m
  • Refugio Tejos : Altitude 5.823 m
  • Cume : Altitude 6.893 m

A mídia divulga excessivamente o Aconcágua como ponto mais alto e, inevitavelmente, atrai um público apenas preocupado com a altitude. Ojos del Salado tem personalidade e atrai outro tipo de público : aquele que busca experiências em altitude, onde ser a 2ª ou a 1ª mais alta do continente não faz diferença. O local é muito mais procurado por europeus, onde a cultura de montanha independe de ser a mais alta, do que por nós sul-americanos.

O diferencial de Ojos del Salado é o seu visual único. Por esta singularidade digo a todos que possui um visual “lunar”, isso porque quando estiver lá se sente facilmente que esta na lua. Para acentuar ainda mais a sensação de lugar único, nas suas proximidades não há outras montanhas altas, então se tem uma melhor impressão da altura.

O mais desafiante do Ojos del Salado, é que esta montanha requer do montanhista um bom condicionamento psicológico, muito mais que físico, pois durante o percurso são paisagens muito iguais e  que passa a sensação vazio, se torna uma expedição intimista. A pessoa pode ficar ansiosa, irritada, e outros sentimentos misturados.

Também é importante considerar dois pontos :

Se você quer se aventurar nesta montanha e não tem autonomia e experiência em alturas de 5 e 6 mil, contrate um guia experiente para leva-lo, ela não permite erros, alias qualquer montanha não permite erros, ainda mais quando ultrapassa os 6 mil.

Se você tem uma grande experiência, e já esteve em alturas menores, se preocupe com a logística, alimentação e principalmente água.

Estrutura

A diferença do Ojos del Salado em relação a montanhas mais procuradas por turistas que procuram o montanhismo como, por exemplo, o Aconcágua, é que lá praticamente não se esbarra com ninguém durante o percurso. Além deste isolamento de qualquer indício de civilização, há um detalhe que espanta quem aprecia em demasia o conforto : não há qualquer estrutura para o turismo. Literalmente, sem nenhum exagero, o Ojos del Salado está no meio do nada.

Para quem necessita de um mínimo de estrutura de apoio ao montanhista, há algumas bases onde se juntam mais pessoas como Laguna Verde (4.300 m), e mais precisamente nos Refúgios “Atacama” 5.100 m e “Tejos” 5.750 m.

Há também alguns locais no Atacama, que são refúgios de processo de ascensão. A cidade mais próxima do Ojos del Salado é Copiapó, distante a 280 km da base, também uma boa parada é ficar em Bahia Inglesa.

Dificuldade

À primeira vista o Ojos del Salado parece uma montanha fácil, muito disso pela aparência que possui durante a  aproximação, mas esta sensação é falsa. Isso por conta de um detalhe: ao tentar subir a montanha é necessário se adaptar à altitude (um perfeito processo de aclimatação) além de, obviamente, possuir experiência e preparação. Repito esta montanha não permite erro.

Por conta deste tipo de má interpretação sobre a dificuldade da montanha, pode ocorrer falhas de aclimatação e causar “Mal de Altitude” tentando subi-la.

Por isso é importante esclarecer que o Ojos del Salado é um cume fantástico, com visual singular, com vista para Barrancas, Tres cruzes, Muerto, Fraile, Incahuasi, etc. Ou seja injustamente não muito procurado pela maioria dos brasileiros. Se trata de uma montanha de respeito. Por respeito entenda que é imprescindível experiência em altitude e aclimatação.

Para esta montanha é extremamente recomendável não arriscar ir sozinho (a menos que tenha muita experiência em alta montanha). Atualmente se recomenda, ela comunidade montanhista, sempre estar em três pessoas numa ascensão.

Água

O fator que mais dificulta a ascensão ao Ojos del Salado é a disponibilidade de água. Por estar em um local desértico é necessário que o montanhista praticamente tenha de carregar toda a água da expedição.

Não há muito espaço para desperdício de água durante uma escalada a esta montanha.  Por isso não subestime a montanha e, como dito acima, contrate um guia de montanha experiente.

Equipamentos parte superior do Corpo

  • Duas Bandanas
  • Gorro
  • Balaclava
  • Três camisetas manga longa sistema DRY
  • Casaco de fleece grosso, abertura ate a cintura
  • Fleece fino, abertura peitoral
  • Anoraque Impermeável (Gore Tex ou similar)
  • casaco/parka de Pluma com gorro Fill 900
  • Luvas com polar/fleece
  • Luvas impermeáveis fina
  • Luvas de ascensão/summits (Tipo “Miton” de plumas Tº – 20°C)

Equipamentos parte inferior do Corpo

Equipamentos pessoais

  • ESSENCIAL : Bom humor e espirito de equipe !

Traslados

O translado até Ojos del Salado sempre é realizado em pick up’s 4×4, para carregar equipamentos e mantimentos para a expedição. Além dos mantimentos é necessário (como explicado acima) muita água.

As pick up’s também possibilitam o deslocamento fácil e rápido no caso de alguma emergência.

Comunicação

Sempre leve comunicação e orientação : Satelital, Oxímetro, GPS, Rádios (Emergência). Jamais vá para uma montanha sem um plano de emergência, e em Ojos del Salado é fundamental ter um fone satelital para emergência, oxímetro para medir oxigenação, rádios VHF, GPS64s.

Procure também se registrar em um posto de carabinero “fronterizo San Francisco”, socorro andino e deixe que parentes que acompanhem seus passos via rastreador.

Aclimatação

Procure sempre estar bem hidratado, bem alimentado e, neste processo de aclimatação, é fundamental experimentar altitudes variáveis para adaptar o corpo.

Antes de viajar para uma expedição deste tipo, procure conversar com seu médico para que ele recomende as medicações a serem usadas em casos de emergência.

Para o processo de aclimatação recomendo os seguintes pontos abaixo :

Clima

O clima que encontramos em uma expedição Ojos del Salado é o desértico de altitude, no qual há grandes oscilações de temperatura entre o dia e a chegada da noite, podendo chegar -20ºC.

Por esta oscilação os equipamentos de vestuário são fundamentais e tem que cumprir as exigências do clima local.

Não há espaço para improvisações ou adaptações de equipamentos e vestimentas não adequadas para este tipo de clima.

Permissão de Ascensão

Para uma expedição ao Ojos del Salado, é necessário obter duas permissões de ascensão :

Temporada

A temporada oficial para ascender Ojos del Salado, tem inicio em 1 de novembro e se estende até 31 de março.

Para quem deseja realizar a ascensão fora desse período tem que solicitar uma permissão especial.

Acampamentos

  • Valle Chico : Um oásis no deserto de Atacama se encontra a 3.040 metros de altitude, sendo um dos lugares de inicio desta expedição.
  • Laguna Santa Rosa : Está a uma altitude de 3.170 m e a 154 Km da cidade de Copiapó . É um dos lugares culminantes do Parque Nevado de Três Cruzes. Podemos ver raposas, flamencos, guanacos e vicuñas.  
  • Laguna del Negro Francisco : Linda lagoa que se encontra dentro do Parque, aqui poderemos realizar nossos trekkings de aclimatação. Aqui encontramos um bom refugio para nossa expedição.
  • Laguna Verde : Numa altitude de 4.340 m, possui termas perto, excelentes para montarmos acampamento, um lugar lindo e com proteção de rochas em caso de ventos fortes.
  • Refugio Atacama : Localizado a 5.260 m, é possível chegarmos de carro dependendo das condições da temporada ou chegaremos em 2 horas caminhando.
  • Refugio Tejos : Este refúgio é estratégico para nossa ascensão, tendo algumas acomodações  com cama para passarmos uma noite mais cômoda.
  • Summit : Para a ascensão e chegada ao cume do Ojos del Salado, teremos que cruzar vários trechos com características que mudam na temporada, tendo um trecho neve de uns 100 metros e com inclinações de 35º. No trecho final para o ataque final, é necessário subirmos em meio a rochas e utilizarmos uma corda como segurança sem grandes dificuldades técnicas de aproximadamente 30 metros.

banner-freddy-duclerc

Sobre o Autor

Freddy Duclerc

Freddy Duclerc

Freddy Duclerc é Montanhista e líder das Expedições em Alta montanha e Travessias na América do Sul. Também realiza “Treinamento e Palestras” em liderança, motivação, planejamento e vivencia em ambiente inóspito. Possui Graduação, Pós Graduação e MBA em Marketing, Gestão de Negócios e
Administração de Empresas. Tem como missão ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos, motivando e mostrando os caminhos possíveis nas montanhas de nossa América do Sul

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.