Margo Hayes realiza a primeira ascensão feminina da icônica via “Biographie” (12a Br) em Céüse

A escaladora americana Margo Hayes volta a fazer história ao encadenar a via “Biographie” (9a+ Fr / 12a Br) na França. Esta foi a primeira cadena feminina da clássica e icônica via. A linha, localizada em Céüse, foi considerada, durante muito tempo, como a mais difícil do mundo.

A primeira ascensão da via foi feita pelo escalador americano Chris Sharma. Esta é a segunda ascensão de margo em uma graduação alta.

Este ano ela entrou para a história do esporte ao encadenar a via La Rambla em fevereiro.

O anúncio de sua cadena história foi feito através do Instagram do fotógrafo Jan Novak, que esta cobrindo as tentativas da americana. Veja o anúncio abaixo:

A primeira ascensão feminina da via “Biographie” foi feita poucas semanas depois que outra escaladora, Janja Garnbret, chegou muito perto de realizar o feito. A escaladora eslovena caiu no último crux, em sua sexta tentativa.

Com a primeira ascensão feminina da “Biographie”, a diferença entre as cadenas de vias mais difíceis de homens e mulheres ficou cada vez menor. Recentemente os escaladores Adam Ondra e Chris Sharma encadenaram uma via de 9b+ francês (12c brasileiro). Desta maneira fica a expectativa de que, muito em breve, haverá uma cadena feminina de 9b francês (12b brasileiro).

Biographie ou Realization?

A via “Biographie” também é conhecida como “Realization”. A sua primeira ascenção foi feita em julho de 2001 pelo escalador americano Chris Sharma que. à época, optou por não gradar a via. Mas todas as pessoas que tentaram encadená-la, a graduavam como um possível 9a+ francês (12a brasileiro).

À época não havia nenhuma via com esta graduação, que já havia sido encadenada, no mundo da escalada esportiva.

Porém ha uma disputa para que seja “oficializado” o nome da via. O costume francês, adotado em vários países, é de quem o responsável por batizar a via é a pessoa que conquista. Portanto quando a via foi aberta, em 1989 por Jean-Christophe Lafaillebolted, foi batizada como “Biographie”. Entetanto, o escalador Arnaud Petit adicionou uma ancoragem no meio da via, fazendo naquele ano a primeira cadena de sua metade.

Por causa da dificuldade da via, foi considerada “Biographie” até a ancoragem de Arnaud Petit, que foi retirada em 2007.

O escalador Chris Sharma, primeiro a encadenar toda a linha, a rebatizou chamando-a de “Realization”. Mais tarde o próprio Chris Sharma admitiu que ele mesmo chama via de “Biographie” em conversas com amigos escaladores.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.