Conheça Chimanimani: O paraíso da escalada em boulder ainda desconhecido

Quando alguém pergunta rapidamente a você, sobre qual é o paraíso dos boulders na África, qual a primeira coisa que vêm à cabeça? Para quem é fanático escalador em boulder, seguramente é Rocklands, na África do Sul. O local sul-africano sem sombra de dúvida tem ficado cada vez mais em evidência.

Mas qual seria a sua reação se alguém lhe dissesse que no mesmo continente africano há uma área de boulder que possui um potencial semelhante? Este lugar chama-se Chimanimani, um local encrustado no Zimbabwe. Para quem acredita que não há locais de escalada no país, ainda mais em um país pouco conhecido na comunidade de montanhistas, Chimanimani já possui guia de escaladas, abrigo de escaladores e várias linhas de boulder abertas.

Foto: Christian Adam e Alex | Simonehttps://www.hippytree.com

O potencial do local ja foi divulgado no filme “Uncharted Lines”, produzido por Alex Kahn, Paul Robinson e Jimmy Webb em 2017. Por não fazer parte de nenhum festival de filmes de montanha, além de ter sido lançado somente em VOD, não apareceu no radar de muitas pessoas. Por estar em um local tão improvável, Chimanimani permaneceu ainda “oculto” da comunidade de praticantes de boulder.,

O próprio Paul Robinson afirmou que Chimanimani possui maior quantidade, além de qualidade, que Rocklands a um site europeu quando divulgava seu filme. Se esta afirmação é verdadeira, é necessário dar tempo para que mais visitantes explorem o lugar.

Zimbabwe

O país também é um interessante destino para quem deseja viajar a algum lugar fora dos “de sempre”. Com uma população de aproximadamente 16 milhões de habitantes o Zimbabwe tem 16 idiomas oficiais, sendo o Inglês, Shona e Ndebele os mais usados. O país teve sua independência da Inglaterra declarada em 1965.

Chimanimani é uma cordilheira, além de também ser um distrito, na província zimbabuana de Manicaland (o país é dividido em oito províncias e duas cidades com estatuto de província), que se estendem por cerca de 50 km e servem de fronteira com Moçambique. O local de prática de boulder fica relativamente isolado da civilização.

Para chegar a Chimanimani é necessário viajar por cinco horas de carro desde Harare, capital do Zimbabwe. Mas mesmo assim, quem visitou o local afirma que o local ainda permanece intocável, mesmo com tantas linhas de boulder conquistadas.

Muitas destas linhas foram abertas pelos americanos Alex Kahn, Paul Robinson e Jimmy Webb, quando filmavam “Uncharted Lines”. Mas, de acordo com escaladores locais, há infinitas possibilidades de vias, incluindo possíveis projetos “futuristas”.

Chimanimani

Foto: Alexandra Simone

Para conseguir ficar em evidência, um local de escalada (qualquer um) deve ter um guia de escalada disponível. Locais pouco conhecidos, mas que vem ganhando popularidade entre escaladores que procuram novas áreas para aprimorar o estilo, como Valle de Los Condores (Chile), Piedra Parada (Argentina), Florián Santander (Colômbia) apostaram na divulgação por meio de elaboração de um guia de escaladas. Para Chimanimani a estratégia não é diferente: Já existe desde 2016 um guia de escaladas disponível para download.

Junto do guia, disponibilizado gratuitamente, há uma ficha técnica que todo escalador pode preencher caso tenha aberto uma nova linha. Por meio desta ficha os mantenedores do site atualizam o guia periodicamente. Atualmente o guia já possui 120 páginas.

A título de comparação, um dos poucos guias de escaladas em boulder existentes no Brasil, o Guia de Escaladas de Pedra Rachada, possui 146 páginas. Após a divulgação do guia, a região vivenciou um crescimento de 300% no volume de escaladores que visitam a região. O mesmo efeito espera os zimbabuanos que administram a área.

Foto: Christian Adam e Alex | Simonehttps://www.hippytree.com

O tipo de rocha é quartzito de cor branca. Segundo informações meteorológicas, a melhor época para visitar o local é entre maio e setembro, quando há pouca ocorrência de chuvas e as temperaturas são mais baixas (mas não é frio congelante).

O clima lembra muito a região brasileira de Pirenópolis/Cocalzinho, um outro local de prática de escalada em boulder.

Para saber mais: https://www.chimanimanibouldering.com/

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.