Escalada solo em calcário: Conheça o escalador mineiro especializado neste estilo

Um dos maiores destaques da escalada mineira, Leandro Oliveira Iannotta vem se especializando na escalada solo no estado, causando furor na comunidade local. Junto de Lucas Marques, é um dos conhecidos praticantes de um estilo que, ao mesmo tempo, é perigoso e fascinante: escalada solo.

Mais conhecido por seu apelido Mr Bean, devido à fisionomia semelhante ao comediante inglês Rowan Atkinson, que imortalizou personagem de mesmo nome, Leandro possui grande experiência na escalada e parece estar fascinado pelas novas perspectivas que a escalada solo representa.

Mr Bean, que é formado em psicologia e após exercer a profissão por aproximadamente 10 anos, resolveu dedicar-se à escalada. Esta escolha faz aproximadamente cinco anos. Inicialmente o escalador escolheu o local de atuação em Conceição do Mato Dentro-MG, mais precisamente guiando pessoas que quisessem escalar a Cachoeira do Tabuleiro.

A escalada na Cachoeira do Tabuleiro, a mais alta de Minas Gerais e a terceira maior do Brasil com 273 metros altura, é considerada também das escaladas mais difíceis e que exige bastante comprometimento. No local também, Ianotta conquistou sua primeira via no local em 2000.

O início da escalada em estilo solo

Foto: Pedro Widmar

Toda esta dificuldade encontrada em cada escalada na Cachoeira do Tabuleiro, forjou um escalador forte, comprometido e com psicológico inabalável. Ao longo de sua carreira de escalador, que já tem 20 anos (começou a escalar em 1998), acabou migrando naturalmente, segundo ele mesmo afirma, para a escalada solo. As primeiras escaladas em estilo solo, foram no local conhecido como “Rochane”, no município de Sete Lagoas-MG, em uma via graduada em 6sup brasileiro. Em Pedro Leopoldo-MG também foi um outro lugar que também experimentou a escalada em estilo Solo em vias graduadas em 7a e 6sp brasileiro.

Gostando do estilo, Mr Bean, começou a se dedicar às escaladas no estilo solo na Gruta da Lapinha, tradicional local de escalada mineira. Leandro conta com orgulho que foi lá que solou a via “O Perigo Mora ao Lado”, graduada em 8a brasileiro. A via é considerada a primeira do estado nesta graduação. A partir disso, a região de Pedro Leopoldo-MG (Baú de Minas) e Lagoa Santa-MG (Gruta da Lapinha), foi onde o escalador dedicou-se a explorar o estilo em vias cada vez com dificuldade maior.

A “migração” de suas escaladas em estilo solo seguiu para a meca da escalada mineira: Serra do Cipó. No local colecionou escaladas solo em vias como “Libera o Cliente”, graduada em 8b brasileiro, esta em sua extensão total até o cume. Na região, há uma espécie de lenda, que propaga que dois argentinos haviam escalado em estilo solo a via “Sonho de Consumo”, graduada em 8c brasileiro. O boato incomodava Mr Bean durante muito tempo, motivando-o a também repetir o feito.

Sinos de Aldebaran

Imagem Ilustrativa Sinos Aldebaran

A partir da escalada em solo na via “Sonho de Consumo”, Leandro afirma que começou a entender mais sobre os significados da escalada em solo e vários aspectos do esporte. Foi assim que decidiu dedicar a um projeto mais ambicioso: “Sinos de Aldebaran”. A Sinos de Aldebaran, graduada em 8c brasileiro, localizada no setor Sala da Justiça, e com mais de 50 metros de altura, é classificada, pelos escaladores que frequentam o local, como uma obra de arte. A via “Sinos de Aldebaran” foi conquistada pelo escalador carioca Luis Claudio Pita, hoje morando na Espanha e uma das figuras mais conhecidas de Rodellar.

A via “Sinos de Aldebaran” é constantemente foco das lentes de produtores de vídeos e fotos. O próprio Iannotta participou de uma filmagem de uma escalada em solo de um outro escalador, que também se sentiu instigado a realizar o mesmo feito. A escalada de Mr Bean na via foi filmada por amigos, Fred Moreira e Lívia, que infelizmente sem muita produção foi disponibilizada pelo escalador no último final de semana.

Foto: Leandro Oliveira Iannotta

O vídeo disponibilizado no topo do artigo, possui até mesmo uma história curiosa. Decidido a solar a via, Mr Bean dormiu inquieto. Na trilha, avisou ao amigo, que estaria escalando a mesma via, que iria escalar em estilo solo. A namorada do amigo achou interessante a tentativa, o que motivou ainda mais Leandro, que optou por aquecer em em uma via do mesmo setor chamada “Injustiça Social”, um clássico 5º brasileiro do local. Lívia ficou ancorada na mesma via, para filmar o crux da via. Ao todo a escalada levou 13 minutos. O vídeo, não possui muitos cortes e contém a escalada em tempo real de Mr Bean. Ao todo, descontando os descansos utilizados por Leandro, foram nove minutos contínuo de escalada

Quando perguntado sobre o estilo solo, Iannotta assume um ar mais sério e até mesmo filosófico, afirmando que “a escalada em solo, é um estilo único. Assim como a escalada esportiva, boulder e tradicional ou o montanhismo. Acho que tudo isso mexe com a gente, e uma coisa vai complementando a outra.

Leandro somente lamenta que grandes partes de suas escaladas em solo não foram filmadas, como a que acabou de realizar na “Sinos de Aldebaran”, sabendo da importância da documentação dos feitos e da relevância para os praticantes de escalada sobre a divulgação do estilo e dos locais escalados. Mas mesmo assim, afirma que “o que eu fiz é meu. Uma vitória pessoal“.

Atualmente Leandro Iannotta também vem se dedicando a ministrar palestras para a comunidade local de escaladores, tanto na Serra do Cipó, como também na capital do estado, Belo Horizonte. Mr Bean, que declara este ano de 2018 foi maravilhoso para suas conquistas, que foram desde escaladas na Patagônia argentina até algumas escaladas em solo pela região de Lagoa Santa, passando por conquistas na Cachoeira do Tabuleiro. Leandro confessou à reportagem que já possui um projeto ambicioso, mas que anunciará para o futuro.

There are 2 comments

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.