Como escolher um saco de dormir

O equipamento obrigatório dentre os praticantes de atividades outdoor é o saco de dormir.

Desde acampamentos até repousos em refúgios e abrigos de montanha o equipamento será necessário.

Não é exagero dizer que o saco de dormir deve ser o primeiro equipamento de qualquer pessoa que planeja ser um praticante de atividades de natureza.sacoDeDormir2

Como “regra prática” a escolha deve ser condicionada aos locais  que irá ser usado.

Uma coisa é importante saber: Não existe um saco de dormir que servirá para todas as situações possíveis.

Existem sacos de dormir que são ideais a um perfil de usuário que irá utiliza-lo em um ambiente com determinada amplitude de temperatura mínima (variando de acordo com a estação do ano).

Importante salientar que caso alguém esteja usando um “edredon”, cobertor e similares em situações de ambientes outdoor que são requeridas um saco de dormir, além de colocar a sua vida em risco estará se prestando a uma situação ridícula.

A escolha do saco de dormir fica condicionado aos fatores: formato, forramento e temperatura de conforto.

Existem modelos que são indicados para temperaturas de até -50ºC, assim como para 15ºC.

A escolha  deve ser feita refletindo sobre o quão disposto você está em acordar com desconforto térmico longe da civilização.

sacoDeDormir

Formato

No mercado há três tipos de formatos comercializados:

  • sarcófago(também conhecido como casulo)
  • retangular (semelhante à um envelope comercial)
  • híbrido(também chamado popularmente de misto)

O formato sarcófago é largamente vendido e comercializado com seu uso recomendavel para locais mais frios.

Pelo seu desenho semelhante a um casulo (ou sarcófago) dificulta a troca de calor com o ambiente exterior.

Para pessoas inquietas durante o sono poderá não ser tão confortável.

O formato retangular conserva o calor de maneira menos eficiente e em geral possui baixa compressibilidade.

sacos-de-dormir-mor[1]

Para quem é inquieto durante o sono, sentirá mais conforto ao dormir.

O formato híbrido é uma tentativa de tornar o formato retangular mais eficiente para conservar o calor interno.

Não é um formato vendido largamente, já que possui formato mesclando o desenho dos dois anteriores mas  não consegue estender o melhor de suas propriedades.

Forramento ou enchimento

Existem dois tipos de forramento em um saco de dormir: Fibra sintética e Plumas de GansoHollofil[1]

  • Fibra Sintética

O uso desta fibra tem como vantagem:

  1. Possui custo reduzido
  2. Não é afetado seu poder de isolamento em caso de ser molhado
  3. Tem como desvantagem ter relação alta de peso e volume

Consiste basicamente de micro-filamentos ocos que formam tufos. 1097-primaloft[1]

Estes fios finíssimos conseguem armazenar o ar, dificultando assim a troca de calor.

Os modelos mais conhecidos de fibras sintéticas são: Hollofill (a mais comum) , Polar  Guard (mais durável e menos confortável), Prima Loft (Espécie de Polar Guard mais flexível).

Fazer uso de sacos de dormir com fibra sintética é obrigatório para todo e qualquer praticante de atividades outdoor que seja vegetariano  por não fazer uso de animais para a sua construção.

  • Plumas de Ganso

As plumas de Ganso (em francês Duvet , em inglês Down) tem como principal vantagem:

  1. Sua compacticidade
  2. Sua baixa relação de peso/volume
  3. Seu rendimento de aquecimento.

2_4_6cm_goose_feather[1]

Este tipo de forramento é considerado produto de primeira linha, e por isso seu preço é salgado.

Sacos de dormir com forramento de penas de ganso deve ser evitado por quem é vegetariano de verdade.

Devido à sua qualidade de manter o calor interno impecável, é o tipo de forramento mais popular  dentre os usuários que irão enfrentar climas mais extremos (geralmente com neve).

Um dos segredos para avaliar a qualidade das plumas de um saco de dormir é saber sobre sua origem.

visuel-duvet-web[1]

As aves que vivem em climas com inverno extremo possuem plumas mais densas e maiores.

A conclusão deste dado é que  plumas do norte da Europa são de melhor qualidade do que os gansos criados na China  por exemplo.

Saber a origem das penas de um saco de dormir é obrigatório a todo usuário avançado.

Entenda o que é “temperaturas de conforto”, “temperatura limite” e “temperatura extrema”.

28[1]Ao comprar um saco de dormir, é necessário ter conhecimento onde será usado, e qual será a média das temperaturas enfrentadas com o produto.

Todo fabricante deste produto divulga três tipos de temperatura: temperatura de conforto, temperatura de extremo e temperatura limite.

De acordo com dados estudados entendeu-se  que uma mulher tem capacidade de suportar temperaturas frias menor que a de um homem.

Aviso às feministas de plantão: encare a palavra “mulher” aqui como uma pessoa com disposição baixa para suportar frio, e a palavra “homem” por pessoa imunidade alta à temperatura mais baixas.

  • Temperatura de Conforto – Temperatura exterior a qual uma “mulher” suportará com conforto, e não sentirá frio.
  • Temperatura Limite (Temperatura de Transição) – Temperatura exterior mais baixa que um “homem” pode suportar confortavelmente. Conhecido também como Temperatura de Transição.
  • Temperatura Extrema –Temperatura onde a tecnologia empregada no saco de dormir já não consegue isolar o frio externo e existe risco à saúde , ocorrendo inclusive hipotermia.

NUNCA, sob QUALQUER hipótese, deve-se escolher um saco de dormir baseando-se na temperatura extrema.

A temperatura de conforto SEMPRE deve ser o fator a ser analisado pelo comprador.

Caso você insistir em usar um saco de dormir o qual o clima que irá enfrentar é próxima à da “temperatura extrema”  você irá morrer.

Escolhendo o Saco de Dormir

Após saber todos os componentes de seu saco de dormir, fique sabendo das regras práticas para isso:

  • Consulte sites de meteorologia para saber qual a temperatura mínima que faz nos locais mais comuns aos quais visita com frequência.

Esta regra se explica: caso você somente irá usa-lo em acampamentos na praia ou albergues não é necessário adquirir um saco de dormir para conforto em 0ºC.

  •  Verifique o espaço ocupado pelo seu saco de dormir em sua mochila.

Esta regra se explica: um saco de dormir volumoso e/ou pesado, irá ocupar um espaço valioso em sua mochila, além de fazer sua caminhada mais cansativa e desgastante.

  • Adquira um saco de dormir pesando primeiro a sua qualidade, não simplesmente seu preço

Esta regra se explica: Comprar um saco de dormir de qualidade duvidosa pode até servir no uso. Porém como a qualidade  foi deixada em segundo plano, sua durabilidade pode ser muito curta, e com isso haverá a necessidade de adquirir outro em curto espaço de tempo.

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é aficionado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema” e jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There are 7 comments

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.