Tommy Caldwell aponta que alteração climática mudou período da temporada de escaladas em Yosemite

O escalador norte-americano Tommy Caldwell, conhecido por conta de suas escaladas épicas em Big Wall, já passou centenas, se não milhares, de dias no Vale de Yosemite. Por causa deste currículo, inegavelmente se existe alguém que conhece os melhores períodos de escalar em Yosemite é ele. Recentemente, Caldwell publicou em suas mídias sociais reflexões a respeito da mudança climática e como ela vem alterando lentamente as escaladas em Yosemite. No texto (leia sua declaração na íntegra abaixo), o escalador norte-americano aponta que existe de fato uma mudança na melhor temporada de escalada.

Segundo Tommy Caldwel, a falta de neve e aumento de incêndios florestais são os principais sinais de que o local está muito mais diferente do que quando ele começou a frequentar o lugar. No seu texto, Tommy afirma”Eu ainda considero o vale de Yosemite um dos lugares mais bonitos da Terra. Mas os efeitos da mudança climática aqui são chocantes. Em poucos anos, a matança de besouros mudou partes uma densa floresta de pinheiros para uma paisagem de carvalho mais aberta aqui no vale”.

Alterações climáticas e a escalada

Foto: Ricardo Caba

Acontecendo de maneira lenta e gradual, as alterações climáticas são mudanças significativas e prolongadas na distribuição estatística dos padrões meteorológicos que acontecem ao longo de um período. Estas estatísticas são colhidas ao longo de décadas a até mesmo milênios. Este fenômeno pode ser observado como numa mudança das condições atmosféricas médias, ou em uma distribuição de estados do tempo, com a maior ou menor ocorrência de fenômenos climáticos extremos.

Para quem pratica atividade de natureza, alguns indícios podem ser percebidos facilmente como leitos de rios e lagos secando lentamente, reservas de água potável diminuindo e, como o próprio Tommy Caldwell destaca em seu texto, estações do ano menos definidas. Desta maneira os períodos de chuva, seca e neve possuem seus períodos alterados e em alguns casos até mesmo mudado. Com isso, o melhor período de escaladas, não somente em Yosemite como em qualquer outro lugar do mundo, é alterado. Um local que tinha como melhor período de novembro a março, estão agora caracterizando-se como janeiro a junho.

Nos últimos dois anos, escaladores da região de Bariloche, na Patagônia argentina, relataram que o período de escaladas ia até maio (por causa da chegada do inverno), já pode ser estendido até quase o início de julho. Uma extensão pode ser considerada ótima para escaladores, mas ruim para a população em geral, que no período de seca sofre com a falta de água, que é fornecida pelo derretimento da neve durante o inverno (que ficou mais curto).

Não resta dúvida de que existem várias maneiras de reduzir as emissões dos gases de efeito estufa e os efeitos no aquecimento global. Há várias teorias, algumas até mesmo estapafúrdias e panfletárias (algumas culpando até mesmo a preferência de alimentação). Jogando contra a conscientização da população em geral, muitos ainda apostam na histeria e militância intolerante para a disseminação de um pensamento conservacionista. De concreto e aceito por parte da maioria dos cientistas:

  • Diminuir o desmatamento
  • Investir em práticas de reflorestamento (incluindo cidades e parques urbanos)
  • Conservar áreas naturais (parques estaduais, federais, APA’s e EPA’s)
  • Pressionar o governo (especialmente os representantes políticos eleitos por você) para viabilizar o uso de energias renováveis não convencionais (solar, eólica, biomassa e pequenas centrais hidrelétricas)
  • Procurar em seus veículos utilizar biocombustíveis (etanol, biodiesel) a combustíveis fósseis (gasolina, óleo diesel)
  • Investir na redução do consumo de energia e na eficiência energética
  • Reduzir, reaproveitar e reciclar materiais
  • Investir em tecnologias de baixo carbono
  • Melhorar o transporte público com baixa emissão de GEE

Declaração de Tommy

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Tommy Caldwell (@tommycaldwell) em

Eu ainda considero o vale de Yosemite um dos lugares mais bonitos da terra. Mas os efeitos da mudança climática aqui são chocantes. Em poucos anos, a morte de um besouro mudou a paisagem do vale, passando de uma densa floresta de pinheiros para uma paisagem de carvalho mais aberta. O incêndio de Ferguson devastou 390 km² que cercam completamente a comunidade que viveu lá.

A melhor estação para escalar no vale se moveu pelo menos um mês, e agora a neve raramente cobre o chão do lugar.

É difícil encontrar alguém que não tenha experimentado um evento climático “muito incomum”. Não é preciso muita pesquisa para entender que sintomas como esses aqui em casa são apenas o começo. No passado, eu considerava o trabalho humanitário mais nobre do que o trabalho ambiental. Agora eu os vejo com a mesma importância.

Precisamos de um planeta saudável para prosperar e agora nossa casa está inegavelmente doente. Muitas vezes penso sobre o que Dawn Wall tem que envolver tantas pessoas. Certamente não era sobre a escalada. Talvez tenha sido porque a história era de compaixão humana e pesquisa para alcançar um sonho. Todo mundo quer encontrar algo para se preocupar profundamente.

Talvez devêssemos começar a deixar que as ameaças à sobrevivência do nosso planeta e à raça humana nos trouxessem de volta à vida.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.