Seria o balé um bom complemento para a escalada? Adam Ondra diz que sim

O escalador tcheco Adam Ondra levantou uma discussão que parece levantar polêmica entre muitos escaladores. Sobretudo quem possui um nível de preconceito. Segundo Adam Ondra, junto de seus treinadores, o balé clássico é um complemento excelente para a preparação para a escalada.

O estilo de dança conhecido como balé nasceu nas cortes da Itália renascentista no século XV, e que se desenvolveu ainda mais na Inglaterra, Rússia e França, possui uma forma altamente técnica e um vocabulário próprio.

De acordo com grande parte de bailarinos, o balé é o gênero de dança é muito difícil de dominar e requer muita prática. Entretanto, não se sabe o motivo ao certo, aos praticantes da dança, sobretudo os bailarinos homens, são alvo de grande preconceito. Preconceito que é externado com piadas, opiniões com discurso de ódio, entre outros tipos de barreiras. Bem se alguém acredita que Adam Ondra esteja errado, resta o conselho de enviar uma mensagem a ele contestando.

A Ópera Estatal de Praga (Státní Opera Praha) é uma das mais importantes companhias da Europa. No vídeo, o próprio Adam Ondra consegue fazer duas coisas: superar as limitações físicas diante de um desafio e sair da zona de conforto.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.