Livro da semana : “The Maverick Mountaineer” – Robert Wainwright

Apesar do Monte Everest, nos dias de hoje, ter se transformado em um grande circo midiático, especialmente para quem deseja apenas construir imagem de aventureiro (sem possuir cacoete para praticante de atividades outdoor), a montanha mais alta do mundo teve uma época que era palco de descobrimentos científicos interessantes.

Sim, houve uma época que sub-celebridades e apresentadores de TV, por causa das facilidades e cabos não instalados, não se arriscavam. Na mesma época os Sherpas se dignavam a não carregar esta pessoas.

Mas logo nos primórdios, quando ainda tudo era novidade e tratada como heroísmo pela imprensa, alguns inventores mudaram a maneira com a qual o esporte era praticado. Um destes descobrimentos ficou por conta do australiano George Ingle Finch, um químico e montanhista, educado na Suíça de língua alemã. Seu trabalho pioneiro com o uso de oxigênio suplementar para ascensões de alta montanha tornou-se crucial para as futuras expedições.

Buscando resgatar a vida deste montanhista o autor Robert Wainwright escreveu uma biografia detalhada de Finch, com detalhes interessantes além de reveladores. No livro alguns aspectos de sua vida pessoal complicada, além do relacionamento com o filho, e também ator, ator Peter Finch (o qual foi ganhador do Oscar com o filme Rede de Intrigas de 1976).

Além de montanhista respeitado na comunidade, também foi soldado, cientista e, segundo pessoas que o conheceram, um espírito rebelde, além de ser considerado uma das pessoas mais roots de seu tempo. Durante sua carreira de montanhista chegou a ser um dos praticantes mais famosos de todo o mundo.

Durante a Primeira Gerra Mundial (1914 a 1918) foi reconhecido como herói de guerra. Por causa dos conhecimentos adquiridos neste conflito, durante o evento conhecido a Blitz alemã (campanha de bombardeamentos estratégicos), já na Segunda Guerra Mundial, ajudou estrategicamente Londres a se proteger dos ataques.

Durante o livro há vários questionamentos, por parte do autor, dos motivos que levaram a George Finch ter sido preterido por vários historiadores em fatos os quais foi decisivo. Por buscar entender mais sobre a psiquê do protagonista, o autor adotou uma estrutura diferente das seguidas por outros livros de montanhismo. O foco foi principalmente reconstruir a história social do protagonista.

Grande parte da importância de George Ingle Finch é descrita na obra por sua invenção das jaquetas com forro de penas, assim como o uso de tanques de oxigênio suplementar.

Somente por estas duas invenções é possível ver o impacto provocado pelo inventor em toda a prática de montanhismo no século XX. Pela qualidade de texto e conteúdo, o livro foi agraciado com o premio de melhor biografia do ano de 2016 pelo Cross British Sports Book Awards.

Ficha Técnica

  • Título : The Maverick Mountaineer
  • Autor : Robert Wainwright
  • Edição : 
  • Ano : 2016
  • Número de páginas : 432
  • Editora : Allen & Unwin Publishing

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

There are 2 comments

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.