Dan Osman : Biografia Detalhada

No Site  “Papo de Homem” há publicações de biografias de homens “notáveis”.

Fazendo parte desta coluna foi feita uma biografia bem detalhada (com vídeos e etc) do escalador Dan Osman, considerado por muitos uma verdadeira lenda da escalada mundial.

Nesta biografia é detalhado muitos aspectos de sua vida e sua morte.

Para acompanhar TODO o texto vá em : http://papodehomem.com.br

Abaixo vai apenas uma parte para servir de aperitivo :

Medo. Todo mundo já passou por alguma situação em que se deparou com essa fascinante dinâmica.

Normalmente existem duas formas de reagir ao medo: nos retraímos ou sentimos uma explosão de euforia.

Em perigo, sabemos que tudo pode acabar a qualquer instante.

O cérebro dispara.

A pressão arterial começa a subir, a cabeça fica pesada, o corpo aumenta a irrigação dos músculos e reduz a da pele.

O calafrio surge.

Os músculos se contraem chegando a tremer, enquanto seus pulmões se expandem e uma quantidade maior de ar começa a entrar.

Para entender Dan Osman, é preciso compreender essa sensação, ter vivido e sentido na pele essa sensação de euforia que sentimos quando somos expostos a uma situação de perigo.

Este sentimento deve se manter presente durante todo o relato sobre a vida de Dan Osman.

Ele mais do que ninguém gostava desta sensação e buscava isso da forma mais profunda e extrema, de uma forma que é até difícil de compreender.

Dan Osman começou seu trajeto como escalador, e se tornou pioneiro em uma modalidade um pouco convencional, a escalada livre (free solo).

Dan (ou Dano como seus amigos o chamavam) subia as mais altas e complexas paredes naturais sem utilizar nenhum tipo de corda ou equipamento.

E não se contentava com o perigo da falta de equipamentos: ele também gostava de ir bem rápido.

Subindo em uma espécie de escalada de velocidade, seus movimentos precisavam ser rápidos e precisos.

O estado de alerta e adrenalina eram altíssimos.

Tudo deveria ser muito bem pensado.

Qualquer erro em uma escalada livre pode ser fatal.

Quanto mais alto Dan estava do topo, maior o grau de atenção, concentração e precisão necessários.

Até chegar ao ponto em que não se pode mais errar, o momento em que se está a um passo do sucesso absoluto, ou do deslize mortal.

Essa era sua vida.

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.