Mexicano faz ascensão “do mar ao cume” no Kilimanjaro em 32 horas

O mexicano Héctor Ponce de León, fez história ao se tornar o segundo montanhista a chegar ao cume do Kilimanjaro, a partir do nível do mar, em 32 horas. Foram quase 6.000 metros de desnível e 335 km de distância. O desafio do mexicano começou nas praias do Quênia (obviamente ao nível do mar) e somente terminou no topo do Kilimanjaro (5.895 m), localizado na fronteira com a Tanzânia.

Héctor começou sua aventura na costa do Quênia e, depois de percorrer cerca de 300 km de bicicleta junto com o mexicano Daniel Graff , começou uma subida de 35 km a pé. Para a caminhada contou com a presença de seu compatriota Max Álvarez. Héctor Ponce de León marcou assim um novo recorde no cume mais alto do continente africano.

Seus desafios “do mar ao cume”, que possuem o nome “Desde Cero Challenge”, começaram com o pico de Orizaba (5.636 m) que conquistou subindo desde o nível do mar. Na ocasião, Héctor partiu da praia de Chachalacas, na província mexicana de Veracruz, chegando ao cume do vulcão depois de percorrer 140 km e subir mais 4 km a pé. Seu próximo desafio será o Aconcágua.

Quem é Héctor Ponce de León?

Héctor Ponce de León

Héctor Ponce de León

Embora desconhecido na América do Sul, especialmente no Brasil, o montanhista Héctor Ponce de León possui vasta experiência no montanhismo. Grande parte de seus desafios é ele mesmo que os elabora, assim como a logística. O mexicano na maioria das vezes não conta com guias nem cordas prefixadas.

Como montanhista, Héctor Ponce de León alcançou o cume do Monte Everest (8.848 m) com oxigênio em três ocasiões (1996, 2002 e 2004), do Aconcágua (6.962 m) em 25 e três no Ama Dablam (6.812 m). Héctor também chegou ao cume de Gashenbrum I (8.080 m), Gashenbrum II (8.035 metres), Broad Peak (8.051 m), Cho Oyu (8.201 m), Alpamayo (5.947 m), Huayna Potosí (6.088 m) e mais de 20 cumes andinos.

Héctor Ponce de León

Héctor Ponce de León

Para quem acha que o mexicano já foi “rebocado” por seus guias, é importante lembrar que em 2002, Héctor Ponce de León se tornou o primeiro e único mexicano que guiou o Monte Everest com sucesso.

Esta foi a quinta vez que o Héctor Ponce de León subiu o Kilimanjaro. Como guia de montanha, o mexicano já trabalhou para empresas de renome mundial (Altitude Junkies, Mountain Madness e Jagged Globe) guiando no México e na Cordilheira dos Andes, na Cordilheira do Himalaia e na Cordilheira Karakorum.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.