Shauna Coxsey critica modelo olímpico de escalada em artigo publicado pelo COI

A escaladora britânica Shauna Coxsey fez duras críticas em extenso artigo publicado no site do Comitê Olímpico Internacional no dia de dia de ontem. A escaladora é um dos maiores destaques da escalada de seu país e uma das maiores ganhadoras da Copa do Mundo de Escalada. Coxsey é a atual bicampeã na categoria boulder  (2016 e 2017) no torneio organizado pelo IFSC.

Com o título de “O modelo atual é como pedir ao Usain Bolt para correr a maratona e depois saltar obstáculos” (“Is like asking Usain Bolt to run a marathon and then do the hurdles”). O artigo om as declarações da atual bicampeã mundial, tenta explicar como os escaladores de competição estão encarando o modelo de competições que será implementado na olimpíada. O modelo, idealizado pelo IFSC para tornar a modalidade esporte de exibição em Tóquio 2020, vem sendo criticado por grande parte dos atletas. Principalmente os que possuem grande change de medalha.

Foto: Luka Tamba | https://www.shaunacoxsey.co.uk

Mesmo criticando o modelo, Shauna Coxsey explica que alguns esportes há sempre uma corrida contra a monotonia e previsibilidade. E admite que muitas vezes visualiza este tipo de realidade. Mas também afirmou que na escalada há sempre algo novo e sempre há novos desafios.

Mesmo agora, com o modelo proposto, ela se sente motivada para o que tiver de enfrentar na parede em Tóquio daqui a quatro anos.

Para ler o artigo completo acesse: https://www.olympic.org

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.