Jogos Olímpicos da Juventude: Entenda porque atletas de escalada brasileiros não irão participar do evento

Em termos de sociologia os centennials (também conhecido como geração Z ou mesmo “iGeneration) são as pessoas nascidas após 2000. Pois os Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, que terá abertura oficial no Sábado próximo, é uma espécie de Olimpíada dos Centennials . Na prática, é uma oportunidade de testemunhar quem são os novos talentos de cada esporte com potencial e capacidade de representar o seu país neste século. Especialistas de cada modalidade especulam que, uma vez capazes de participar dos Jogos Olímpicos da Juventude, os atletas possuem capacidade de se destacar no futuro.

A partir de sábado, aproximadamente 4.000 atletas centennials, oriundos de 205 países, irão participar dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, disputando 36 modalidades. O Brasil estará presente nos Jogos com 79 atletas, a menor delegação após duas edições dos Jogos da Juventude. Este baixo comparecimento de atletas deixa nítido o pouco interesse que o país possui em revelar novos talentos e investir na renovação das gerações de praticantes de esportes olímpicos.

Formato para Escalada

Nos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires será a estreia oficial da escalada como esporte olímpico, implementando o formato e organização que irá ser implementado em Tóquio 2020. No Campeonato Mundial disputado em Innsbruck, houve uma implementação do “formato combinado”, a partir dos finalistas de cada modalidade (que premiou separadamente cada atleta). Nos Jogos Olímpicos da Juventude será adotado o formato oficial a ser utilizado nas Olimpíadas, sem premiações individuais das disciplinas.

Ao todo irão competir 20 atletas em cada categoria, feminino e masculino. O critério de classificação levou em conta não somente a idade, mas também os resultados obtidos por cada atleta em competições juvenis.

Categoria Vagas Classificatórias Vagas País sede Vagas Universais Total
Masculino 18 1 1 20
Feminino 18 1 1 20
TOTAL 36 2 1 20

O número máximo por comitê de cada país é dois, ou seja, cada país pode no máximo ceder apenas dois atletas para as 40 vagas existentes. Portanto, são duas vagas para o masculino e duas para o feminino. São elegíveis para participar dos Jogos Olímpicos da Juventude apenas atletas nascidos a partir de 1º de janeiro de 2000 até 31 de dezembro de 2001.

Como é o IFSC que chancela campeonatos mundiais de escalada, é obrigatório o atleta ter cadastro e reconhecimento da entidade para participar dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires. Portanto, atletas que foram punidos disciplinarmente no ano de realização dos jogos, não poderão participar do evento.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Valentina Aguado (@valeaguado) em

Para participar dos Jogos Olímpicos da Juventude, além da idade, os atletas deveriam classificar-se nas seguintes competições.

Número de Vagas Evento Classificatório
13 homens / 13 mulheres Campeonato Mundial Juvenil 2017 Innsbruck (Youth World Championships – YWCH): realizado 30/08/2017 a 10/09/2017
5 homens / 5 mulheres Campeonato Continental Juvenil 2017 (Youth Continental Championships – YCCH): Inclui Pan-Americano, Africano/Europeu, Oceania e Europeu em 2017

As vagas ditas “universais”, critério o qual será utilizado para Tóquio 2020, é escolhido atletas que possuam nível técnico e preencher critérios exigidos pelo comitê olímpico de escalada. Ou seja: não pode fazer parte de países com máximo de vagas garantidas e ter a melhor colocação (além do limite de idade para os Jogos Olímpicos da Juventude). Para saber quais vagas são garantidas, o IFSC publica ao final da temporada ao ranking, que serve de parâmetro para a classificação.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Galo Hernández (@galo311000) em

Este critério, embora possa parecer confuso, será o mesmo para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (com exceção da regra limitante da idade).

Portanto, classificar-se bem no ranking do IFSC, chegando perto, ou até mesmo participando das semifinais, aumenta consideravelmente a chance de ir para a Olimpíada de 2020.

Atletas classificados para os Jogos Olímpicos da Juventude 2018 em Escalada

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Alejandra Contreras (@_alejandracontreras) em

O IFSC já publicou a lista completa de atletas que irão participar dos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires. Na lista, infelizmente, não há nenhum brasileiro e praticamente nenhum sul-americano. Somente a argentina Valentina Aguado, que conseguiu sua vaga graças à sua performance no campeonato continental juvenil que foi disputado no Canadá no ano passado. A linha de corte entre atletas, que somente poderiam ter nascido em 2000 e 2001 também impactou na participação. A título de exemplo, a escaladora mais forte da atualidade, Janja Garnbret, por ter idade que supera o limite estabelecido, não poderá participar do evento.

Portanto, dos países sul-americanos que possuem atletas que competem em escalada, apenas Equador, Chile e Argentina, o país sede, possuem representantes. Estes são os países Sul-Americanos que mais investiram na criação de novos talentos e renovação do esporte. Chama a atenção também que atletas dos EUA e México, grande celeiros de escaladores em competições também não possuem representantes.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Nickolaie Rivadeneira (@nickolaie_r) em

Para o próximo campeonato pan-americano, marcado para acontecer em novembro no Equador, a expectativa é de que aconteça uma maior elucidação de quem seriam os principais candidatos às vagas olímpicas da América do Sul para Toquio 2020. Como os Jogos Olímpicos da Juventude possui uma limitação de idade muito grande, não serve de parâmetro para especular qual seriam os países representados.

Entretanto, a distribuição de vagas pelo campeonato mundial deixa a entender que, caso os países sul-americanos não se destaque nenhum atleta entre semifinalistas, não haverá nenhum representante em 2020.

  • Feminino
Nome País Evento
Sandra Lettner Áustria IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Elena Krasovskaia Rússia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Valentina Aguado Argentina IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Laura Rogora Itália IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
YiLing Song China IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Laura Lammer Áustria IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Luiza Emeleva Rússia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Aleksandra Kalucka Polônia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Lucka Rakovec Eslovênia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Hannah Meul Alemanha IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Vita Lukan Eslovênia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Giorgia Tesio Itália IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Jani Zoraj Croácia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Lucile Saurel França IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Mao Nakamura Japão Asian Youth Championships Singapore (SGP)
Alejandra Contreras Chile PanAmerican Youth Championships Montreal (CAN)
Catherine Carkner Canadá PanAmerican Youth Championships Montreal (CAN)
Nolwenn Arc França European Youth Championships Saint-Etienne (FRA)
Angela Eckhardt África do Sul African Youth A YOG Johannesburg, Gauteng (RSA)
Sarah Tetzlaff Nova Zelândia Oceania Youth Championships Noumea (FRA)
  • Masculino
Nome País Evento
Sam Avezou França IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Filip Schenk Itália IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Petar Ivanov Bulgária IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Nathan Martin França IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Keita Dohi Japão IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Shuta Tanaka Japão IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
YuFei Pan China IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Georgiy Morozov Rússia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Pietro Biagini Italia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
DiChong Huang China IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Mikel Molina Linacisoro Espanha IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Peter Kuric República Eslovaca IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Seongmin Eom Coréia IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Nicolai Uznik Áustria IFSC Youth World Championships Innsbruck (AUT)
Galo Hernandez Equador PanAmerican Youth Championships Montreal (CAN)
Nickolaie Rivadeneira Equador PanAmerican Youth Championships Montreal (CAN)
Ned Middlehurst Australia Oceania Youth Championships Noumea (FRA)
David Naudé África do Sul African Youth A YOG Johannesburg, Gauteng (RSA)
Confirmação pendente European Youth Championships Saint-Etienne (FRA)
Bharath Pereira Índia Asian Youth Championships Singapore (SGP)

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.