Incêndio no Pico dos Marins: Reflexo da falta de educação e desrespeito à natureza

O incêndio que aconteceu no Pico dos Marins no último final de semana, não é um fato isolado nem somente simples fatalidade…

Se trata de um reflexo da falta de educação e de respeito de algumas pessoas que compõem a nossa sociedade com a natureza e, neste caso específico, a montanha como demonstrado no Pico dos Marins.

O Pico dos Marins é o símbolo clássico dos que gostam de trekking e montanhismo.

O resultado do incêndio foi 229 hectares atingidos, o que corresponde a 345 estádios de futebol. A pergunta é: Alguém vai ser responsabilizado?

Pico dos Marins pede socorro

Foi lamentável o que presenciei neste último fim de semana quando realizava a Travessia Marins x Itaguaré e, atônito, presenciei a absurda falta de controle no acesso ao Pico dos Marins com mais de 100 pessoas subindo.

Pela minha experiência em montanhismo, 90% daquelas pessoas estavam despreparadas, com algumas subindo, e gritando, como se estivessem em uma festa além de estarem portando equipamentos inadequados, calçados sem condições de subir, etc…

Uma pena, muito triste ver isso acontecendo.

incendio em marins2

Foto: Divulgação/AMPM

A Serra da Mantiqueira, tem tido uma explosão de acesso sem os devido controle, além de várias atitudes inadequadas por parte das pessoas que desejam subi-la.

No último feriado, quando estive na Serra Fina, foi a mesma coisa, com centenas de pessoas despreparadas subindo quando presenciei até mesmo uma briga de faca no cume do Capim Amarelo.

O nível das pessoas está muito abaixo do que um lugar lindo como a Serra da Mantiqueira precisa, especialmente no que se refere à educação e respeito das pessoas com a montanha.

Subo esta região a mais de 20 anos e nunca vi esta região tão frágil. Precisamos nos autoavaliar e nos unirmos em prol do cuidado adequado deste paraíso.

Cada um fazendo a sua parte!

Acredito que quem cuida e quem conhece, mas educação vem de casa para respeitar a casa dos outros…

A pergunta é… Quem vai ser responsabilizado? Antes dos órgãos competentes, somos nós da própria sociedade que temos que repensar e fazer o melhor pelo lugar que andamos…

banner-freddy-duclerc

Freddy Duclerc é Montanhista e líder das Expedições em Alta montanha e Travessias na América do Sul. Também realiza “Treinamento e Palestras” em liderança, motivação, planejamento e vivencia em ambiente inóspito. Possui Graduação, Pós Graduação e MBA em Marketing, Gestão de Negócios e
Administração de Empresas. Tem como missão ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos, motivando e mostrando os caminhos possíveis nas montanhas de nossa América do Sul

There are 2 comments

  1. Cibele

    Presenciamos no Pico Sto Agostinho um pessoal com mta bebida, fogueira e música alta praticamente a noite toda. É triste e revoltante ver esse tipo de coisa. Quando chegamos lá, por volta das 16h, tinha um guarda parque que aparentemente não disse nada a eles.

  2. Alexandre Polar

    Está coberto de razão. Sou líder do grupo Trepators Adventure e infelizmente vimos essa falta de respeito no Pico da Bandeira,com muita arruaça e bebidas. A montanha é um refúgio de paz. Baladeiros e farofeiros devem ir aos centros urbanos e praias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.