Avaliação saco de dormir S5 Ultralight Quechua

zoom_400PX_asset_12064205[1]O saco de dormir S5 Ultralight da Quechua é um produto destinado a campistas já iniciados e que realizam atividades em locais com temperatura média mínima até 5ºC.

O produto tem como vantagens anunciadas: conforto térmico até a temperatura anunciada de 5ºC(sendo 0º de extremo),  ser repelente à água em sua superfície externa, boa compactação para menor espaço ocupado em mochilas.

Com forração em material sintético tem como objetivo aumentar a sensação de bem estar ao usuário.

O teste

O saco de dormir S5 Ultralight da Quechua foi testado em dois locais com climas diferentes.

O objetivo era de que fosse avaliado seu rendimento em uma amplitude de temperaturas grande

Foi testado portanto na região próximo à Serra do Cipó no estado de 9aecd49a886db269aab61767b800d81b[1]Minas Gerais e em um camping selvagem na
Serra da Mantiqueira no interior de São Paulo.

Ambos os testes foram utilizados isolante térmico, visto que o uso  é imprescindível para qualquer saco de dormir.

O isolante térmico utilizado foi um modelo comum e regularmente usado por campistas.

Não foi utilizado nenhum material adaptado a uso de isolante como campistas inexperientes e/ou amadores.

Não foi utilizado em colchões infláveis, hábito comum de  campistas iniciantes.

T2oHdBXftXXXXXXXXX_!!352469034[1]Não foi utilizado nenhum produto adicional ao saco de dormir, como edredom ou corbertores , outro costume equivocado de iniciantes.

Coincidentemente durante os testes ocorreram chuvas, o que causou aplitude térmica considerável , possibilitando o teste de conforto tanto com o zíper aberto, quanto fechado.

O produto foi testado em situações de uso para as quais foi projetado.

O saco de dormir foi carregado dentro de mochila em caminhadas em subidas íngrimes  com aproximadamente 30 min até o local do camping.

Não fez parte do teste o uso em albergues, abrigos de montanha, hostels e similares.

Prós

  • Conforto Térmico.
  • Resistente à humidade.
  • Compressores na embalagem.
  • Comunicação visual da embalagem.
  • Possibilidade de ser anexado a outro saco de dormir (ideal para casal).

Contras

  • Peso.
  • Tamanho.
  • Baixa taxa de compressibilidade.

Notas

  • Qualidade de Material: 5
  • Acabamento: 4,5
  • Design: 4,5
  • Ergonomia: 4,5
  • Facilidade de Limpeza: 3,5
  • Relação Peso x volume: 3
  • Relação custo x benefício: 4,5
  • Nota Final: 4,21 (de um total de 5,0)

Opinião

9d0252c2dc872b3f9e264d6af74921aa[1]O saco de dormir S5 Ultralight da Quechua teve uma avaliação positiva em seu uso.

Apesar de possuir tamanho e peso incômodos (e que deveriam ser reavaliados pelo seu fabricante), teve bom rendimento à noite quando a temperatura teve queda acentuada.

Seu projeto vislumbrou uma largura maior na região dos pés que permitiu que pessoas inquietas, e não acostumadas a sacos de dormir, sentissem mais conforto.

O volume acentuado de seu forro apesar de contribuir para o peso excessivo colaborou para uma maior sensação de aconchego.

É um produto recomendavel para quem deseja praticar camping mais frequentemente, e em locais onde a temperatura fique próxima de 7ºC (Reservando  2ºC para segurança de conforto), pode ser usado em albergues e abrigos de montanha.

Não é um produto indicado para excursões em alta montanha, viagens à Patagônia ou trekkings onde a temperatura possa ser sempre abaixo de 5ºC.

Não é indicado a trekkings de longa distância que seja necessário camping em seu percurso, pois seu peso pode causar desconforto e fadiga desnecessária.

Pelo que foi avaliado nos testes é o saco de dormir ideal para quem gosta de acampar em regiões praianas do Brasil.

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There are 3 comments

  1. Carla Nogueira

    Tenho esse saco a 2 anos e já fui a Patagônia e Peru (trekking Huayhuash) com ele, mesmo sabendo que sua temperatura limite é de 0ºC. O meu é XL, pois além de mais confortável ainda posso dormir com algumas roupas. Para não passar frio usei segunda pele calça e blusa e meias e consegui ter uma boa noite de sono. Vou fazer agora o trekking Cedros – Alpamaio (Peru) e vou levá-lo novamente. Também acho ele pesado para carregar… Ótimo post!

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.