As 8 vias tradicionais mais difíceis do mundo

No Início do ano toda a atenção ficou voltada para a dupla Tommy Caldwell e Kevin Jorgenson em sua fantástica ascensão em livre (a via somente era escalada em artificial).

A mídia tradicional fez uma cobertura até então inédita para o feito e houve uma divulgação do esporte sem precedentes na história.

Mas quais são as vias tradicionais mais difíceis no planeta?

Dawn Wall – Yosemite EUA

dawn-wall

Não tem como discutir que a via “Dawn Wall” é a via tradicional mais difícil do mundo.

Com cordadas com graduação em 11c, e vários situados na casa dos 9b a 10b (graduação brasileira).

Não bastasse a graduação adicione na dificuldade a quantidade de cordadas: 32 enfiadas (ou 31 se realizar uma variante que exige um dinâmico).

Ao todo a via possui mais de 900 metros de escalada.

Wetterbock – Göll Áustria

Wetterbock-Goll

Aberta pelo mítico escalador Alex Huber, a via possui, e apesar de bem curta recebeu a graduação de 8c Fr (11a brasileiro) e possui enfiadas com dificuldade constante.

Nirvana – Loferer Alm Áustria

Foto Via Pinterest

Foto Via Pinterest

A via batizada de Nirvana também foi aberta por Alex Huber, e com seus 200m de altura desafia s escaladores e um grau de 8c+ francês(11b brasileiro) e 200 metros de via vencidas em 10 enviadas.

Esta via somente pode ser escalada no verão e somente foi repetida uma vez, por Fabian Buhl.

Pan Aroma – Dolomitas Itália

Pan-Aroma-Dolomitas

A via conquistada também por Alex Huber e seus 550 metros de via com proposta para 8c/8c+(11a/11b brasileiro)francês.

No ano de 2014 houve uma variante criada pelo inglês Dave MacLeod que a batizou de Project Fear, e consolidou ainda assim o grau de 8c(11a brasileiro) Francês.

Orbayu – Naranjo de Bulnes Espanha

Orbayu-Naranjo-de-Bulnes

Aberta pelos irmãos Pou continua sendo uma das vias mais difíceis da Europa.

Graduada em 8c francês (11a brasileiro).

É considerada por escaladores profissionais uma espécie de Graal Sagrado das escaladas tradicionais na Europa.

Zahir – Wendenstock Áustria

Zahir-Wendenstock

Com seus 300 metros de extensão e graduada em impressionantes 8c francês (11a brasileiro).

A via Zahir desafia quem deseja consolidar-se como escalador de vias tradicionais.

Tough Enough Original – Madagascar

Tough-Enough-Original-Madagascar

A via com nome provocativo foi aberta pelos alemães Daniel Gebel, Ari Steinel, Uschi Beer e Joachim Seitz.

Por estar em um lugar inóspito, e fora do centro considerado civilizado no mundo.

A escalada de seus 380 metros, graduada em 8c francês(11a brasileiro) está entre as mais difíceis do mundo.

WöGu – Rätikon Suíça

Wetterbock-Goll

Graduada em constantes 8c francês (11a brasileiro) e com 230 metros de altura de pura rocha, é o cartão postal que a Suíça possui para escaladores fortes.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.