As 8 vias tradicionais mais difíceis do mundo

No Início do ano toda a atenção ficou voltada para a dupla Tommy Caldwell e Kevin Jorgenson em sua fantástica ascensão em livre (a via somente era escalada em artificial).

A mídia tradicional fez uma cobertura até então inédita para o feito e houve uma divulgação do esporte sem precedentes na história.

Mas quais são as vias tradicionais mais difíceis no planeta?

Dawn Wall – Yosemite EUA

dawn-wall

Não tem como discutir que a via “Dawn Wall” é a via tradicional mais difícil do mundo.

Com cordadas com graduação em 11c, e vários situados na casa dos 9b a 10b (graduação brasileira).

Não bastasse a graduação adicione na dificuldade a quantidade de cordadas : 32 enfiadas (ou 31 se realizar uma variante que exige um dinâmico).

Ao todo a via possui mais de 900 metros de escalada.

Wetterbock – Göll Áustria

Wetterbock-Goll

Aberta pelo mítico escalador Alex Huber, a via possui, e apesar de bem curta recebeu a graduação de 8c Fr (11a brasileiro) e possui enfiadas com dificuldade constante.

Nirvana – Loferer Alm Áustria

Foto Via Pinterest

Foto Via Pinterest

A via batizada de Nirvana também foi aberta por Alex Huber, e com seus 200m de altura desafia s escaladores e um grau de 8c+ francês(11b brasileiro) e 200 metros de via vencidas em 10 enviadas.

Esta via somente pode ser escalada no verão e somente foi repetida uma vez, por Fabian Buhl.

Pan Aroma – Dolomitas Itália

Pan-Aroma-Dolomitas

A via conquistada também por Alex Huber e seus 550 metros de via com proposta para 8c/8c+(11a/11b brasileiro)francês.

No ano de 2014 houve uma variante criada pelo inglês Dave MacLeod que a batizou de Project Fear, e consolidou ainda assim o grau de 8c(11a brasileiro) Francês.

Orbayu – Naranjo de Bulnes Espanha

Orbayu-Naranjo-de-Bulnes

Aberta pelos irmãos Pou continua sendo uma das vias mais difíceis da Europa.

Graduada em 8c francês (11a brasileiro).

É considerada por escaladores profissionais uma espécie de Graal Sagrado das escaladas tradicionais na Europa.

Zahir – Wendenstock Áustria

Zahir-Wendenstock

Com seus 300 metros de extensão e graduada em impressionantes 8c francês (11a brasileiro).

A via Zahir desafia quem deseja consolidar-se como escalador de vias tradicionais.

Tough Enough Original – Madagascar

Tough-Enough-Original-Madagascar

A via com nome provocativo foi aberta pelos alemães Daniel Gebel, Ari Steinel, Uschi Beer e Joachim Seitz.

Por estar em um lugar inóspito, e fora do centro considerado civilizado no mundo.

A escalada de seus 380 metros, graduada em 8c francês(11a brasileiro) está entre as mais difíceis do mundo.

WöGu – Rätikon Suíça

Wetterbock-Goll

Graduada em constantes 8c francês (11a brasileiro) e com 230 metros de altura de pura rocha, é o cartão postal que a Suíça possui para escaladores fortes.

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.