Aprenda a melhor respiração na atividade física : boca ou nariz

Existe alguma diferença de rendimento entre respirar pelo nariz ou pela boca ? Qual a melhor opção ?

Existe uma combinação enorme de fatores que afetam diretamente o funcionamento e a manutenção da saúde do organismo humano. Seria uma missão quase impossível enumerar todos os fatores porque cada ser humano acaba influenciado de maneira distinta segundo a sua individualidade biológica, mas a forma como cada um se relaciona com esses fatores será crucial para determinar a qualidade de vida de cada indivíduo.

Entre os principais fatores estão o sono, a nutrição, prática de atividade física, a respiração, nível de estresse, relação intra e interpessoal, tempo de lazer, relação com a natureza, qualidade dos pensamentos, momentos de relaxamento, etc.

Cada um dos fatores acima citados tem a sua devida importância, mas como o assunto hoje é respiração será dela que vamos tratar. Muitos de vocês provavelmente já devem ter escutado a afirmação de que é muito importante respirar pelo nariz, mas com certeza poucos se indagaram o que está por trás dessa afirmação.

Hoje você irá descobrir se existe realmente alguma diferença entre respirar pelo nariz ou pela boca e quais suas razões.

Aprenda a respirar

Foto : http://www.globalfit.com

Foto : http://www.globalfit.com

Primeiramente, antes mesmo de falar sobre a respirar pelo nariz ou boca em si, é importante salientar que infelizmente uma grande parte das pessoas sequer observa a forma como está respirando, fazendo com que o ato da respiração se torne um mecanismo totalmente involuntário, quando em realidade ele é o único processo fisiológico do organismo que é duplamente voluntário e involuntário.

Então qual é a importância de fazer com que a respiração seja um ato voluntário?

O organismo humano possui uma inteligência biológica intrínseca muito sofisticada que regula suas funções vitais, mantendo seu funcionamento da forma mais eficiente possível com o menor gasto energético.

Falando do sistema respiratório, existe um ambiente ideal de temperatura e umidade do ar para que os pulmões realizem a absorção de oxigênio de forma mais eficiente.

Então, morfologicamente o nariz tem funções específicas que a boca não desempenha, pois além de filtrar as partículas sólidas suspensas no ar, ele também faz o umedecimento e aquecimento do ar inspirado, possibilitando uma maior absorção de oxigênio pelos pulmões quando se comparado ao ar inspirado diretamente pela boca.

Só por esse fato temos razões de sobra para respirar pelo nariz, pois dessa forma já garantimos uma barreira eficiente para a entrada de agentes infecciosos como vírus, fungos e bactérias, diminuindo a probabilidade de infecções respiratórias além de garantir uma maior oxigenação do cérebro.

Existe também um grupo de pessoas que apresenta dificuldade em respirar pelo nariz por apresentarem alguma patologia ou variação anatômica, como rinite, sinusite, desvio de septo, etc.

Para essas pessoas é de extrema importância praticar exercícios de respiração frequentes e principalmente buscar acompanhamento médico para saber se a dificuldade respiratória é a causa ou o efeito de alguma patologia.

Outra questão muito importante é que o ato de respirar também está diretamente ligado com nosso estado interno (também conhecido estado de espírito), ou seja, existe uma conexão profunda na forma como nos sentimos e a forma como respiramos. Acredito que a grande maioria de vocês já vivenciou uma situação onde isso pode ser comprovado, como por exemplo, quando nos vemos numa discussão com alguém.

Se por ventura a discussão começa a se inflamar muito e o estado interno passa a manifestar mais agressividade, gradativamente o tom de voz aumenta, as palavras começam a sair cortadas, o coração dispara e os ciclos respiratórios se tornam mais curtos e acelerados.

respiracaoAtividadeFisica-3

Foto : http://www.westcoasthashhouseharriers.com

Ou o contrário, quando alguém ou alguma coisa persiste veementemente para alterar o seu estado interno e aquela iminente explosão de raiva devastadora é contida com um bom e profundo suspiro.

Portanto a respiração também é uma ferramenta poderosa e uma grande aliada para percepção do estado interno e o equilíbrio entre o corpo e mente. Dito tudo isso, creio que de agora em diante não seja nem preciso perguntar qual a melhor forma de respirar quando se trata de prática de atividade física, certo?

Pode até parecer uma coisa boba, mas ter uma técnica de respiração correta faz com que o praticante ganhe em rendimento praticamente em todas as modalidades esportivas, tanto que atualmente quase todos os atletas de alto rendimento, independente da modalidade, fazem exercícios respiratórios ou yoga para complementar seus treinos.

Quem não se lembra da ênfase dada pela mídia na copa do mundo sobre os segredos da equipe multidisciplinar e as aulas de yoga da seleção Alemã?

Com exceção de alguns esportes aquáticos, como a natação, por exemplo, onde por exigências da própria modalidade o praticante é obrigado a respirar pela boca, em todas as outras práticas esportivas é desejável que a respiração seja feita preferencialmente pelo nariz, principalmente aquelas de predominância aeróbica (como caminhada, corrida, ciclismo, big wall, etc).

Durante as práticas predominantemente aeróbicas, o organismo precisa inspirar uma quantidade grande de ar pelo fato de a maior parte da energia utilizada nas contrações musculares ser gerada através do oxigênio, por isso é desejável que a respiração seja feita pelo nariz, onde esse aporte é maior.

Porém, existem ocasiões onde a quantidade de esforço se torna demasiada e fica impossível respirar somente pelo nariz, passando a utilizar também a respiração bucal, o que não é errado.

O mais importante ao praticar atividade física é ter consciência corporal para perceber quando a carga de trabalho está adequada com capacidade do organismo de suportá-la, pois caso sua respiração não atenda a demanda de oxigênio, o corpo inevitavelmente entrará num estado de fadiga e a atividade terá de ser interrompida.

Espero que vocês tenham gostado e dirimido as possíveis dúvidas com relação à respiração.

Caso ainda reste alguma dúvida, entre em contato e pergunte.

Um abraço a todos, bons treinos e até o próximo artigo!

Sobre o Autor

Leonardo Oshiro

Leonardo Oshiro

Leonardo Oshiro, é educador físico e profissional certificado no NOLS (National Outdoors Leadership School) , professor de pilates, personal trainer e é mochileiro desde os 17 anos.

There is one comment

  1. Rodrigo Genja Chinaglia

    Existe uma técnica Chinesa antiga que diz que não se deve nem ao menos Soltar o ar pela boca, e que a respiração deve ser realizada unica e exclusivamente pelo nariz pois dessa maneira não se satura demais o sangue com oxigênio (ao soltar o ar rapido demais e em seguida já encher os pulmoes de ar novamente). Mesmo quando eu fico meses sem praticar corrida, quando volto a correr, nunca fico com dores nas pernas, que eram características quando soltava o ar pela boca. O que você poderia dizer sobre soltar o ar? Pela boca ou pelo Nariz? Tanto faz? Alguma explicação fisiológica?

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.