8 Filmes imperdíveis para todo praticante de esportes outdoor

Indiscutivelmente os grandes divulgadores dos esportes outdoor são os filmes que retratam o universo das montanhas. Não estou contando os filmes outdoor, e sim os artísticos e hollywoodianos, interpretado por atores profissionais e diretores experientes.

Filmes que servem de introdução ao universo outdoor ao leigo. Que atire a primeira pedra quem nunca se inspirou em histórias sobre a relação do personagem com o universo outdoor.

Embora nem sempre andando na linha da realidade e veracidade, alguns filmes retrataram o universo outdoor de maneira única e são considerados cult. Veja abaixo quais são os filmes que todo praticante de atividades de natureza deve assistir

Into The Wild

into_the_wild

into_the_wild_2

O filme de 2007 dirigido por Sean Penn é indiscutivelmente um dos maiores ícones outdoor do cinema e considerado por muitos como o que melhor incorporou o espírito do praticante de esportes de natureza. Um filme cult por excelência.

Baseado no livro homônimo e Jon Krakauer conta a história de Chris McCandless, que após saber de um segredo de família, sai pelos EUA usando o nome de Alexander Supertramp à procura de aventura até o destino desejado: O Alasca.

O filme já foi analisado pela Revista Blog de Escalada e pode ser lido aqui

Diários de Motocicleta

The_Motorcycle_Diaries

The_Motorcycle_Diaries_2

O filme dirigido pelo brasileiro Walter Sales é um convite a todos a viajar para descobrir a América Latina e as pessoas que a povoam. Um filme que inspira mochileiros e jovens a sair de casa e viajar para lugares fora do mainstream.

A produção de 2004 narra a história verídica de Ernesto Che Guevara quando saiu em uma road trip pela América Latina a qual mudou a maneira de ver o mundo e a sua percepção da realidade.

Scream of Stone

scream_of_stone

scream_of_stone_2

O filme de 1991 é dirigido por Werner Herzog, e teve enredo proposto pelo lendario Reinhold Messner, levanta questionamentos interessantes sobre a maneira que o homem e a montanha se relacionam.

Até hoje um filme que retrata muito bem os conflitos e filosofias do montanhismo e escalada.

Tendo como cenário uns dos lugares mais bonitos do mundo, a Patagônia, dois alpinistas de estilos antagônicos se digladiam em uma escalada que irá transformar a vida de ambos.

Sete Anos no Tibet

seven_years_on_tibet

seven_years_on_tibet10

O filme de 1997 do diretor Jean-Jacques Annaud é um dos mais interessantes filmes sobre a relação entre política e montanhismo no início do século 20.

Baseado no livro de Heinrich Harrer que durante uma expedição ao Himalaia acabou por ficar em situação delicada após o inicio da 2º guerra mundial e após acontecimentos presenciou a ocupação do Tibet pela China.

127 Horas

127_hours

127_hours_2

O filme dirigido por Danny Boyle é um dos mais angustiantes e realistas filmes sobre o universo outdoor realizados até hoje.

A produção de 2010 narra a história verídica do escalador Aron Ralston que após um acidente em um cânion teve de tomar uma decisão drástica para que sua vida fosse salva.

Les étoiles de midi

Les_etoiles_de_midi

Les_etoiles_de_midi_2

O filme de 1958 dirigido por Marcel Ichac, é considerado o primeiro filme de montanha da história e foi amplamente premiado, servindo até hoje de inspiração para a realização de produções.

A produção que está disponível para visualização gratuita na internet e possui nada menos que Lionel Terray, René Desmaison e Michel Vaucher, relatando várias aventuras, realmente vividas por eles durante a ascensão de uma montanha.

A Vida Secreta de Walter Mitty

vida_secreta_walter_mitty

walter_mitty_2

O filme de 2013 é dirigido e protagonizado por Ben Stiller e conta uma curiosa fábula que mostra como um “coxinha” pode ter a vida transformada após a vivência de experiências de atividades de natureza.

A produção narra a história de Walter Mitty, um funcionário de uma revista e que possui uma vida vazia e sem significado após um acontecimento no trabalho aventura-se fora do lugar-comum de seus pensamentos.

Após acontecimentos é forçado a sair da sua zona de conforto e viver o que somente havia feito em sonhos.

O crítica deste filme já foi realizada pela Revista Blog de Escalada e pode ser lida aqui

Touching the Void

touching_the_void_integra

touching-the-void

O filme de 2003 é dirigido por Kevin Macdonald e é uma curiosa mistura entre documentário e dramatização sobre a luta por sobrevivência vivida pelo alpinista inglês Joe Simpson.

A produção consegue mesclar a narração de cada personagem com interpretações dramáticas do acidente que Joe Simpson sofreu ao escalar no Peru.

Um filme que mostra a importância de conhecimentos de montanhismo e preparo físico são imprescindíveis para qualquer escalador.

A crítica deste filme já foi realizada pela Revista Blog de Escalada e pode ser lida aqui

Livre

O filme de 2014 (mas que estreou no Brasil somente no ano seguinte) é baseado no livro autobiográfico de Cheryl Strayed. A história mostra o quanto o impacto de um ente querido afeta a vida de uma pessoa, e foi exatamente o que aconteceu com a protagonista Cheryl.

Em uma espiral descendente que a levou a um estado de indigência e prostituição, a protagonista vivida por Reese Witherspoon resolve fazer a Pacific Crest Trail completa (mais de 4.300 km). No percurso há uma auto-descoberta, além de avaliação de escolhas pessoais até cheegar a fazer as pazes consigo mesma e com o mundo.

A atuação soberba de Reese Witherspoon lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz.

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

There are 7 comments

  1. Rubens de Camargo Vianna Filho

    Há um probleminha em alguns filmes para aventureiros em que o protagonista quer provar algo para si ou para alguém, partindo para uma “aventura” com pouco ou nenhum planejamento, por vezes complacente, com pouco ou muito equipamento desnecessário e inadequado , sem preparo físico e experiência, ignorando os riscos inerentes na tal aventura podendo causar ferimentos, traumas mais graves e por vezes sua morte. Talvez, estimule pessoas reais a aventurar-se de forma equivocada cometendo erros e expondo-se a riscos. Sabe-se de diversos casos de pessoas perdidas e mortas em trilhas.

  2. Israel

    Uma ressalva : o primeiro filme a ser considerado de montanha não foi “Les étoiles de midi” e sim a película alemã “Die weisse Hölle vom Piz Palü”(O Inferno Branco de Piz Palü) do ano de 1929 .
    Quanto a “127 Horas” , ainda prefiro o livro .

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.