Terremoto de magnitude 7.9 arrasa o Nepal e provoca forte avalanche no Monte Everest

Na madrugada deste sábado ( 11:26 horário local e 3:26 em Brasília) um terremoto de magnitude 7.8 atingiu o Nepal e norte da Índia provocando forte danos em edifícios e estruturas da cidade de Katmandu, a capital do país.

Até o momento o número de mortos chega a próximo de 1.500 de acordo com a CNN.

Após o choque principal ocorreram mais 15 pequenos tremores de magnitude 4.5.

O epicentro do principal terremoto foi a 80 km da capital Katmandu.

O Vale do Katmandu é densamente povoado, com aproximadamente 2.5 milhões de habitantes com a maioria vivendo em condições de pobreza.

Ilustração : http://www.redflagnews.com/

Ilustração : http://www.redflagnews.com/

O governo do Nepal ainda não divulgou nenhuma nota se esta tragédia irá afetar a temporada de montanhismo turístico ao Everest.

O terremoto afetou maioria das comunicações além de abrir crateras nas ruas e calçadas além de nuvem de poeira pela cidade.

O ano de 2015 possuía a expectativa de ser o retorno do país à calma e paz da exploração do turismo de montanha, que é 60% do PIB do país.

Monte Everest

O forte terremoto desencadeou uma avalanche no Monte Everest e segundo o órgão de turismo nepalense ao menos dez pessoas foram mortas pela avalanche, uma está desaparecida.

Não há notícias de brasileiros atingidos pela forte avalanche, alguns já entraram em contato com a família para informar que estão a salvo, e no acampamento base.

Segundo oficial de turismo nepalense o número de vítimas pode subir e incluir estrangeiros, isso porque havia muitas pessoas na montanha na hora da avalanche.

O campo base foi atingido, e devastado pela avalanche como informa Sky News em seu twitter (com foto)

O terremoto foi sentido na face norte do Monte Everest. Segundo o montanhista romeno Alex Gavan, muitos estavam escalando :

 

Sergundo a alpinsta mexicana Karla Wheelock, acessar os campos base neste momento “está impossível”.

No ano de 2014 dezesseis guias morreram em uma avalanche no Everest que fez as autoridades, em uma decisão sem precedentes, cancelar a temporada de montanhismo.

Com a tragédia da avalanche este ano, que já possui mais mortos que no ano passado, a via da cacheira de gelo que é a mais utilizada por turistas que desejam chegar ao topo da montanha foi destruída como relata o inglês Daniel Mazur.

Magnitudes de Terremotos

Descrição Magnitude Efeitos Frequência
Micro < 2,0 Micro tremor de terra, não se sente. ~8000 por dia
Muito pequeno 2,0-2,9 Geralmente não se sente mas é detectado/registrado. ~1000 por dia
Pequeno 3,0-3,9 Frequentemente sentido, mas raramente causa danos. ~49000 por ano
Ligeiro 4,0-4,9 Tremor notório de objetos no interior de habitações, ruídos de choque entre objetos. Danos importantes pouco comuns. ~6200 por ano
Moderado 5,0-5,9 Pode causar danos maiores em edifícios mal concebidos em zonas restritas. Provoca danos ligeiros nos edifícios bem construídos. 800 por ano
Forte 6,0-6,9 Pode ser destruidor em zonas num raio de até 180 quilômetros em áreas habitadas. 120 por ano
Grande 7,0-7,9 Pode provocar danos graves em zonas mais vastas. 18 por ano
Importante 8,0-8,9 Pode causar danos sérios em zonas num raio de centenas de quilômetros. 1 por ano
Excepcional 9,0-9,9 Devasta zonas num raio de milhares de quilômetros. 1 a cada 20 anos
Extremo >10,0 Desconhecido Extremamente raro (desconhecido)
Foto : http://www.cnn.com

Foto : http://www.cnn.com

Foto : http://www.cnn.com

Foto : http://www.cnn.com

Sobre o Autor

Natalia De Marco

Natalia De Marco

Argentina de nascimento e brasileira de coração, é apaixonada pela Patagônia e Serra da Mantiqueira.
Entusiasta de escalada, trekking e camping.
Tem como formação e profissão designer de produto e desenvolve produtos para esportes de natureza.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.