Conheça quais são os modelos de sapatilhas de escalada veganas

Inegavelmente o veganismo entrou em moda nos último dois anos, especialmente para praticantes de atividades outdoor. O tema já foi abordado em um artigo sobre o assunto, o qual mostrou as diferenças entre vegetariano e vegano.

Caso você não concorde com a filosofia, muito provavelmente este artigo não é para você. Entretanto, caso seja vegano (ou mesmo esteja analisando a possibilidade de tornar-se um), este artigo é para ajudar a você encontrar um equipamento outdoor que esteja dentro de sua filosofia.

Saber escolher uma sapatilha de escalada exige um conhecimento muito maior que somente se é vegano ou não.

Por isso, antes de sair por aí utilizando um modelo vegano, leia o artigo exclusivo sobre como escolher uma sapatilha de escalada. Este artigo é o mais completo existente na língua portuguesa e foi escrito para ajudar a qualquer pessoa, vegana ou não, a saber corretamente o que levar em consideração no momento de escolher o modelo ideal. Abaixo está apenas uma lista dos modelos vegan para quem quer escalar e seguir a filosofia vegana.

Sapatilhas de escaladas veganas?

A primeira pergunta que uma pessoa deve fazer é de que: “existe diferença em um calçado vegano de um convencional”? Sim, pois o veganismo é uma filosofia de vida que leva em consideração não somente a alimentação, mas também o estilo e vida da pessoa. Portanto, qualquer produto que tenha algum material de origem animal um vegano o boicota (ou pelo menos deveria).

Inegavelmente este tipo de filosofia causa muita discussão, pois há acusações dentro da própria comunidade de veganos se este tipo de prática é possível. Os grandes contestadores disso são as pessoas que se proclamam veganos, mas continuam a utilizar carteiras de couro, blusas de seda, cremes à base de leite ou mel, jaquetas de penas de ganso, meias de lã de merino, etc. Se é possível ou não, não cabe aqui contestar.

O fato é que existem equipamentos esportivos para os praticantes de veganismo. Para quem procura tênis, por exemplo, a marca mais venerada por praticantes de veganismo é a Merrel. Entretanto esta marca não é vendida no Brasil e, até a finalização deste artigo, não havia nenhum importador interessado em distribuir a marca em terras brasileiras. A marca foi criada em 1981 e é especializada em calçados para trekking e comercializam calçados veganos como símbolo de minimalismo e especialização da marca.

As sapatilhas de escalada possuem os seguintes elementos de origem animal:

  • Corpo: Muitos modelos de sapatilhas são feitos de couro ou derivados de couro (como camurça ou pelica)
  • Entressola: Alguns modelos de sapatilhas de escalada possuem entressola de couro
  • Pinturas: Apesar de ser muito raro, alguns ornamentos e logotipos contêm ingredientes baseados em produtos orgânicos. Por conta deste detalhe e a parte mais difícil de terminar se um produto é 100 vegano ou não.

Modelos

Conhecidos no mercado internacional como calçado veggie, marcas como La Sportiva oferecem calçados com selo de qualidade de “livre maltrato a animais”. Entretanto o único modelo da marca que não utiliza material oriundo de animais é o oxygym.

Mas outras marcas como Evolv, Mad Rock e Five Ten também comercializam modelos de suas sapatilhas de escalada com opções para veganos. Especialmente a última possui uma vasta linha, com quantidade de modelos que superam os concorrentes. Isso porque a empresa desenvolveu uma espécie de couro sintético.

  • Five Ten: Team VXi, Siren, Dragon, Team 5.10, Arrowhead, Blackwing, Anasazi e Stonelands
  • Evolv: Defy, Elektra e Rasta Shaman
  • Mad Rock: Redline, Shark 2.0, Lotus, Lyra, M5 e Pulse Positive
  • Tenaya: Tarifa, Oasi, Tatanka, Inti, Ra e Masai

Recentemente a marca espanhola Tenaya Sport, fundada em 1997 por Jose Luis García, disponibilizou um modelo vegano Tenaya Oasi, modelo que está sendo considerado a “melhor sapatilha de escalada do mundo” por publicações americanas.

Argentina de nascimento e brasileira de coração, é apaixonada pela Patagônia e Serra da Mantiqueira.
Entusiasta de escalada, trekking e camping.
Tem como formação e profissão designer de produto e desenvolve produtos para esportes de natureza.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.