[EXCLUSIVO] Entrevista Ciranda Filmes, produtora do programa “Montanhistas” do canal Off

Hoje pode ser considerado um marco na história do montanhismo e escalada do Brasil.

O Blog de Escalada procurou os produtores que gentilmente concederam uma entrevista exclusiva para falar sobre o programa.

A entrevista foi respondida pelo Bernardo Rubim, acompanhe abaixo a entrevista:

 

1 – Como é fazer filmes outdoor hoje no Brasil?

 Tenho produzido e publicado alguns vídeos sobre algumas escaladas que tenho feito com meus amigos nos últimos 3 anos (nada profissional, uma pegada mais intimista e descompromissada) .

Desse tempo para cá pude perceber o quanto é difícil produzir algo de qualidade quando se trata de esportes outdoor.

Hoje no Brasil está acontecendo uma maior movimentação no que diz respeito a produção de filmes de montanha, mais pessoas estão motivadas a mostrar a escalada de um ponto de vista profissional e estão se qualificando para aumentar a qualidade dessas produções. 

A maior motivação acredito que seja as oportunidades de espaço para a divulgação desse tipo de trabalho, como mostras de filmes de montanha e agora com o crescimento e popularização dos esportes praticados na montanha as emissoras de televisão estão passando a dar credibilidade a esse segmento.

 

2 – Como foi realizada cada etapa do se video montanhistas?

O programa “Montanhistas”, que faz parte da grade de programação do Canal Off, começou a ser realizado com a união de uma equipe especializada formada por escaladores film-makers e a estrutura de uma grande produtora que é a Ciranda Filmes em parceria com o Canal Off.

Depois dessa união, as etapas seguintes foram sendo realizadas de acordo com as experiências dos escaladores envolvidos no projeto e a logística traçada pela produção do programa.

Assim foram traçados os destinos e as escaladas a serem documentadas de acordo com a evolução da equipe durante o projeto.

 

3 – Há planos ou convites para mais progamas com a mesma temática?

A princípio a equipe continuará na produção de mais temporadas do programa, mas dessa vez os destinos serão outros. 

Tudo indica que as próximas temporadas serão ainda mais ousadas e em maiores escalas.

 

4 – Algum episódio irá partcipar do próximo festival de filmes de montanha do Rio de janeiro?

Como se trata de um programa de televisão, o “Montanhistas” tem um formato diferente dos filmes produzidos para as mostras de filmes de montanha, como os selecionados para o festival que acontece todo ano no Rio de Janeiro.

O programa “Montanhistas” estará disponível no Canal Off com exibições inéditas as quartas feira as 21h e reprises ao longo da semana durante a programação do canal.

 

5 – Para quem deseja trabalhar fazendo filmes no estilo de Montanhistas você teria algum conselho?

As pessoas podem achar que é tarefa fácil filmar escaladas nessa qualidade, mas não é como parece, além de todo o trabalho de produção não podemos esquecer que é uma atividade que envolve risco de morte e qualquer vacilo pode resultar em desastre.

O fundamental é ter bem claro o que deseja de resultado final e para alcançar esse resultado uma equipe bem selecionada e disposta é essencial.

Outra coisa importante é ter a direção de alguém que entende do negócio, porque não só imagens bonitas que fazem bons filmes.

Ter referências de outras produções e buscar o diferencial é outra coisa que faz a diferença. 

 

6 – Para  público que deseja assistir seu filme, ele deve somente se informar no Canal Off?

O programa “Montanhistas” é de exclusividade do Canal Off com estreia nessa quarta feira, 18 de julho, as 21h.

Não percam!!!

Lista da sintonia do Canal Off:

527-NET HD

44-GVT

538-VIA EMBRATEL

234-SKY HD

803-ELEFONICA HD

343-TVA HD

 

Para saber mais sobre a produtora Ciranda filmes acesse: https://www.facebook.com/pages/Ciranda-Filmes/256777531014091

ou http://www.cirandafilmes.com.br/

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.