Conheça os 17 locais de escalada em rocha com a vista mais espetacular do mundo

Toda pessoa possui um lugar preferido no mundo, e este sempre irá ter um lugar especial no coração.

Definir quais são os lugares de escalada em rocha com a vista mais espetacular é algo que é difícil de definir.

Abaixo estão descrito os lugares e os motivos que fazem destes lugares serem considerados dos mais espetaculares existentes no planeta.

Como os locais são distantes uns dos outros, e a hospedagem, especialmente para locais da Europa, pode ser o ponto chave para o escalador mais entusiasmado em conhecer os 17 lugares.

Uma boa opção é utilizar o site Trivago que faz busca em sites do segmento de hospedagem e lista as melhores opções.

Meteora – Grécia

O nome desta região significa “Rocha suspensa” e contém o segundo mais importante monastério para a religião Ortodoxa do leste de Kalambaka atrás do Monte Athos.

Localizada entre o Rio Peneios e as montanhas Pindus, estes monastérios possuem uma série espetacular de pilares de arenito à suas costas.

A UNESCO protege a área do conjunto dos seis monastérios como patrimônio da humanidade.

meteora-grecia

Foto : Verian Mancina

meteora-grecia-2

Foto : http://apagatutele.com/

Dead Horse Point – EUA

Seguramente as imagens de Dead Horse Point lembram de imediato o filme “Missão Impossível”, no qual aparece Tom Cruise escalando, ou de outro filme

“Thelma e Louise”. Situado próximo ao Rio Colorado no Parque Nacional Canyonlands esta montanha tem grande importância topográfica.

O rápido descenso do leito do rio deixa uma estreita faixa de terra na qual se pode observar árvores mesmo com a excessiva aridez do lugar que faz com que qualquer  turista tenha de ir preparado com comida e água.

dead-horse-2

Foto : http://wikipedia.org

dead-horse

Foto : http://www.wallconvert.com/

 Spider Rock – EUA

Este incrível monolito de arenito vermelho chega a 244 metros de altura e se encontra no Cãnion do arizona dentro do parque nacional Chelley.

Estima-se que se formou a 230 milhões de anos com a solidificação de camadas de areia depositadas com o vento.

Seu nove deriva da lenda dos índios Navajos “A Mulher Aranha” que fez dela a sua casa. Estes mesmo índios dão o status de “Salvadora” e a adoram como uma divindade.

spider-rock-2

Foto : http://www.lovethesepics.com/.

spider-rock

Foto : http://www.ofdesign.net/

 Shiprock – EUA

Formada a partir de uma erupção vulcânica a quase 30 milhões de anos, hoje é uma inigualável exposição basáltica do que foi a chaminé central do vulcão.

Os escaladores realizam a ascenção ao cume através de ascenção a outros picos menores. Alguns destes maravilhosos exemplos de magma solidificado

em colunas são referidos pelos habitantes locais como o sagrado “Tse Bitai”(Rocha com asas).

Inclusive se não pretende escalar, pode ser vista a parte central de Shiprock desde muitos quilômetros de distância já que tem um diâmetro de 500 metros e uma altitude de 600 m.

A área do vulcão já extinto alcança quase 20.000 km quadrados, englobando regiões do Arizona, Utah e Colorado.

Shiprock

Foto : http://www.trekearth.com/

Shiprock_2

Foto : Greg Hughes | http://www.greghughes.net

 Agulha do Diabo – Brasil

A Agulha do Diabo é esta impressionante rocha de 2050 m de altitude e está localizada no Parque Nacional Serra dos Órgãos.

Não é fácil nem para quem é mais experiente em escalada chegar ao seu cume, já que os obstáculos naturais desde a trilha ao acampamento, passando pela distância e o tempo gasto são únicos.

Como presente a quem vai são as vistas impressionantes uma vez alcançada desde o cume.

O particular desta rocha é que está composta por blocos e torres que se estendem por dois mil metros íntegros.

A primeira ascensão foi feita em 1940.

agulha-diabo-

Foto: http://www.hiperativos.com.br/

agulha-diabo2

Foto: http://images.summitpost.org/

Las Torres de Vajolet – Itália

O melhor a se fazer é não julgar o lugar por suas fotografias. Ao ver por si mesmo irá dissipar todas as dúvidas sobre sua beleza.

A via mais conveniente a subir esta rocha é a “Delago Arête”.

Apesar de medidas de proteção que se possa tomar, a pendente de “la Delagokante” seguramente irá saciar a sede dos melhores escaladores.

Las-Torres-de-Vajolet

Foto : Tomás Suárez | https://www.flickr.com/photos/jtsoft/

Las-Torres-de-Vajolet-2

Fotos : Moena | http://www.viewphotos.org

Prekestolen – Noruega.

O nome destas montanhas de 604 metros de altura varia entre Prekestolen e Preikestolen cuja tradução literal seria o “púlpito do orador” ou “a rocha púlpito”.

Com um cume estranhamente plano de 25×25 metros (que explica a natureza do nome). Tem sido um dos encantos naturais da Noruega e atrai 95000 visitantes por ano.

A associação de rotas de montanhas da noruega oferece visitas guiadas ao lugar que levam de 2 a 3 horas para ser completada até o cume.

Preikestolen-2

Foto : Arjan Veen | http://www.lovethesepics.com/

Prekestolen

Foto : http://www.visitnorway.com/

Monte Thor – Canadá.

Situado no Parque Nacional Auyuittuqm a face Oeste do Pico Thor se levanta 1675m acima do nível do mar e se orgulha de ser o cume vertical mais alto do mundo.

Sua localização remota e seu ângulo vertical de 105° fazem dela um dos cumes favoritos de todos escaladores. Seu granito forma parte das montanhas Baffin, cuja primeira feita pelo Instituto do ártico Norte americano em 1953.

O descenso em rapel até a data de realização se realizou nesta rocha em 2006 por um grupo de jovens americanos.

mount_thor

Foto : http://www.attractionscanada.com/

Mount-Thor-3

Foto : Cory Trépanier | http://www.intothearctic.com/

Monte Roraima – Brasil / Guiana / Venezuela

Formando fronteira entre Venezuela, Brasil e Guiana esta montanha fica a 2.810 metros de altura.

Situada no Parque Nacional de Canaima na Venezuela é uma das formações geológicas mais antigas da área.

Sir Everard im Thurn foi o primeiro a contorna-la em 1884.

Supõe-se que foi inspiração para o famoso livro de Sir Arhut Conan Doyle “O mundo pedido” e segue sendo especial para os indios Pemones que são habitantes da área.

Monte_Roraima_2

Foto : André Dib

Monte_Roraima_3

Foto : http://www.braziladventuretours.com/

Monte_Roraima

Foto : http://www.sonobrasil.com/

Pico Bugaboo – Canadá.

Localizado entre o Glaciar Vowell e o Glaciar Crescent, este cume alpino é um dos mais famosos do Canadá no que se refere a escalada.

Seu nome foi ponto de referência para os mineiros, dando significado ao Riacho Bugaboo e à passagem Bugaboo usados desde antigamente.

A palavra Bugaboo significa “objeto de obsessão”, suado como medo exagerado ou ansiedade, em referência a como se sentiram os exploradores de Conrad Kain que o contornaram em 1916 quando Canadá estava na agonia da 1ª Guerra Mundial.

Esta escalada é considerada como uma das ascensões mais duras tecnicamente.

Bugaboo2

Foto : http://www.canadianmountainholidays.com

Bugaboo

Foto : Robert Genn | http://mcbrinepainting.blogspot.com

 Las Torres – Chile

O Parque Nacional Torres del Paine no Chile é cheio de maravilhas naturais como montanhas, geleiras, rios e lagos que o torna um local de interesse turístico.

Localizada a 112 km ao norte de Puerto Natales e 312 km ao norte de Punta Arenas, este parque é também o lar do maciço Paine, que tem uma elevação contrastando com as planícies da estepe patagônica.

Enquanto os turistas que preferem explorar o vizinho Parque Nacional Los Glaciares e Parque Nacional Bernardo O’Higgins, um escalador dificilmente pode ignorar a chamada deste ramal oriental dos Andes.

Os escaladores em rocha certamente apreciarão a vista dos vales ​​que separam as várias torres de granito e as montanhas do maciço.

torres_del_Paine3

Foto : http://www.torresdelpaine.com/

torres_del_Paine

Foto : http://wikipedia.org/

 Saint Matterhorn – Suíça

Este é um dos picos mais altos dos Alpes Suíços e está alto a 4.478 m.

O escalador britânico Edward Whymper e sua equipe foram os primeiros a subir em julho de 1865.

No entanto, o caminho era tão perigoso que a equipe perdeu três dos seus membros na descida.

materthorn2

Foto : http://www.shutterstock.com/

materthorn

Foto : http://www.taringa.net

Cerro Torre – Argentina

Este maciço de granito mede de pé alto 3.128 m e pode parecer intransponível no primeiro olhar.

Por estar exposto a condições meteorológicas difíceis, esta muralha notavelmente íngreme é um desafio até mesmo para o melhor dos escaladores.

O icônico escalador italiano Cesare Maestri e seu companheiro Toni Egger escalaram no dia 31 de janeiro de 1959, levando quatro dias para fazê-lo.

Posteriormente, foram abertas outras vias de escalada por Garibotti, Salvaterra, e Beltrami.

cerro_torre2

Foto : Pierre Charpentier |http://www.trekearth.com

cerro_torre

Foto : http://www.reddit.com/

Trango Towers – Paquistão

Também conhecida pelo nome de “Torres sem nome” está localizada na geleira Baltoro no Baltistão, norte do Paquistão.

A ambigüidade sobre seu nome ainda mistifica esta torre de  6.239 m de granito pontudo encontrado na cordilheira do Karakoram, Baltoro Muztagh.

O seu tamanho é de até 1.000 m tem fascinado escaladores ao longo dos anos.

O primeiro escalador a conseguir chegar ao topo foi o britânico Joe Brown, acompanhado por Martin Boysen, Mo Anthoine e Malcolm Howells.

Hoje há oito vias de escaladas distintas até o seu pico, entre as quais a “Eternal Flame” continua a ser a favorito para aqueles que se atrevem a ir pelo caminho Dan Osman.

Trango-Towers2

Foto : Ace Kvale | http://www.alpinist.com

Trango-Towers

Foto : http://www.saltorosummits.com

Pancas ES – Brasil

Ainda pouco conhecida pelo grande público praticante de esaladas em rocha, a região de Pancas, no estado do Espírito Santo é considerada a Yosemite brasileira.

Dentre os escaladores que frequentam o lugar as escaladas na Pedra da Cara, com a via Face Oculta prorciona um visual exuberante e indescritível.

pancas

Fotos : http://wikipedia.org/

pancas-2

Foto : Vinícius Antonio de Oliveira | http://www.panoramio.com/

Pico Maior RJ – Brasil

Considerado o berço dos escaladores de psicológico inabalável, a região do Parque Estadual dos Três Picos abriga estes grandes monolitos.

A escalada mais tradicional é a “Leste” no Pico Maior, e segundo os escaladores muda todos os conceitos de escalada após realiza-la.

tresPicos2

Foto : Waldyr Neto |http://waldyrneto.blogspot.com

tresPicos

Foto: Drica Emmerich | http://dricaemmerich.blogspot.com.br/

El Capitán – EUA

Situado no lado norte do Parque Nacional de Yosemite  monolito de granito com 900 m tem alucinado os escaladores em rocha do mundo.

Sua altitude não é tão desafiadora quanto é a sua ascensão vertical.

Foi nomeada assim durante a sua exploração 1851 e significa “o capitão” ou “o chefe” em espanhol.

Existe uma trilha ao lado das Yosemite Falls que conduz ao cume deste penhasco, mas a verdadeira dificuldade está em cruzar o rosto de granito sólido.

El_Capitan-2

Foto : http://www.digital-images.net

El_Capitan

Foto : http://traveljapanblog.com/

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

There are 3 comments

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.