Como escolher Botas de caminhada

Para uma atividade na natureza é necessário estar preparado para evitar contratempos.

O erro mais comum em ambientes de esportes de natureza são calçados não recomendados para a atividade.

A escolha de um calçado deve ser planejada, assim como toda a “aventura”.

Arriscar-se a ir realizar trilhas com tênis de corrida de rua ou de esportes de quadra , e até mesmo os estilosos “all star”, demonstra falta de experiência.

046_These_boots_were_made_for_swimming[1]Caso tenha um calçado com salto alto e desejar estrear fazendo atividades de natureza, você necessita rever seus conceitos urgentemente.

Antes de entender cada particularidade de uma bota de caminhada, é importante saber que existem calçados ditos “esportivos” para a cidade e existe para as atividades de esportes de natureza.

Os critérios de escolha da bota de caminhada deve ser condicionada , como todos os equipamentos outdoor, ao local e frequência de uso.

Existem botas de caminhada para diversas situações, e cabe ao usuário analisar com cuidado.

Tipos de Pé

pisadas[1]Procure saber qual o tipo de pé que você possui.

Algumas lojas mais equipadas possuem aparelhos que analisam a sua pisada, e o tipo de pé que cada cliente.

Para cada tipo de pé existe um modelo específico de bota.

Basicamente existem 3 tipos de pé : plano (conhecido também como chato), neutro (também conhecido como comum) e cavo.

  • Pé plano

Os portadores de pé plano se cansam com mais facilidade e devem procurar um calçado com maior controle de passada.

Em geral cada fabricante especifica se seu produto possui ou não tal característica.

  • Pé Neutro

Os portador de pé neutro possuem mais tendência à “virar o pé” (torcer o tornozelo), e por isso devem procurar botas com maior controle de estabilidade.

  • Pé cavo

Os portadores de pé cavo possuem em geral os pés mais inclinados para a parte de fora, e por isso devem procurar maior amortecimento para suavizar o impacto de cada passada.

Tamanho

hiking-woman-with-trekking-boots-on-the-trail-thumb25270261[1]

Toda bota de caminhada deve ser usada com uma meia apropriada para caminhadas longas.

Nunca, sob qualquer hipótese, use botas de caminhada com meias sociais.

Meias de caminhada possui uma alta espessura, o recomendável portanto é que se adquira botas com uma numeração maior do que a seu pé possui.

Um exemplo : se você usa usualmente numeração 40, a bota de numeração a ser comprada é 41.

Não é incomum o uso de duas meias, ou meia com tornozeleira.

Ao experimentar procure sempre fazer movimentos de subida e descida em uma rampa.

Neste tipo de teste você conseguirá saber o grau de conforto do produto.

A grande vantagem de se usar uma bota é que a proteção ao tornozelo é grande.

Portanto toda e qualquer bota de caminhada DEVE possuir reforço rígido no tornozelo.

Solado

229617_24578_XL[1]

O solado de uma bota de caminhada é um assunto delicado e que levanta muita polêmica.

Uma sola de bota de caminhada deve ser grossa, isso não resta dúvida.

Se a bota possuir uma espessura pequena provavelmente pode significar que é um produto de baixa qualidade .meindl-boot-sole[1]

O tipo de borracha de sua sola também deve ser sempre avaliado.

Botas que possuem solado da marca “vibram” possuem boa reputação no mercado, e é usado largamente em produtos de qualidade.

Existem , entretanto, outros tipos de borracha e é importante pesquisar antes (e não apenas confiar em vendedores) para verificar cada tipo de avaliação que aquele marca de solado teve.

Importante também é não confiar em guia de equipamentos publicados em revistas, estes servem apenas de referência.

Materiais

Neste ponto está o principal segredo de uma bota de caminhada de qualidade.

Basicamente existem três tipos de revestimentos : couro, sintético, misto.

  • Revestimento de couro

Deve ser evitado o seu uso por todo e qualquer praticante que se intitule vegetariano.

O couro bovino possui excelente resistência à abrasão.

Possui boa respirabilidade, e em certas circunstâncias bom rendimento de impermeabilidade.

difference-hiking-shoes-hiking-boots[1]

Tem como ponto negativo o seu peso.

Uma bota de 100% couro seguramente terá peso maior do que um produto em couro sintético ou misto.

Para climas mais frios, a bota de couro possui melhor performance no aquecimento dos pés.

  • Revestimento sintético

Tem como principal vantagem ser bastante leve e possuem boa respirabilidade. 282872_ts[1]

Como desvantagem possui baixa resistente à abrasão, desgastando com facilidade.

Por isso possuem vida útil menor do que as de couro.

Necessitam de aplicação de película impermeabilizante.

Em clima frio, acaba por ter um rendimento inferior às botas de couro.

Revestimento Misto

Como o próprio nome já diz, o revestimento possui tanto material sintético, como couro.

Por possuir couro, também deve ser evitado por quem se intitula vegan ou vegetariano.

Proteção aos tornozelos

18611355_135962_full[1]

Um dos principais motivos de se escolher uma bota para caminhar, é a proteção aos tornozelos.

Toda e qualquer bota deve ter reforço rígido nos tornozelos, para a proteção contra torção.

Uma bota que não possui proteção rígida interna para prevenção de torção deve ser descartada de imediato.

Respirabilidade e Impermeabilidade

Uma boa bota de caminhada deve possuir boa respirabilidade. goreTexLrg[1]

Botas que possuem respirabilidade ruim, transformará o pé de seu usuário em um ensopado, criando bolhas tão grandes quanto o arrependimento da escolha.

Para garantir este tipo de propriedade são aplicadas diversos tipos de películas protetoras, provenientes de tratamentos químicos.

O pioneiro neste tipo de produto é a GoreTex, um produto que após aplicado confere impermeabilidade e respirabilidade ao tecido.

Pela qualidade apresentada, criou-se uma reputação quase inabalável desta marca.

Por isso um produto semelhante com ou sem a aplicação de Gore-Tex possui uma discrepância de preço alta .

Existem outros equivalentes no mercado, porém ainda não possuem a qualidade do GoreTex.

Já estão disponíveis no mercado botas com tratamento de íons, que confere ainda respirabilidade e impermeabilidade alta.

Tipos de botas

  • Botas Militares

coturno-tatico-militaroperacoes-especiais-force-militar_MLB-O-2595984530_042012[1]Popularmente conhecida como coturnos, são totalmente revestida em couro, alguns modelos cordura (tecido resistente à abrasão) e não tem como item primordial o design.

Ao contrário do que é largamente divulgado por leigos, este tipo de calçado não é indicado para o uso de atividades outdoor.

Com peso muito acima do indicado, pouca respirabilidade entre outros aspectos pode fazer com que o uso deste tipo de equipamento crie bolhas nos pés.

É indicada para estar na moda heavy-metal ou punk, mas não para atividades de esporte de natureza.

O motivo é bastante simples : elas foram projetadas para os soldados, não para os civis.

Apesar de muito estilosos os coturno servem apenas como adorno e não como equipamento outdoor.

  • Botas simples

As botas simples de caminhada constituem na maior quantidade de produtos disponíveis no mercado.5027-451_BAR09_view1_1000x1000[1]

Por ter um número grande de fabricantes no mercado, é necessário realizar uma pesquisa pela confiabilidade da marca, e a credibilidade de cada material do produto.

O uso deste tipo de botas é indicado para caminhadas longas ou curtas, e com altitude uso não ultrapasse 4.000 m

Botas Duplas

São botas rígidas e de robustez altíssima utilizada por praticantes de alta montanha. Por possuírem propriedades projetadas para situações extremas, não são baratas.

l_201860_f05_000[1]É imprescindível que uma bota dupla seja impermeável e que isole todo o frio.

Estima-se que é necessária uma bota dupla a partir de 4.500 metros acima do nível do mar.

Caso o usuário tenha uma resistência maior ao frio, este valor pode ser em torno de 5.000m acima do nível do mar.

Para altitudes acima de 6.000 m acima do nível do mar é recomendável o uso de polainas com isolamento térmico

Como escolher uma bota de caminhada?

Para escolher uma bota de caminhada procure saber qual será o uso que irá destinar sua aquisição.

Se você é um usuário ocasional, e até mesmo sazonal, não há necessidade de botas com revestimento gore-tex por exemplo.

Porém para todo e qualquer bota de caminhada a ser escolhida, procure sempre um solado de qualidade.

Uma outra boa prática a se ter é não se impressionar demais com a beleza estética do produto.

Muitas vezes as marcas “mascaram” produtos inferiores com um design visual agressivo e “cool” para que ele seja vendido.

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There are 8 comments

  1. Eduardo

    Luciano! Possuo uma bota destinada a pescaria da marca Cardume. Já fiz várias caminhada com ela e apresentou boa resistência, boa respiração, solado aderente e costurado e conforto. Porém quando chego no final das caminhadas a pontas dos dedos ficam doloridas. O tamanho da bota é um número a mais que meu pé e costumo usar 2 meias. Queria saber se é normal em todas as botas isso acontecer ou devo usar algum acessório q mais pois não culpo a bota.?

    1. Luciano Fernandes

      Oi Eduardo

      As pontas dos dedos de seus pé ficarem doendo é característica de que seu pé está “dançando” demasiadamente dentro da sua bota. Ou seja, muito provavelmente a sua bota está dois números acima n;ao somente um. Esta dor é decorrente do choque que os dedos fazem com a ponteira. Uma outra hipótese é que a ponteira da sua bota é feita de um material muito duro, e estes pequenos choques fazem você sentir dor no final do dia.

      Caso seja somente uma dor, é relativamente normal. Mas se os materiais da bota forem inadequados com o tempo você irá começar a formar calos.

      Abs

  2. Manoel Messias

    Amigo, ótimo post.parabéns!
    Estou começando na atividade de ecoturismo. Trilhas, pequenas escaladas e algumas peregrinações. Tenho um coturno militar e já andei algumas distâncias com ele, mas realmente não é nuito bom. O que me deixa entrigado, é que os oficiais do exército fazem longas caminhadas com esses calcados e dizem que é o calçado ideal para peregrinações. O que você acha?

  3. Paulo (BH-MG)

    Luciano, já estou com meus 56 anos e procuro informações para calçados que me deem segurança para caminhadas e dia-a-dia, por ter lesões no joelho. Portanto, para continuar a fazer o que mais gosto, minhas caminhas tanto na cidade como em trilhas, o calçado tem que ser de excelente qualidade.
    Hoje uso timberland com palmilha sob medida, que me atende, mas procuro algo mais leve para os dias quentes na cidade. O couro castiga um pouco.
    Esta matéria foi de grande importância e me deu uma direção para mais pesquisas.
    As observações do leitor anônimo, foram muito boas também.
    Comungo com ele nas observações sobre a descontração no texto. Esse mundo está ficando chato pra caramba… o politicamente correto é um saco meu irmão!
    Mais senso de humor! alegria, alegria!
    Caminhe e curta seu passeio, canse seu corpo e descanse sua mente, vai ver que vai faltar tempo pra ser cricri e mau humorado!

  4. Anonimo

    o lance de ler algo na internet é que a maioria das pessoas tem preguiça ou não sabem pesquisar direito, além do mais não conseguem entender um texto tão simples, direto e fácil. o cara aqui tá somente dando uma geral a respeito, se ele fosse falar de marcas e modelos isso seria algo mto particular da preferencia dele por exemplo gostar de asolo e não de salomon além do mais ele estaria fazendo propaganda de uma marca em detrimento da outra deixando sua neutralidade no em assunto em questão sob caráter duvidoso.
    sugiro tb que na hora de ler determinado assunto, o leitor entenda certas frases, pois talvez foram escritas com um tom de ironia ou pra deixar o assunto um pouco mais descontraído tendo em vista que quem escreve não está dando uma palestra ou é um amigo que está te falando pessoalmente a respeito do material como no caso começou a falar do couro e o vegetariano do comentário aí não gostou, ou seja, ele não tá te falando cara a cara o que é dificil na comunicação escrita e diferente na falada.
    para fazer pesquisas a respeito dos calçados é só ver ali na imagem, aparecem varias marcas: ASOLO, SALOMON, SCARPA, HI-TEC etc, se tiver um nome seleciona este nome pra ficar azul e com o botão direito do mouse faça uma busca no google, mas já adianto logo q se quiser comprar uma top dessas aqui vai gastar uma boa grana e nem sei se vai achar. no link http://www.mec.ca/shop/mens-boots/50089+50835/ vc pode ter ideia de coisas maravilhosas feitas em países desenvolvidos. no Brasil tem nômade vento e snake mto boas. o resto é lixo tipo braddock (apelação), não aconselho um EPI que um cara aí na web recomenda pq não é boa pra mato, pra cidade sim aguenta! airstep é outro lixo. e sugiro não ir mto na onda de videozinhos postados no youtube pq se não tiver um bom senso e procurar ler um bocado, vai acabar comprando gato por lebre.
    pode-se tentar usar as botas táticas pq tem impermeáveis de cano médio e longo de 8″ lembrando que 8″ limita um pouco o movimento, vai ter que surrar mto o boot, e botas táticas costumam ser pretas, outras cores tipo marrom ou verde é mais dificil

  5. André Cavas

    Muito boa a matéria. Sigo agradecido pelas informações!
    Por ser um texto público, deixo uma pequena crítica ao texto, no meu ponto de vista.
    Não gostei de ler estes trechos abaixo. Meu ponto é simples, existem muitos motivos diferentes para se parar de comer carnes. Porém não achei justificável os complementos abaixo.

    “Deve ser evitado o seu uso por todo e qualquer praticante que se intitule vegetariano.”
    “possuir couro, também deve ser evitado por quem se intitula vegan ou vegetariano.”

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.