Entrevista com Vinicius Araujo

canal_off[1]Acompanhar filmes outdoor é uma tarefa que todo entusiasta gosta de fazer. Vasculhar na internet e compartilhar com os amigos por meio de redes sociais é algo comum nos dias de hoje.

Porém para o público leigo, e até mesmo aqueles que tem interesse em encontrar uma atividade de natureza para fazer como fazer?

A principal vitrine de esportes de natureza hoje no Brasil é sem dúvida o Canal Off.

Su importância é ainda maior se considerarmos que em até 6 anos as revistas impressas de tema outdoor deixarão de existir por terem ficado paradas no tempo.

Ficar parado não é o caso do Canal Off.

O canal a cabo vem se popularizando com todo o tipo de público e pode ser considerado um marco em todos os esportes de natureza, que sempre reclamaram da ausência de espaço na televisão.img_5788-salinas[1]

O Blog de Escalada procurou o Vinicius Araujo, e gentilmente foi respondido para que concedessem uma entrevista exclusiva.

Hoje o canal OFF é uma realidade. Mas como foi tirar a ideia do papel?

O Canal OFF veio atender uma demanda de programas que mostrem o estilo de vida de aventureiros que levam experiências únicas para os telespectadores apaixonados por ação e por imagens espetaculares.

Não existe nenhum canal como o OFF no mercado brasileiro.

Nosso público tem espírito jovem, independente da idade, curte aventura, natureza, ação e modalidades praticadas ao ar livre, mesmo que não pratique.

O telespectador do OFF é atraído pelos conteúdos dos programas, que trazem lindas imagens, com a qualidade HD, associado a trilhas sonoras incríveis.

Recentemente o OFF entrou no line-up de algumas operadoras na versão SD, temos novos telespectadores para conquistar agora, que ainda não conhecem o canal.

O planejamento do canal é construir material próprio como o programa “Montanhistas”?

go-surf-blog-palbo-aguair-serie-canal-OFF-surf-esportes-radicais-aventura-adrenalina-20120[1]Sim, com um ano de vida, o Canal OFF prevê ampliar consideravelmente sua produção independente nacional para este ano.

Em 2013, novas produções e temporadas chegam à grade para agregar o melhor do conteúdo audiovisual em alta definição, sempre seguindo os pilares da programação – aventura, natureza e ação.

Nos EUA e Europa já há canais de vídeo “on demand” voltado para público outdoor na Internet. O Canal OFF planeja fazer o mesmo?

Atualmente, o Canal OFF já vai além da TV. go-surf-blog-palbo-aguair-serie-canal-OFF-surf-esportes-radicais-aventura-adrenalina-20121[1]

Alguns conteúdos do canal estão disponíveis nos serviços de video on demand da NET e da GVT, o NOW e On Demand GVT, respectivamente.

E ainda no Muu, serviço de video on demand da Globosat, que permite acessar os programas quando e onde o usuário quiser, em computadores, tablets e smartphones (Apple e Android).

Recentemente foram lançadas cinco séries exclusivas para Web que estão hospedadas no OFF Jam (offjam.com.br), novo portal de conteúdos e serviços do Canal OFF na Internet.

475165_222382404538088_114713335304996_372424_1653712056_o[1]Diferente do site do OFF, o portal OFF Jam vai além da programação do canal e servirá como uma espécie de laboratório para novas séries na TV.

A periodicidade de lançamento dos episódios inéditos das webséries é de 15 em 15 dias.

É uma bela ferramenta de experimentação do canal e, portanto, temos com objetivo ampliar a oferta de conteúdo através destes serviços também.

Como é feito o planejamento de aquisição dos filmes outdoor exibidos no canal?

Contamos com uma equipe experiente e especializada nesse segmento que viaja o mundo todo atrás de festivais de filmes outdoor para possíveis negociações e atualizações dos nossos conteúdos.

Qual a principal dificuldade em adquirir filmes outdoors?

A Globosat tem um departamento de aquisição de títulos muito bem estruturado. 2A TEMP MONTANHISTAS-BERNARDO BIE 01

Pesquisamos bastante na Web e mapeamos os principais festivais especializados no mundo inteiro.

O tema está em alta, os custos de produção diminuíram e a oferta de títulos tem crescido nos últimos anos.

O desafio é continuar surpreendendo o assinante com alta performance, locações paradisíacas e a melhor fotografia.

Sinceramente não temos muitas dificuldades no momento.

Hoje no Brasil estão sendo criados vários festivais de filmes outdoor como o “Get Out!” em Belo Horizonte e “O Reel Rock Tour” que será exibido pela primeira vez no Brasil. Como você visualiza estes acontecimentos?

Para nós, e para o mercado em geral, é ótimo esse movimento, quanto mais oferta, melhor para todos.

Existem muitos conteúdos bons, estamos sempre atrás de lançamento e novidades que possuem a essência do canal.

O canal pretende participar, ou até mesmo organizar algum festival de filmes outdoor?

Apoiamos o Festival de Filmes de Montanha e foi muito bacana, mas no momento ainda não temos novos projetos nesta linha.

Hoje a maioria dos filmes e programas apresentados no canal são de surfe. Há planejamento de outros esportes terem uma fatia maior de exibição?

2A TEMP MONTANHISTAS-BERNARDO BIE E SILVIO NETO 06Procuramos equilibrar os diferentes estilos de modalidades outdoor em nossa grade.

Nosso propósito não é dar destaque para uma determinada modalidade, a essência do Canal OFF é natureza e aventura outdoor.

Atualmente, por exemplo, estamos com surfe, skate, stand up paddle, windsurfe, caiaque, escalada, slackline, snowboard, basejump, wingsuit e outras modalidades em nossa grade.

O que queremos é mostrar imagens belíssimas, associadas a trilhas sonoras incríveis, a qualquer momento que o telespectador sintonize no OFF.

Trabalhar com filmes outdoor é o grande sonho de muitas pessoas, que conselho você teria a dar a elas?

A pessoa tem que ter paixão, criatividade e coragem.

Tem que fazer de coração e dar o melhor de si em busca do novo.

Outro conselho que eu daria é a busca por boas referências.

Muita coisa espetacular já foi feita por craques como Greg MacGillivray, Jack McCoy , Seb Montaz e o mestre Warren Miller.

 O que o público deve esperar do canal para 2013?

Em 2013, novas produções e novas temporadas chegam à nossa grade para somar ainda mais aventura e natureza.

Só em janeiro serão 20 estreias nacionais.

Entre elas, um programa com o maior ícone do skate mundial, o brasileiro Bob Burnquist, que vai mostrar um pouco de sua rotina e apresentar seus novos hobbies: pilotar um avião acrobático e um helicóptero e ainda saltar de paraquedas.

Outra novidade é a estreia de “Irmãos Vaz”. Considerados as maiores promessas brasileiras no circuito mundial de Stand Up Paddle, os irmãos Caio e Ian Vaz viajam o mundo com seus remos e pranchões para competir e conhecer novos picos para a prática da modalidade.

Já a terceira temporada de Kaiak chega ao OFF com um feito inédito: o recordista mundial de descida em cachoeira, Pedro Oliva, e os amigos americanos Ben Stookesberry e Chris Korbulic, encaram pela primeira vez, na história do caiaque, as cachoeiras e corredeiras glaciais da Noruega, de Svalbard e da Groelândia.

Quem também estreia em janeiro no OFF são as irmãs e médicas Karina e Nathali Oliani. Juntas, as multiesportistas vão superar seus maiores limites, como em um mergulho com tubarões nas Bahamas e uma difícil escalada na Cachoeira do Tabuleiro, em Minas Gerais. “Montanhistas” também ganha uma nova temporada em 2013, desta vez Bernardo Biê terá um novo parceiro, o também experiente Silvio Neto.

Juntos eles vão explorar as montanhas da Argentina e do Chile.

Para saber mais do Canal Off: www.canaloff.com

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.