[EXCLUSIVO] Avaliação da headlamp Tikka² – Petzl

petzl-tikka-2-sg-full[1]A lanterna de cabeça (headlamp) da marca Petzl tem como objetivo oferecer o máximo de iluminação a corredores noturnos, praticantes de trekking e campistas.

Segundo o seu fabricante tem como principal característica sua leveza, praticidade de carregamento (não necessita pilhas), duração de carga e compacidade.

O teste

A lanterna de cabeça da marca Petzl foi extensivamente testada em ambientes de natureza durante um largo período de testes.

A headlamp foi testada em diversos campings na Serra da Mantiqueira, Lapinha-MG, Piedra Parada/La Buitrera na Argentina, El Bolsón na Argentina, Rodellar na Espanha e Parque Nacional do Itatiaia.

A recarga foi realizada somente quando estava muito próximo de acabar.produto_Foto1_1473871[1]

Foi realizada somente recargas utilizando energia elétrica ou portas USB de computadores pessoais.

A voltagem das recargas foram tanto 220 v quanto 110 v.

Foi utilizada a programação de carga pelo software fornecido pela empresa apenas uma vez.

O equipamento foi carregado somente em mochilas, seja no topo, seja dentro do corpo da mochila.

product_107[1]O produto foi ainda submetido a duas chuvas de média intensidade durante trekkings.

Foi utilizada ainda em corridas noturnas em parques com pouca iluminação na cidade de São Paulo, Goiânia e Rio de Janeiro.

Prós

Leveza

  • Praticidade de Carregamento
  • Intensidade da Luz
  • Durabilidade da Bateria
  • Resistência à chuva

Contras

  • Cabo USB não comum no mercado
  • Dificuldade de manipulação para carregamento
  • Tempo de Carregamento

Notas

  • Qualidade de material : 5.0 
  • Acabamento : 5.0 
  • Design : 4.0 
  • Ergonomia : 5.0 
  • Relação Peso x volume: 5.0 
  • Relação custo x benefício: 4.0 
  • Nota final: 4.67 

Opinião

5001[1]A lanterna de cabeça da marca Petzl teve um rendimento que agradou bastante.

Por sua leveza, e tamanho compacto, não ocupa espaço na mochila.

Seu formato anatômico aliado ao pouco peso não cai da cabeça durante corridas ou caminhadas.

52320-800[1]

Um ponto positivo no equipamento é a possibilidade de não se usar mais pilhas ou baterias, e sim apenas carrega-la por meio de um cabo USB fornecido com o produto (tecnologia Core da marca Petzl).

Em trilhas muito longas que podem levar dias ou algo assim a possibilidade de recarregar utilizando somente carregadores solares é bastante atrativa.

Um ponto que poderia ser revisto pelo fabricante é a possibilidade de se usar cabos UBS comumente disponibilizados no mercado pois os utulizados possui um adaptador menor.

4981[1]No caso de perda do cabo da Tikka² até o momento de conseguir um cabo substituto o produto pode ficar sem possibilidade de carregar.

Um outro ponto que poderia ser revisto no design da lanterna de cabeça é o encaixe para abrir o produto e recarrega-lo.

O encaixe de sua abertura é de difícil manuseio e usuários menos habilidosos podem danificar o produto.

A intensidade da luz, quando a bateria está carregada ao máximo, impressiona, chegando a potentes 25 metros (segundo seu fabricante possui 400 lumens) com segurança.

A headlamp Tikka² é indicada a todo tipo de usuário, sendo que pelo seu custo é mais apropriada a usuários experientes e exigentes.

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

There is one comment

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.