Brasileiro e três europeus desaparecem na Cordillera del Huayhuash

O jornal on-line peruano Prensa Huayhuash Noticias, reportou que um brasileiro e três alemães estão desaparecidos na Cordillera del Huayhuash. No momento, uma equipe de socorro está fazendo buscas na área para encontrar os turistas desaparecidos. O brasileiro Felipe Pasetto Funez, tenente da Marinha do Brasil, enviou sinal de socorro à embaixada brasileira pedindo socorro.

De acordo com informações oficiais fornecidas pelas autoridades peruanas, foi o brasileiro Felipe Pasetto Funez que, ao conhecer os alemães em um hostel, convenceu os três alemães para realizar uma travessia da Cordillera del Huayhuash. Os alemães foram identificados como Lissan Steckel (26 anos), Simon Kleiner (26 anos) e Maximilian Kaufmann (26 anos).

Considerado um dos mais bonitos circuitos de trekking do planeta, o Trekking Huayhuash, contorna a cordilheira de mesmo nome e é bastante famosa em praticantes de trekking. O circuito possui aproximadamente 130 km de extensão e leva, aproximadamente, 11 dias para ser realizado. O trekking chega até uma altitude máxima de 5.050 metros.

O chefe da polícia William Arriarán (assista ao vídeo abaixo), informou que já acionou a Unidad de Salvamento de Alta Montaña (agrupamento militar responsável por buscas nas áreas montanhosas do Peru) para reforçar as tarefas de buscas e, caso seja necessário, solicitará o uso de um helicóptero para melhorar as tarefas de resgate.

There is one comment

  1. Rodolfo Damasceno

    Eu fiz o Treking em 2017. E duro , é pesado, e ha com certeza muitos locais onde se perder ou se machucar seriamente. Não deveria ser feito sem um guia local, que conheça bem o ambiente.
    Infelizmente algumas pessoas acham que apenas munidas de um mapa na mão podem se aventurar em qualquer lugar ou ambiente.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.