Livro da semana: “The Impossible Climb” – Mark Synnott

Na história de qualquer esporte existem acontecimentos de algo considerado impossível, o qual todos julgavam improvável de acontecer. São estes momentos que temperam e alimentam, exponencialmente, a paixão dos seus praticantes com relação à prática esportiva. Fazendo uma comparação histórica, muitas vezes um acontecimento esportivo “impossível” possui o mesmo impacto, proporcionalmente falando, que a segunda grande guerra mundial (conflito militar global que durou de 1939 a 1945) teve na sociedade moderna.

Exemplos não faltam e, dependendo da preferência de cada um, são fatos inesquecíveis como o Maracanazo (derrota do Brasil para o Uruguai na Copa do Mundo de futebol em 1950), a primeira nota 10 perfeita da história da ginástica olímpica de Nadia Comăneci, o primeiro nocaute sofrido por Mike Tyson no boxe, a conquista da primeira taça libertadores pelo Corinthians no futebol de forma invicta, o nocaute de Muhammed Ali em Sonny Liston no boxe, as medalhas e ouro de Jesse Owens no atletismo, as medalhas de ouro de Mark Spitz na natação, o doping de Ben Johnson no atletismo, entre muitos outros.

Para a escalada, recordando a história recente de esporte, está a conquista da “Dawn Wall”, à época a via tradicional mais difícil do mundo. Logo após isso, foi a vez de Alex Honnold escalar em estilo solo, o paredão de Yosemite, não na mesma via. A escalada foi captada por Jimi Chin e ganhou o Oscar de melhor filme documentário de 2018.

O escritor Mark Synnott, que também é escalador, trabalha como guia de montanha, sendo certificado e é patrocinado por marcas de montanhismo, resolveu contar a sua versão da ascensão da Dawn Wall.

Para isso mergulha na cultura maltrapilha que surgiu décadas antes da escalada de Honnold, durante o que ficou conhecida como “Era de Ouro de Yosemite”, quando escaladores pioneiros como Royal Robbins e Warren Harding “inventaram” o esporte que conhecemos hoje praticado nos EUA.

O escritor Mark Synnott cobriu Honnold em Yosemite e o livro resultante, “The Impossible Climb”, é uma leitura obrigatória para qualquer pessoa curiosa sobre o histórico, a personalidade e as motivações de Honnold. Synnott seguiu o escalador durante meses enquanto se preparava, deliberava e ocasionalmente hesitava sobre o projeto de escalada em estilo solo. Synnott até mesmo o seguiu por uma parede ocasionalmente.

Juntamente com as lembranças de Synnott de suas próprias primeiras ascensões e angustiantes aventuras com Honnold, Chin e outras lendas do esporte, ele analisa a cultura de escalada de Yosemite da rivalidade da “idade de ouro” entre os pioneiros da Royal Robbins e Warren Harding. Além disso, aborda as escaladas arriscadas de Dean Potter, que mudaram a noção sobre os limites dos esportes de montanha, muitas vezes ao custo de suas vidas.

Ficha técnica

  • Título: The Impossible Climb: Alex Honnold, El Capitan, and the Climbing Life
  • Autor: Mark Synnott
  • Edição:
  • Ano: 2019
  • Número de páginas: 416
  • Editora: Dutton

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.