Saiba quais são as vantagens e as desvantagens da eletroestimulação no esporte

Desenvolvida na Alemanha há mais de 10 anos, a eletroestimulação é um treino de força em uma máquina promove ativação muscular intensa por impulsos elétricos. Os exercícios por estímulos elétricos têm como objetivo trabalhar 300 músculos simultaneamente. O treino é 100% seguro e não há riscos do atleta receber um choque. Já foram publicados aproximadamente 30 estudos científicos em todo o mundo sobre a eletroestimulação de corpo inteiro.

Na verdade, a tecnologia foi criada na extinta União Soviética, há várias décadas, e ganhou inicialmente o nome de “corrente russa”, passando a ser usada por fisioterapeutas em reabilitações de atletas soviéticos. Há cerca de dez anos, ganhou nova roupagem pelos alemães para ajudar no treinamento de atletas de alta performance.

eletroestimulação

Eletroestimulação

De acordo estudos científicos, é possível gastar a mesma quantidade de calorias (de 300 a 500 calorias) em uma sessão de eletroestimulação que gastamos em uma hora de musculação. Mas é importante ressaltar que a eletroestimulação não substitui o treinamento aeróbico, especialmente para quem ambiciona possuir rendimento atlético de alto nível. Para rendimento de alto nível é necessário uma combinação de vários tipos de treinamentos, além da prática intensa do esporte.

Como parte deste complemento do esporte que deseja atingir o alto rendimento, a eletroestimulação é uma opção interessante. Para se ter uma ideia, as análises feitas pela University Cologne e University of Bayreuth com jogadores de futebol, mostraram aumento de até 30% na potência e velocidade máxima em quatro semanas de treinamento.

O que é um eletroestimulador?

eletroestimulação

Eletroestimulação

O eletroestimulador é um dispositivo tecnológico projetado para contrair fibras musculares por impulsos elétricos de forma involuntária. Em outras palavras, significa que um aparelho consegue produzir uma contração muscular, sem que o cérebro da pessoa envie a ordem. Dessa maneira, o eletroestimulador envia um estímulo diretamente à placa motora, causando uma contração muscular sem uma ordem anterior do sistema nervoso central.

Os estímulos elétricos emitidos pelo eletroestimulador são medidos em Hertz (símbolo Hz). .Dependendo da frequência que aplicamos, diferentes resultados são obtidos:

  • 1 a 3 Hz: Elimina contraturas musculares e relaxa os músculos
  • 4 a 7 Hz: Produz um aumento na produção de endorfinas, diminuindo a dor
  • 8 a 10 Hz: Produz aumento no fluxo sanguíneo na área aplicada
  • 10 a 33 Hz: As fibras Tipo I ou de contração lenta, são contraídas e a resistência muscular aumenta.
  • 33 a 50 Hz: As fibras musculares intermediárias são contraídas
  • 50 a 75 Hz: As fibras tipo II, ou de contração rápida, são estimuladas, atingindo um aumento na força e massa muscular. Estudos científicos comprovaram nesta faixa de frequência, a hipertrofia alcançada é máxima.
  • 75 a 150 Hz: As fibras de Tipo II, ou de contração rápida, são estimuladas e grandes melhorias em força e velocidade são alcançadas.

Para que serve o eletroestimulador?

eletroestimulação

Eletroestimulação

Em resumo, o treinamento com eletroestimulação de corpo inteiro, segundo os especialistas, promete mais força, velocidade e resistência. Para atividades que exige resistência e explosão é uma metodologia considerada moderna, mas que necessita de um acompanhamento de especialistas. A eletroestimulação é usada por esportistas consagrados, como o velocista Usain Bolt e os jogadores de futebol Karim Mostafa Benzema e Cristiano Ronaldo.

Ao optar por usar metodologia de trenamento com eletroestimulador, o objetivo deve estar claramente definido para o atleta. Pois, como é um tratamento novo e de alta tecnologia, portanto não é barato. Existem modelos de treinamento focados em determinado objetivo como: condicionamento físico, reabilitação, massagem, corrida, etc. Cabe ao treinador e atleta alinharem que tipo de objetivo desejam.

Existem muitos tipos de eletroestimuladores no mercado, mas sua operação e eficiência dependem do uso correto da frequência e intensidade elétrica. Se esses aspectos forem bem regulados e funcionarem corretamente, os resultados serão os mesmos em um modelo mais novo ou mais antigo.

Porém este tipo de treinamento não é para todo mundo e existe várias restrições de uso. O método é contraindicado para: pessoas que sofrem de epilepsia, que possuem marcapassos, feridas na pele, tumores, varizes, tromboses, arritmia cardíaca, grávidas, entre outras. Por isso é importante uma análise clínica prévia antes de apostar na metodologia.

Quais as vantagens do eletroestimulador?

eletroestimulação

Eletroestimulação

A principal vantagem do eletroestimulador, vista do ponto do escalador ou montanhista, é que permite treinar o músculo de maneira mais profunda, conseguindo uma maior ativação muscular e melhor contração das fibras musculares, pois é possível alcançar algumas que não são alcançados na contração voluntária.

Portanto, ambos os tipos de contração (eletroestimulados e voluntárias) podem ser combinadas, para obter um trabalho mais completo e obter melhores resultados atléticos a curto e médio prazo. Para grande parte de atletas que se preocupam com ganho de massa e consequentemente aumentar o peso, os eletroestimuladores conseguem é uma opção interessante. Para atletas de alto rendimento, como escaladores de competição, é uma técnica interessante a se levar em consideração.

Mas não é interessante para quem deseja hipertofia. Atletas que ambicionam ganhar massa muscular, os eletroestimuladores não são boa opção, pois não é atingido tanto volume muscular como o treinamento muscular voluntário. Por isso não é o meio ideal para o trabalho de hipertrofia.

Mas é importante ter em mente que o eletroestimulador é um complemento e não um treinamento isolado. Somente terá resultados satisfatórios se for trabalhado todos os tipos de contração e sempre encontrando um equilíbrio visando a performance. Por isso, é muito importante não abusar da eletroestimulação e trabalhar adequadamente,

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.