Paquistanesa de 10 anos se torna a mais jovem do mundo a escalar uma montanha acima de 7.000 metros

A paquistanesa Selena Khawaja, de apenas 10 anos de idade, tornou-se a pessoa mais jovem a escalar o Spantik (também conhecido como Pico Dourado) de 7.027 m metros de altitude acima do nível do mar. A menina já havia estabelecido o recorde de escalar o Quz Sar Peak (5.765 m) e Mingli Sir (6.050) em 2018 aos 9 anos de idade.

Qual seu próximo objetivo? Khawaja agora pretende escalar a 12ª montanha mais alta do mundo, o Broad Peak (8.051 m).

A montanha Spantik foi escalada pela primeira vez em 1955 pela expedição alemã de Karl Kramer. A linha mais comumente escalada segue a cordilheira sudeste. A cordilheira sobe 2.700 metros sobre uma distância lateral de 7,6 km, em ângulos que são em sua maioria menos de 30 graus, com algumas seções acima a 40 graus. A montanha contém terrenos variados, desde afloramentos rochosos até neve e gelo e seixos.

A montanha é muito popular com expedições comerciais organizadas, devido a sua relativa facilidade de ascensão e escassez de perigos objetivos. A curta caminhada de 3 dias em terreno simples também oferece fácil acesso e aclimatação gradual.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.