Netflix anuncia filme sobre Tenzing Norgay, o sherpa que guiou Edmund Hillary

Em 29 de maio de 1953, às 6:30 da manhã, Tenzing Norgay e Edmund Hillary começaram um ataque de sete horas ao topo da montanha mais alta do mundo, o Monte Everest (8.848 m). Ambos usavam tanques de oxigênio parcialmente cheios deixados pelos membros de sua equipe que foram forçados a recuar na noite anterior da cordilheira sudeste da montanha mais alta do mundo. Os dois homens seguiram para o cume, revezando-se à frente, amarrados juntos, cortando o gelo com suas piquetas.

Ambos alpinistas chegaram com sucesso ao topo do Monte Everest, fazendo história. Poucos sabem, mas Edmund Hillary quase caiu em uma greta e foi salvo por Norgay. Inegavelmente a fama de Hillary foi muito maior e desproporcional do que recebeu Tenzing. Agora, 66 anos depois, ele ganhará o destaque que merece.

O serviço de streaming Netflix anunciou que irá produzir um filme sobre Tenzing Norgay. A produção já está em andamento e os produtores já estão procurando o ator principal para interpretar o protagonista. A diretora indicada ao BAFTA, Jennifer Peedom, que é reconhecida por documentários ​​como “Sherpa” e “Mountain”, dirigirá o filme.

De acordo com a equipe de produção, estão sendo procurados sherpa, tibetanos ou do Himalaia com idades entre 25 a 40 anos com base no Reino Unido, Nova York ou Nepal são elegíveis para o papel. O filme não tem data para a estreia definida, mas especula-se que será no final de 2020 ou início de 2021.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.