Nepal proíbe plásticos de uso único na região do Monte Everest

O governo do Nepal divulgou ontem a decisão de proibir os plásticos de uso único na região do Monte Everest (8.848 m). A medida, que não surpreendeu a comunidade de montanha, é claramente com o objetivo de combater a crescente poluição no topo do mundo e também melhorar a imagem do país perante a comunidade internacional.

Esta é mais uma das medidas que o governo toma para limpar a imagem do Monte Everest desde que este ano houve o escândalo com a mídia internacional pelo número recorde de montanhistas, dando a luz o problema crítico da massificação da montanha. Mas esta regra só se aplica a que desejam subir ao topo do Monte Everest e não aos praticantes de trekking até o campo base.

A nova norma de restrição a plásticos de uso único do Nepal entrará em vigor em 1º de janeiro de 2020. Segundo a agência EFE, a proibição inclui objetos de plástico como bolsas, canudinhos, talheres e garrafas com menos de 30 mícrons de espessura. A norma coincide com o plano do país de atrair dois milhões de visitantes em 2020.

Nesta temporada, o Departamento de Turismo do Nepal emitiu 378 autorizações de escalada. O volume de permissões é um recorde desde a primeira ascensão bem-sucedida ao Monte Everest em 1953. Esta não é a primeira medida de restrição de lixo que o Nepal toma.

Conforme divulgado pela Revista de Escalada à época, o governo nepalês criou uma regra em 2014 que obriga cada membro da expedição a retornar com pelo menos 8 quilos de lixo do Monte Everest. Além disso, cada expedição é obrigada a depositar US$ 4.000 os quais não são devolvidos até que o respectivo lixo seja recebido.

Ainda assim, muitas equipes acabam deixando o lixo na montanha. Durante a temporada de ascensão que culminou em maio, uma equipe de montanhistas encarregados da limpeza do Monte Everest recuperou cerca de 11 toneladas de resíduos e quatro corpos que haviam sido abandonados na montanha mais alta do mundo.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.