Livro da Semana: “Make or Break” – Dave MacLeod

Uma vez o lendario escalador alemão “Wolfgang Gullich” disse que: “ficar forte é fácil, ficar forte sem lesionar-se é difícil”.

Cedo ou tarde, praticamente todos os escaladores acabam por lesionar-se e alguns de maneira recorrente.

Foto: Dave MacLeod

Foto: Dave MacLeod

Quando está praticando um esporte, qualquer que seja, em alto desempenho com o intuito de fazer parte da elite o corpo começa a chegar perto de seu limite.

Pensando nisso um dos maiores escaladores do Reino Unido, Dave MacLeod, decidiu reunir todas as suas experiências em preparação física, assim como os ensinamentos que absorveu de suas lesões e cunhou sua mais recente obra literária: “Make or Break – Don’t let climbing injuries dictate your success” (“Fazer ou quebrar – Não deixe as lesões de escalada ditar o seu sucesso”, em tradução livre).

make-or-brake-2Lançado no início de dezembro na Inglaterra, e ainda sem traduções em outros idiomas, trata das lesões com uma linguagem mais popular e procura mais ser uma espécie de amigo do que um orientador médico.

No livro é ensinado como ter hábitos de treinamento que podem prevenir lesões, além de instruir como os escaladores possam evoluir fisicamente sem apressar o fortalecimento do corpo.

Dividido em 12 seções, o livro procura abordar todos os sintomas de lesões comuns a escaladores e atletas de montanhismo como cotovelos, ombros, dedos, tornozelo e assim por diante.

O livro, além de riqueza de conteúdo possui detalhadas ilustrações e fotos para que o conteúdo seja absorvido de maneia completa e natural pelo leitor.

Ficha técnica

  • Título: Make or Break – Don’t let climbing injuries dictate your success
  • Autores : Dave MacLeod
  • Edição: 1ª
  • Ano: 2015
  • Número de páginas: 226
  • Editora :  Editoria própria do autor

There is one comment

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.