Homem é preso após escalar em estilo solo prédio de 170 metros na Polônia

O escalador polonês Marcin Banot, autointitulado como o “Homem-Aranha da Silésia” (região histórica dividida entre a Polônia, a República Checa e a Alemanha), foi preso depois de escalar o Hotel Marriott em Varsóvia, que possui 170 metros de altura. Banot escalou todo o edifício em estilo solo.

Elzbieta Magnuszewska, editora chefe de um site de notícias polonês, transmitiu ao vivo o momento em sua conta de Facebook. “Estávamos passando de carro pela rua, quando meu filho avistou um homem escalando o Hotel Marriot. Paramos próximo da estação de trem e começamos a filmar” contou Magnuszewska à agência Reuters.

“Percebi que era um escalador profissional. Mas mesmo assim estava preparada para desligar o vídeo caso alguma coisa saísse mal” completou Elzbieta.

Logo que terminou a escalada, Marcin Banot foi preso pela polícia local por “causar desordem pública”. Quando procurada pela imprensa local, a Polícia polonesa não quis comentar o caso.

There is one comment

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.