Escalador sofre queda e morre no Espírito Santo

ATUALIZAÇÃO – 10/06/2019 – 18:58

Em contato com um grupo de escaladores do Espírito Santo, a Revista Blog de Escalada apurou que ambos escaladores, assim como o grupo o qual, aparentemente, fazia parte, praticavam a atividade de rapel e não de escalada. A Pedra do Frade, segundo as informações fornecidas por diversos escaladores, possui um acesso “facilitado” até o cume. Este acesso possui uma espécie de via ferrada/escada que auxilia a chegada ao cume. A descida desta subida é, em geral, por via de uma atividade recreativa de rapel.

Por conta desta facilidade, muitos turistas, sem formação ou experiência em montanhismo, praticam a atividade recreativa de rapel de maneira indiscriminada. Há informações, ainda não confirmadas pelas autoridades locais, de que as pessoas envolvidas no acidente pernoitaram no lugar.

Por não ser a Pedra do Frade um tradicional local de escalada, a hipótese de que ambos estavam escalando, segundo os escaladores capixabas que entraram em contato com a redação da Revista Blog de Escalada, não corresponderia à realidade. Entretanto, até o momento, não há notícias oficiais a respeito do que teria acontecido às pessoas ligadas ao acidente, nem qual seriam os motivos da queda. As informações disponibilizadas pelas autoridades locais ainda são imprecisas e apresentam conflitos. A outra pessoa resgatada ainda não falou com a imprensa, para dar a sua versão sobre o acidente.


O escalador Bruno Vieira, de 37 anos, faleceu após cair durante uma escalada na Pedra do Frade, no município capixaba de Cachoreiro do Itapemerim. A informação foi veiculada pela Gazeta OnLine e posteriormente confirmada pela Revista Blog de Escalada. Os veículos de informações capixabas afirmam que Bruno Vieira teria caído de uma altura aproximada de 400 metros de altura.

O corpo do escalador foi encontrado nesta tarde pelo comandante do Corpo de Bombeiros de Cachoeiro do Itapemirim. Vieira é o segundo escalador do estado do Espírito Santo a morrer em uma escalada em 2019. Fabricio do Amaral faleceu durante uma escalada no Fitz Roy, Argentina, no início do ano.

O acidente aconteceu no domingo, quando Bruno Vieira estava com um grupo de amigos, escalando no local. Um segundo escalador, identificado como Hudson “Carriço” de Jesus, de 42 anos, ficou preso tentando resgatar o amigo após a queda. Carriço já foi resgatado e não corre perigo.

A Pedra do Frade é uma formação granítica de 683 metros de altitude e fica na divisa de Cachoeiro do Itapemerim-ES, Vargem Alta-ES e Itapemirim-ES.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.