Escalador cego quebra recorde de ascensão em Yosemite

Sempre que alguém com deficiência física realiza algo notável parece inevitável utilizar a pergunta às outras pessoas: Qual a sua desculpa agora?

Deve ser exatamente esta a pergunta que o americano Erik Weihenmayer irá fazer quando for convidado a uma palestra. Não que Weinhenmayer seja mais um dos “montanhistas de palco”, que vêm se multiplicando como ervas daninhas no Brasil, mas porque ele realizou algo realmente notável: escalou o El Capitan, em Yosemite, em menos de 24 horas.

Seria uma notícia comum não fosse um pequeno detalhe: Erik é cego.

Foto: http://www.touchthetop.com/

Foto: http://www.touchthetop.com/

O escalador realizou a façanha acompanhado dos escaladores Hans Florine, Timmy O’Neill, Geoff Tabin e Charley Mace na via “East Buttress” a qual possui aproximadamente 500 metros de altura e grau de dificuldade IV 5.10b (6ºsup na graduação brasileira).

Em uma declaração à revista National Geographic (a qual Timmy O’Neill é colaborador frequente) disse que ” eu queria escalar alguma via que pudesse fazer em livre (sem ser escalada artificial) e o tamanho da East Buttress me fez sentir de algum modo confiante e que pudesse fazer em apenas um dia”.

A equipe de escaladores terminou com o tempo aproximado de 8 horas.

O feito de Erik Weihenmayer não foi algo isolado sendo, portanto, mais um item impressionante de um currículo de fazer inveja a qualquer pessoa. Dentre seus feitos estão uma escalada ao Monte Everest em maio de 2001 (primeiro e único cego – sem ser carregado por sherpas diga-se), já realizou os cumes do Seven Summits, desceu o Rio Colorado no Grand Canyon de caiaque entre outros feitos que inclui esportes como MTB, trekking e montanhismo.

O americano busca com estes feitos inspirar a todos os deficientes visuais a procurarem expandir seus limites. Quem acredita que Weihenmayer escalou o El Capitan pela primeira vez somente para fazer curriculum (como palestrantes do “Montanhismo de palco” o fazem) e parecer pomposo para o público leigo, ele mesmo já tinha escalado a rocha de Yosemite 20 anos atrás. Na ocasião escalou a famosa via “The Nose”, linha de 880 metros de extensão e graduada em 5.13+(se escalada em estilo livre) ou 5.8 C2 (em escalada artificial).

O tempo realizado agora pelo escalador estabeleceu um recorde de ascensão no El Capitan por um deficiente visual. Vale a observação que o tempo realizado por Weihenmayer é muito próximo recorde realizado por escaladores comuns.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.