Como planejar uma viagem de mochilão?

Como planejar uma viagem de mochilão? Em suma, você precisa decidir sobre os parâmetros da sua viagem, selecionar melhor as opções para seu destino específico.

Logo, vem os recursos necessários, estudo do trajeto, enfim, existe toda uma preparação até o grande dia. Confira detalhes de como fazer seu mochilão.

Como planejar uma viagem de mochilão?

Foto: Frank Myrland /Unsplash

Foto: Frank Myrland /Unsplash

Tempo investido na viagem

Se você só tem um final de semana, escolha um lugar perto de casa para passar mais tempo na trilha do que na estrada. Deserto ou floresta? Picos escarpados ou cachoeiras exuberantes? Esses detalhes irão informar a logística da sua viagem.

Se você estiver viajando sozinho, terá mais liberdade para definir seu ritmo de caminhada e quando parar para dormir. No entanto, se estiver com outras pessoas, precisará acomodar o ritmo do grupo como um todo.

Cabe dizer que um bom ponto de viajar em grupo é poder dividir o peso das mochilas. Apenas não exagere nos suprimentos.

Prepare-se fisicamente para seu destino, trajetos com elevação significativa podem atrasar sua programação se não estiver em uma forma adequada para percorrer a rota, especialmente nos horários estipulados.

Recursos de mochilão

Guias são ótimos recursos porque você pode ver todas as estatísticas de que provavelmente precisará: dificuldade da trilha, distância, ganho de elevação, direções, fontes de água, recursos da trilha e detalhes como se cães são permitidos.

As pessoas locais também podem ajudar. Tentar entrar em contato com organizações locais de caminhadas ou distritos de guardas florestais na área de seu destino.

Os guardas florestais costumam ter as informações mais atualizadas sobre as condições das trilhas. Sempre válido consultá-los antes de iniciar sua caminhada.

Detalhes da Rota

Foto: Annie Spratt /Unsplash

Foto: Annie Spratt /Unsplash

Ao escolher sua trilha, conhecer os detalhes de sua rota é fundamental. O estudo detalhado sobre acampamentos, fontes de água, como é o terreno, o que usar em cada parte da rota… tudo isso é importante como preparação.

Em relação, aos acampamentos, é bom descobrir onde existem os já montados. Quantos estão disponíveis e a distância de um ponto a outro.

Pontos importantes para se atentar com o terreno são: ganhos de elevação, lugares possíveis para pausas, épocas climáticas com neve, terreno mais seco ou lameado. Em resumo, até se há plantas venenosas na região cabe uma pesquisa. Animais característicos, insetos…

Por fim, a fonte da vida… Fontes de água são um dos primeiros itens de estudo ao planejar sua viagem de mochilão. Geralmente, levar um filtro ou purificador de água já faz parte da mochila. No entanto, de nada adianta ter um filtro e não saber a procedência da água. Não haverá filtro que evite uma contaminação assim. Portanto, vale uma pesquisa assídua neste item.

Pergunte-se: existe um lago pelo meu trajeto? É límpido? Precisarei fazer um desvio para chegar em uma fonte de água? Só tem água turva ao redor? Existem métodos de filtrar sua fonte de água, mas para isso precisa primeiro saber qual é o tipo de fonte na qual se abastecerá.

Equipamentos e suprimentos

Foto: gbarkz /Unsplash

Foto: gbarkz /Unsplash

Em relação à comida, o ganho de elevação, a velocidade e a distância percorrida afetam a frequência e a quantidade que você come. Você é do tipo que se contenta com uma barra de cereal ou precisa de um bom café reforçado? Faça um teste durante a noite e descubra sua quantia pessoal. Leve sempre alguma comida extra em caso de emergência.

Sabendo que não poderá levar combustível no avião, caso precise viajar em um, necessitará fazer o cálculo de quanto em combustível precisará para, por exemplo, derreter a neve que eventualmente use para consumir, auxiliar na combustão da fogueira ou até mesmo do fogo no qual preparará seu alimento.

Outro ponto essencial, principalmente para os grupos de viagem, é o equipamento compartilhado. A comunicação é importante em tudo na vida, nas viagens em grupo não é diferente. Organizar os suprimentos e equipamentos que cada um levará ajudará a evitar duplicação ou itens perdidos.

Uma recomendação básica é imprimir a lista de itens nas mochilas (especialmente se for em grupo) para revisar e ter o controle do que está levando. Quando estiver terminando sua mochila, coloque todo o equipamento no chão de casa para visualizar se falta acrescentar ou mesmo tirar algo.

Lembre-se que economizar peso faz a diferença. Itens checados e mochila pronta, é hora de combinar a época do ano, o tempo que será investido nessa viagem e aproveitar.

Um bilhete sempre ajuda

Foto: Green Chameleon /Unsplash

Foto: Green Chameleon /Unsplash

Por fim, é sempre bom compartilhar sua rota e horários programados. Detalhe bem sua programação e deixe com alguém de confiança. Deixe, por exemplo, a quem contatar e quando, pois caso não retorne no horário previsto, este pedaço de papel pode ser de grande ajuda.

Enfim, caso não tenha com quem deixar, coloque embaixo do banco da frente do carro ou de um dos locais onde mais ficou nesta viagem, pois seus últimos passos são um dos primeiros caminhos onde as equipes de busca vasculham no início.

Foto destaque: Agnieszka Boeske /Unsplash

Comente agora direto conosco

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.