A ética e a Falésia Paraíso

Ainda continuamos com o velho problema da falta de educação completa de alguns escaladores puzilânimes.

Na Falésia Paraíso, que sofreu um fechamento em março deste ano por conta de um acidente causado por escaladores imprudentes , continua sofrendo com escaladores que visitam o local ignorando os pedidos insistentes dos conquistadores do local.

O local em questão hoje possui cerca de 90 Vias conquistadas nos mais diversos graus, e possui um Guia do local GRATUITO realizado pelo Blog de Escalada.

Serviço este que é cortesia não somente aos conquistadores, como é extensivo a todo e qualquer local que queira uma edição de croquis para que sejam formatados em um guia .

Muito se fala da ética de escaladores. Porém mutos dos que cobram este comportamente se esquecem de que a ética também se aplica ao comportamento de escaladores antes mesmo de chegar ao local.

Há mensagens em Listas de discussão, mas ao que parece este tipo de pessoa, acostumada a não ter respeito a ninguém, e a nada, também não sabe ler.

Peço então a quem estiver lendo isso que avise a algum deste “sem noção” e analfabeto que aprenda a respeitar os locais, assim como ele gostaria que respeitássemos não somente ele, como a sua familia, mãe e pessoas que tem afeto.

Enfim, ao que parece haverá o iminente fechando de um local que possui 90 vias de escalada porque um boçal metido a piloto de rali visite o local.

Por enquanto há somente um aviso dos proprietários.

Quando fechar iremos apenas abafar o caso como aconteceu com o primeiro fechamento?

Para saer mais sobre as regras e detalhes do mau comportamento leia em: http://falesiaparaiso.blogspot.com/

Para mais detalhes de fechamento, assim como os culpados pelo primeiro fechamento leia aqui: http://blogdescalada.blogspot.com/2011/03/fechada-falesia-paraiso.html

 

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.