A escalada nas Olimpíadas

A Revista Blog de Escalada possui 15 anos, e desde que iniciamos as atividades de cobertura do mundo do montanhismo, escalada e esportes outdoor as competições foram assunto constante e recorrente. São mais de 500 artigos escritos somente sobre o tema de campeonatos de escalada.

É a história das competições de escalada, do Brasil e do mundo, disponível a quem quiser saber sobre o passado do esporte. Desde as competições locais, passando pela cobertura de todas as tentativas da escalada esportiva tornar-se esporte olímpico, até o anúncio da inclusão nas Olimpíadas, a Revista blog de escalada esteve presente e sempre foi referência para quem queria uma análise e opinião sincera a respeito dos acontecimentos.

escalada nas Olimpíadas

até mesmo na estreia da escalada esportiva nas olimpíadas, que foi nos jogos olímpicos da juventude em Buenos Aires, em 2018, estivemos lá, analisando e entrevistando atletas. Hoje, alguns desses entrevistados estão presentes na Olimpíada ou se destacando na Copa do Mundo de Escalada do IFSC.

Portanto, é muito emocionante testemunhar que o esporte que cobrimos de maneira ininterrupta por 15 anos estará consolidado como modalidade olímpica. Mesmo que com transmissões que deixam muito a desejar.

Mesmo que lentamente no Brasil, que engatinha em termos de propósito e transparência na organização do esporte no país, a escalada nas olimpíadas irá gerar ganhar um interesse enorme com a divulgação. Analisando os resultados obtidos durante toda a temporada de 2019, 2020 e 2021, é possível concluir que Tomoa Narasaki, Adam Ondra, Jakob Schubert Alex Megos Janja Garnbret, Akiyo Noguchi, Miho Nonaka, Laura Rogora e Chaehyun Seo serão as estrelas.

No episódio de hoje vamos procurar entender porque o Brasil não possui representantes na escalada e quem serão os atletas que irão configurar no pódio em Tóquio.

Participante falando sobre escalada nas Olimpíadas

André Braga (Deco Saas) | @escaladeco_oficial / @fabricadeformas

Onde escutar

Você pode escutar o MontanhaCast no iTunes, Deezer, Spotfy, Google Podcasts ou simplesmente clicando no player no topo do artigo ou no player abaixo.

Comente agora direto conosco

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.