5 Montanhistas brasileiros que deixaram saudades

Acredita-se que ninguém é insubstituível.

Muito provavelmente quem criou esta frase nunca teve um amigo, ou parente, que o enchia de orgulho e felicidade.

Pessoas que faziam a diferença e que seguramente faziam do mundo um lugar melhor de se viver.

Abaixo estão os 5 montanhistas brasileiros que se foram e deixaram um vazio tão grande que até hoje é difícil de acreditar.

Bernardo Colares

bernardo-colares-2

Foto: Acervo Pessoal Bernardo Colares

bernardo-colares-1

Foto: Eliseu Frechou

Tido como montanhista exemplar, escalador fanático e um dos maiores, senão o maior, diplomata do montanhismo brasileiro, o mineiro Bernardo Colares faleceu em 2011 durante uma escalada ao Fitz Roy.

Roberta Nunes

roberta-nunes-2

Foto: Acervo Pessoal Roberta Nunes

roberta-nunes

Foto: Dalio Zippin Neto

A montanhista e escaladora paranaense Roberta Nunes é, sem sombra de dúvida, um dos maiores nomes do montanhismo brasileiro, e ainda hoje é o maior ícone feminino da escalada brasileira.

Roberta faleceu em uma acidente de automóvel nos EUA em 2006.

Mozart Catão

mozart-catao

mozart-catao-3

Foto: http://www.famososquepartiram.com

O montanhista carioca Mozart Catão era um grande entusiasta de escaladas em alta montanha e foi o primeiro brasileiro a chegar ao cume do Monte Everest, junto com Waldemar Niclevitz. Por conta de seus feitos foi merecedor de inúmeras homenagens por sua determinação e coragem nas montanhas.

Mozart Catão faleceu em 1998 na Argentina em decorrência de uma avalanche no Aconcágua durante uma escalada.

Fábio Muniz

fabinho-muniz-2

Foto: Eliseu Frechou

fabinho-muniz-1

Foto: Eliseu Frechou

O escalador carioca Fábio Muniz era um dos maiores nomes da escalada em rocha do Brasil, e estava sempre em atividade no esporte que tanto amava.

Fabinho, como era conhecido, faleceu na cidade do Rio de Janeiro em um acidente de trânsito em 2013.

Vitor Negretti

vitor-negreti-1

Foto: Acervo Pessoal Vitor Negretti

vitor-negreti-2

Foto: Acervo Pessoal Vitor Negretti

O montanhista paulista Vitor Negretti sempre foi conhecido pelo seu vigor físico e determinação em superar limites e desafios e junto de seu companheiro Rodrigo Rainieri chegou ao cume de diversas montanhas.

Vitor Negratti faleceu em 2006 no Monte Everest após tentativa de escalar sem o uso de oxigênio suplementar.

There are 3 comments

  1. Carlos Eduardo Santos

    Vcs falaram da morte do Mozart Catão no Aconcágua, mas porque omitiram que o Othon Leonardos (Brasilia) e o Alexandre Oliveira (Rio) também morreram no mesmo acidente?
    Também eram escaladores, brasileiros e mereciam a mesma referencia.
    Lamentável a omissão ou o desconhecimento da historia por parte do blog (que por sinal é um excelente blog).
    Fica meu protesto.

Comente agora direto conosco

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.