Veja como o consumo de álcool afeta o rendimento e performance de um atleta

Antes que qualquer leitor fizer uma interpretação errônea deste artigo, um aviso antes de continuar: O objetivo deste artigo é informar a quem deseja otimizar a performance para alguma atividade física. Não há problema algum em qualquer pessoa consumir álcool em seu momento de lazer e comemorações. Por mais que muitas religiões condenem, e vários praticantes puristas também, cada um deve fazer a escolha necessária para a sua própria vida.

Dito isso, vamos é fácil afirmar que o consumo de álcool por praticantes de atividades outdoor é uma realidade, e que é razoavelmente comum. Porém para alguém que está atrás de um objetivo específico dentro desta atividade é importante saber quanto de sacrifício tem de fazer um atleta antes de pensar em consumir uma cervejinha, ou uma taça de vinho, e até mesmo uma garrafa de cachaça.

Praticar atividades físicas é também uma boa maneira de contornar os efeitos do álcool no nosso organismo. Por isso quanto mais nos esforçarmos nos treinamentos, na escalada ou algum trekking, com mais gosto pode-se saborear uma cerveja estupidamente gelada, um vinho de qualidade e uma dose de um bom destilado.

Frequentemente o consumo de álcool é cercado de efeitos negativos para a saúde, especialmente à performance atlética. Mas a pergunta que nos propomos a responder aqui é: de que maneira o álcool afeta a minha performance?

atletas-alcool

Como o álcool age

Quando é consumida uma bebida alcoólica, ela vai direto para o seu estômago onde aproximadamente 20 a 25% do álcool é absorvido imediatamente pela corrente sanguínea. O restante continua no intestino, onde é absorvido pela corrente sanguínea novamente mais tarde.

Quando o álcool está na corrente sanguínea passa pelo fígado quando é metabolizado. Em um fígado saudavel metaboliza a uma taxa de 30 gramas (equivalente a uma dose de destilado, uma taça de vinho ou uma cerveja longneck)  a cada 90 minutos.

Existem vários fatores que fazem variar esta taxa de absorção como porcentagem de gordura corporal e gênero. Por exemplo: quanto menor a gordura corporal, menor será o nível de álcool no sangue. Além disso sabe-se que, após estudos científicos, mulheres usualmente processam o álcool mais lentamente que homens.

Qualquer quantidade de álcool acima da cota de 30 gramas não é processado imediatamente, e por isso satura o sangue até que o fígado esteja apto a processar o excesso.

A partir disso, sabendo que o álcool é depressivo do sistema nervoso central, os primeiros tragos que uma pessoa realiza ajuda a pessoa a relaxar. Mas ao volume de álcool no sangue aumentar, os efeitos se tornam mais intensos, aparentando o que popularmente da-se o nome de “ficar bêbado”.

sintese-de-proteinas

Síntese de proteínas

Sabendo o que cientificamente significa “estar bêbado”, é importante também saber o que acontece em termos de performance atlética após ingerir álcool.

O álcool prejudica a capacidade do seu corpo de absorver proteína, impactando na síntese de proteínas do corpo. Este processo é quando os aminoácidos são sintetizados para proteínas. Por isso para quem deseja músculos fortes e potentes, deve ter um equilíbrio positivo de proteína muscular.

Em outras palavras isso significa que a falta de exercício (ou ingestão de proteína) pode significar o seu desenvolvimento muscular pode ficar comprometido. Assim haverá um estado catabólico de perda de tecido muscular. Por isso o consumo constante de álcool atrapalha a síntese de proteínas e causa a miopatia ( fibras musculares não que não funcionam e resulta em fraqueza muscular).

Por isso para quem suscetivamente consome álcool em excesso está sujeito a cãibras musculares, rigidez, espasmo, tetania e o “manobrismo do levantar” são sintomas e sinais associados à miopatia.

niveis-de-testosterona

Níveis de testosterona

Testosterona é o hormônio chave para que o corpo desenvolva músculos e os regenere. Níveis baixos de testosterona, ou diminuição de sua produção, são associados com hipotrofia de massa muscular e recuperação. Para qualquer atleta, a recuperação muscular é fundamental para uma boa performance.

Por isso a presença de álcool no corpo aciona milhares de processos químicos, incluindo toxinas que o fígado produz e que ataca a quantidade de testosterona disponível no corpo.

Foto: http://hypescience.com/

Foto: http://hypescience.com/

Desidratação 

Um outro efeito que o álcool produz no corpo é fazer com que se vá constantemente ao banheiro. Isso acontece porque álcool é diurético, por possuir uma substância que promove a produção de urina, o que por sua vez faz com que os rins trabalhem mais que o normal para filtrar a grande quantidade de água produzida.

Dependendo do estado de embriaguez (repito: existe diferença entre consumir álcool socialmente e se embriagar em alto grau) a pessoa pode entrar em um grau severo de desidratação. Quando uma pessoa está desidratada corre sério risco de lesão ósseas e musculares, como câimbras e distensões. Além disso o apetite da pessoa pode diminuir, mesmo ela necessitando comer bem para treinar bem.

Uma vez que o álcool é absorvido pelo seu estômago e intestino delgado, e migra para as suas células, a quantidade de água no seu corpo é comprometida. Este efeito dificulta a produção de ATP, que é o combustível para a contração muscular. A redução de ATP no corpo pode resultar em fraqueza e perda de resistência.

vitaminas-e-minerais

Esgota vitaminas e minerais

Durante um estado de embriaguez crônico, e às vezes constante, por conta de grandes quantidades de álcool no sangue é esgotado vitaminas e minerais.

Toda pessoa precisa de vitaminas e minerais para manter nosso corpo saudavel e funcionando corretamente, por isso consumo excessivo de álcool faz com que as vitaminas A , C , cálcio, zinco e fósforo sejam todos drenados em taxas rápidas .

Explicando de uma maneira simples: dar um passo para frente e dois passos para trás.

gordura-corporal

Aumenta o armazenamento de gordura

O álcool possui 7 calorias por grama, o que significa que é possível beber consumir uma refeição reforçada à noite sem perceber. Mas infelizmente seus músculos não são capazes de usar estas calorias como combustível e, ao invés disso, são convertidos em glicogênio no corpo.

Em outras palavras: o corpo trata o álcool como gordura, assim constantes consumos de álcool aumenta o depósito de gordura que inadvertidamente impacta na porcentagem de gordura corporal.

hipergravidade-2

Recuperação muscular

Depois de uma exercício intenso, os músculos necessitam de tempo para se recuperarem e regenerar as fibras musculares. Esta é a maneira que os músculos tornam-se mais fortes.

Uma das melhores, e mais simples, maneiras de se recuperar é durante o sono. Mas o álcool afeta negativamente o sono, e por isso o organismo consome elementos químicos preciosos.

Um destes elementos é o HGM, o hormônio do crescimento. Este hormônio é vital para o crescimento e regeneração muscular, mas o álcool suprime a secreção dele em até 70%.

Foto: http://www.bolsademulher.com/

Foto: http://www.bolsademulher.com/

Benefícios do álcool

Muito provavelmente o leitor que chegou nesta altura do artigo deve estar pensando em demonizar o consumo de álcool. Pois saiba você que o consumo de álcool também traz benefícios. O problema principal, que foi citado diversas vezes no artigo, é constância de seu consumo assim como a quantidade.

O consumo de álcool, em quantidades moderadas, serve como alívio para o estresse. Alguns tipos de bebidas alcoólicas também são antioxidantes e anti-inflamatórios. Uma bebida alcoólica que possui vários benefícios é o vinho tinto que, comprovadamente por estudos científicos, reduz a pressão sanguínea, protegendo o sistema cardiovascular. Importante salientar que não é exatamente os mesmos benefícios de possuir uma dieta alimentar saudavel.

Na dieta alimentar de um atleta é importante elencar as metas e objetivos para a temporada. A partir dela faz-se a abertura a exceções de beber para comemorar algo. Mas deve-se lembrar que vive-se apenas uma vez, e sacrifícios constantes podem trazer um desequilíbrio na vida a longo prazo também.

Proponha-se a sempre beber com moderação, e se o consumo de álcool está atrapalhando sua saúde, e vida social, procure ajuda de um especialista.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.