Transespinhaço: Minas Gerais anuncia implementação de trilha de 700 km entre BH e Diamantina

Durante a realização de m seminário em meados deste mês, a trilha de longo curso Transespinhaço anunciou a sua implementação oficial. O percurso deverá ter aproximadamente 700 km de extensão, conectando unidades de conservação ao longo da Serra do Espinhaço e cruzará mais de 30 municípios. De acordo com os organizadores, a trilha de longo percurso irá ligar os municípios mineiros de Belo Horizonte e Diamantina.

O Seminário da Trilha de Longo Curso Transespinhaço, que teve participação de 60 pessoas e foi realizado no último dia 16, foi o pontapé inicial e reuniu servidores, voluntários e montanhistas, organizando-os em grupos de trabalho os quais irão se articular para a implementação. Participaram do evento representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que segue o plano de implementação do Sistema Brasileiro de Trilhas de Longo Curso.

Segundo os organizadores, o principal desafio a princípio é sinalizar os primeiros trechos da trilha até o final de Agosto deste ano. Durante o seminário foram estabelecidos os primeiros responsáveis pela articulação e implementação de três setores da Transespinhaço :

  1. Belo Horizonte ao Parque Nacional da Serra do Cipó
  2. Parque Nacional da Serra do Cipó-MG à Comunidade de Cemitério do Peixe
  3. Comunidade de Cemitério do Peixe à Parque Nacional das Sempre Vivas

A Transespinhaço será dividida em 11 setores, com início na Serra da Moeda (região metropolitana de Belo Horizonte).

There are 4 comments

    1. Luiz Aragão

      Olá Edimar! o que quis dizer com “nível”? Existem várias classes de trilhas, para principiantes e experientes – mas para montar/organizar/implementar uma TLC (Trilha de Longo Curso), o segundo grupo certamente tem bastante a contribuir. Nós temos participando como voluntários, para tirar a trilha do “papel”, montanhistas, guias, gestores de Unidades de Conservação, associações ligadas ao meio ambiente que existem por toda a serra do Espinhaço, etc.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.