Tommy Caldwell e Alex Honnold completam a travessia do Fitz Roy na Patagônia

Honnold_patagonia

Foto: pataclimb.com

Os escaladores americanos Tommy Caldwell e Alex Honnold conseguiram completar a travessia do Fitz Roy.

O Fitz Roy é uma montanha localizada na fronteira entre a província de Santa Cruz, no extremo sul da Argentina, e o Chile.

Na região também é conhecido por El Chaltén, nome idêntico ao de um povoamento local.

Apesar de sua altitude relativamente modesta de 3.375 metros, o Fitz Roy é considerado por muitos escaladores como o maior de todos os desafios do esporte porque suas paredes verticais requerem técnica impecável para serem conquistadas.

Somado a isso o clima da região é excepcionalmente ruim e traiçoeiro considerado um dos “piores do mundo”.

Por conta disso muitos escaladores já morreram por lá.

caldwell_honnold

Foto: www.thecleanestline.com

Um antigo projeto da dupla Caldwell-Honnold, a travessia do maciço e envolve escalada e descenso de alta dificuldade.

Fazem parte do maciço: Aguja Mermoz, Aguja Guillaumet, Aguja Rafael Juarez, Aguja Poincenot e Aguja del la “S”.

A aventura tem 4000 metros de escalada (subidas e descidas) com graduação 7a Fr (7c Brasileiro).

As informações foram divulgadas italiano radicado na argentina Rolando Garibotti através do site americano “Super Topo

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Foto: Todor Bozhinov

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.