Divulgado curso de análise de movimentação de atletas de escalada no século XXI

Disciplinas como força, resistência e determinação fazem parte de qualquer atleta. Mas também um item que faz muita diferença é o repertório de movimentos (intrinsecamente ligado ao domínio da técnica corporal) que delimita a diferença entre um escalador “raçudo” e outro que vai além da força bruta.

Esta linha imaginária pode ser observada em academias e, principalmente, campeonatos de escalada. Há, claro, uma exigência física gigante, mas muitas vezes é observado claramente como alguém com repertório de movimentos consegue passear em trechos que outros agonizam.

Uma das pessoas que mais observa este tipo de realidade é o alemão Udo Neumann, autor do livro “Lizenz zum Klettern” (licença para escalar em tradução livre). Neumann é um estudioso do repertório de movimentos dos atletas escaladores e, por isso, é merecedor de exercer o cargo de técnico da seleção alemã de boulder desde 2009. Seu vídeo “Boulder World Cup reports – as seen by the German Bouldering Team” é dos mais populares no youtube a respeito de escalada e referência para quem estuda o assunto.

Udo “udni” Newmann é formado em ciência do esporte e autor de livros considerados mandatórios para quem procura saber mais sobre Performance em Escalada em Rocha, além de numerosos vídeos sobre treinamento tanto para escaladores em vias guiadas como boulder.

Seu livro mais recente, “The Art & Science of Bouldering” de 2013, é referência entre treinadores. Muitos das seleções que têm se destacado em competições de escalada, como Chile, México, Equador e Argentina, utilizam a obra como referência para a elaboração de treinamentos específicos de lapidação do gestual e técnica dos atletas.

Aproveitando o potencial que a internet oferece, Udo lançou no dia de hoje uma análise em forma de filme que analisa a movimentação dos atletas de escalada. A obra está disponibilizada em VOD (video on demand), custando US$ 16,00 para a compra. Nele o técnico alemão analisa a movimentação, com ênfase em boulder, de atletas de sua seleção e em como isso pode ser treinado e aplicado.

Mais detalhes: https://vimeo.com

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.