Sherpas declaram fechamento de temporada 2014 no Everest, reunião para negociação foi marcada

Foto: http://www.bellinghamherald.com

Foto: http://www.bellinghamherald.com

Após a maior tragédia da história do montanhismo no Everest que vitimou 13 pessoas, em sua maioria Sherpas (habitantes locais responsáveis por carregar equipamentos e suprimentos montanha acima) foi declarada a itenção de terminar a temporada de montanhismo 2014.

O líder sherpa Tulsi Gurung e um irmão de um das vítimas do acidente confirmou à agência francesa AFP (Agencia France Presse) que após uma longa reunião decidiram que em honra dos companheiros irão terminar a temporada do Everest.

Ainda segundo Gurung a decisão tomada foi unânime.

Foto: http://www.bellinghamherald.com

Foto: http://www.bellinghamherald.com

Segundo informações divulgadas algumas expedições já deixaram a montanha.

A decisão levanta ainda mais a pergunta a respeito da sustentabilidade da relação sherpas x turismo de Everest, e que vem sendo cada vez mais comentado por veículos de credibilidade.

A oficialização do fechamento do Everest ainda depende de reunião com governante e forças econômicas locais.

O fator econômico, entretanto, parece ser o maior entrave nas negociações.

A temporada de subida ao Everest é o principal motor da economia de Khumbu (nordeste do Nepal, no lado nepalês do Monte Everest), e milhares de pessoas vivem da exploração dela.

Há portanto grande conflito de interesses (morais e econômicos) a respeito da decisão tomada pelos sherpas e o resto dos trabalhadores do campo base.

Segundo consta, sherpas recebem sete vezes o que um trabalhador comum, e por isso podem manter-se um ano sem honorários, o que não ocorre com os outros habitantes e trabalhadores locais.

Por isso há o temor de que o fim da temporada do Everest pode afetar profundamente a frágil economia da região.

Haverá uma reunião com todos os representantes e autoridades para sacramentar, ou não, o precoce fim da temporada do Everest para o ano de 2014.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.