Cerveja e esporte: O consumo e segredos surpreendentes da bebida

É aconselhável beber cerveja depois da prática esportiva? Se a resposta é positiva ou negativa depende da quantidade que acabou de pensar. Leia neste artigo como conseguir usufruir das propriedades da cerveja e não comprometer sua performance.

A ingestão de cerveja depois da prática esportiva pode gerar grandes benefícios à saúde. Mas, em contrapartida, consumir um pouco mais do que seria a medida adequada pode ser realmente nocivo, além de alterar o rendimento esportivo.

De acordo com os estudos realizados pelo Centro de Informação e Saúde sob o título de “Idoneidade da cerveja na recuperação do metabolismo dos esportistas”, é explicado os benefícios da ingestão da cerveja depois da prática esportiva.

No estudo está também explicitado qual a medida adequada e seus efeitos secundários de beber além da conta.

A cerveja segundo a história

A cerveja é uma das bebidas fermentadas mais antigas da humanidade. Ainda não se sabe com exatidão quando foi a sua descoberta. Atualmente considera-se que foi no Neolítico (também conhecido como período da pedra polida, entre 10.000 a.C. a 3.000 a.C.).

À época o armazenamento de água e grãos trouxe como resultado a fermentação. Esta situação também colaborou para o descobrimento de conservação de líquidos, isso porque a fermentação impedia o crescimento de agentes patogênicos.

Os sumérios (antiga civilização no sul da Mesopotâmia) são considerados os primeiros produtores massivos de cerveja e estima-se que sua produção era de 40% de todo cereal que cultivavam. Entretanto é atribuído aos egípcios a produção de forma regulada, sendo consumida por todas as classes sociais.

Da mesma maneira que o pão, a cerveja é resultado da fermentação de água e cereais. Na cerveja há ainda a mescla de lúpulo à fermentação. Geralmente o nível de álcool da cerveja é relativamente baixo se compararmos com outras bebidas. Uma cerveja possui, em média, teor alcoólico de 4% a 8% e suas propriedades podem funcionar como uma reidratação.

Reidratação com cerveja após a prática esportiva

A cerveja, contêm 4% de carboidratos em forma de maltodextrina, que são metabolizados lentamente e se convertem em energia, como qualquer carboidrato completo, liberando a glicose na corrente sanguínea de forma lenta. Isso ocasiona um pico de glicemia moderada (um fator positivo, diga-se).

Além disso, a cerveja possui substratos metabólicos que repõe as perdas ocasionadas pelo exercício. Estes substratos energéticos são: aminoácidos, minerais (sódio, potássio, magnésio, fósforo e cálcio), vitamina B e antioxidantes.

Portanto, a cerveja (na medida certa) também pode ser fornecedora de uma rápida e efetiva reidratação. Uma reidratação adequada repõe as perdas hidroeletrolíticos e reinstaura os depósitos energéticos. Desta maneira chega-se a um equilíbrio homeostático.

A cerveja possui também um conteúdo moderado de sódio e potássio. Com 4g de carboidratos por cada 100 ml, é praticamente a quantidade recomendada para bebidas esportivas. Entretanto a cerveja não as substitui e diferentemente das bebidas esportivas possui muitos efeitos secundários quando não ingeridos adequadamente.

O que é a ingestão inadequada de cerveja?

Atualmente, especialmente nos países ocidentais, a cerveja é uma das bebidas que é mais consumida. Existem muitos estudos que encontraram benefícios à saúde pela ingestão moderada de cerveja. Mas como dito ao longo do artigo, a cerveja pode funcionar como bebida de reidratação e possui propriedades que irá repor elementos perdidos na prática esportiva. Mas, como também foi explicitado ao longo do artigo, tudo depende da quantidade ingerida. A pergunta chave é: qual a medida deste consumo moderado?

  • Homens (80 kg) – Duas cervejas ao dia (20 a 24 gramas de etanol)
  • Mulheres (50 kg) – Uma cerveja ao dia (10 a 12 gramas de etanol)

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estabelece que uma dose padrão contém aproximadamente 10 a 12 gramas de etanol equivale a uma lata de cerveja ou chope (330 ml) ou uma taça de vinho (100 ml). Lembrando que existem outros números de outras instituições, como Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (SENAD) (Brasil) e o National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism (NIAAA) dos EUA adotam diferentes padronizações.

Efeitos secundários da cerveja

O grande inconveniente que possui a cerveja como bebida de reidratação é o seu conteúdo de álcool. E neste detalhe é que está escondido os efeitos ruins da cerveja para quem pratica atividades físicas. O abuso de álcool pode alterar diversas funções corporais e comprometer a saúde e rendimento esportivo. Isso porque o álcool é uma substância tóxica que nosso corpo tem de neutralizar e eliminar todas as vezes que é ingerido.

Entenda que ninguém está dizendo que não consuma cerveja, mas este artigo tem o objetivo de informar sobre a escolha que está fazendo ao beber uma cerveja.

O excesso de álcool é aquele que nosso corpo não pode eliminar com eficácia, produzindo efeitos colaterais. Nesta situação, gerada pelo excesso de NADH (hormônio antidiurético – dinucleótido de nicotinamida e adenina), que inibe a glicogênese e a oxidação de ácidos graxos.

Em outras palavras, se a ingestão de álcool é de moderada a grande, os efeitos nocivos para a saúde do esportista são os seguintes:

  • Desidratação: inibição do hormônio antidiurético.
  • Aumento da perda de líquidos, produzindo maior perda de vitaminas e minerais essenciais para o desempenho esportivo adequado como potássio, magnésio, fósforo e cálcio.
  • Diminuição da tolerância ao esforço (resistência física)
  • Alteração do rendimento físico, diminuindo a capacidade do fígado produzir glicose a partir de outras substâncias não glicídicas.
  • Aumento da degradação de proteínas, prejudicando a massa magra (músculos) de nosso organismo.

Portanto, o mais recomendado a você que está planejando consumir cerveja (ou porque é apreciador de uma), sempre que beber procure também consumir junto um copo de água. Além, claro, de estar atento à quantidade moderada. Desta maneira, mesmo bebendo cerveja no dia anterior a algum projeto específico, poderá desfrutar dos benefícios que esta bebida deve proporcionar.

Tradução autorizada: https://freeman.com.mx

Freeman é o mais importante site sobre escalada e esportes de montanha do México e organiza o mais assistido festival de filmes outdoor da América Latina

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.