Saiba quem são os cinco produtores de filmes outdoor no Brasil a acompanhar

313236_305168606247669_900420493_n[1]

A produção de filmes outdoor no Brasil e no mundo se popularizou bastante nos últimos anos.

O barateamento de câmeras e aparelhos eletrônicos de filmagem, junto com um melhor e mais fácil acesso a softwares de edição foram um dos motivos que aceleraram a popularidade.

Ainda no Brasil não existem mais festivais outdoor de relevância.

Dentre os eventos de filmes outdoor existentes no Brasil e que merecem destaque pela qualidade e respeito ao público presente são : Rio Mountain Festival no Rio de Janeiro , Get Out! em Belo Horizonte e a Mostra Capixaba de Filmes de Montanha em Vitória.

Há ainda uma demanda grande em outros centros, mas que ainda não receberam um evento de relevância.

Especialmente eventos que  haja filmes inéditos e não disponíveis na internet (regra básica para um festival ter credibilidade).

Para quem tem o desejo de saber quem está na vanguarda a internet é uma boa oportunidade de se acompanhar mais de perto produtores emergentes. brunno_senna

Quem são estes vanguardistas ?

São pessoas que realizam um trabalho de exuberante beleza, roteiro sólido e conciso, e um olhar sobre o esporte de aventura e sobre a montanha que são acima da média.

Leia abaixo quem são os produtores que merecem ser acompanhados de perto :

Pedra Viva

O porque : A produtora de Goiânia tem aprimorado seu olhar, técnicas de filmagem ,edição e principalmente o roteiro.

Com todos os elementos mais equilibrados e com enredos mais bem elaborados tem produzido os mais interessantes filmes sobre escalada no Brasil dos últimos seis meses.

Desde o início de seus trabalhos o amadurecimento é nítido.

Onde saber mais : https://vimeo.com/pedraviva

Melhor Trabalho  :

Ricardo Cosme / Granito Filmes

O porque : O produtor carioca possui uma elegância e qualidade de imagem singular e um olhar sobre o esporte pouco encontrada em produções do gênero.

Presente somente em produções de qualidade a maneira que realiza suas produções seguramente é fonte de inspiração para poucos.

Não tem produzido muito material nos últimos meses, mas mesmo assim merece destaque.

Onde saber mais : http://vimeo.com/ricardocosme

Melhor trabalho :

 Gustavo Maneira

O porque : O produtor mineiro Gustavo maneira apesar de não utilizar imagens de qualidade exuberante (ainda assim bonitas), muito disso por limitação mecânica (talvez por não possuir ainda câmeras de alto calibre) ,a sua capacidade de elaborar bons roteiros em cada pequeno vídeo que realiza merece destaque.

Em todas as suas produções a sua preocupação em contar uma história além de mostrar de maneira simples e que possui a linguagem de escaladores.

Onde : https://vimeo.com/user8251450

Melhor trabalho :

 Bruno Senna

O porque : Bruno Senna é fotógrafo profissional e muito disso possui um olhar mais técnico na composição de suas imagens.

Sua produção “My First Mountain” merecia mais reconhecimento pelos festivais que participou por conta da qualidade das imagens captadas.

Para aprimorar seu olhar e técnicas cinematográficas formou-se em um curso de cinema, e que seguramente deve dar um tom mais artístico e poético em suas futuras produções.

Onde : Página do My First Mountain

Melhor trabalho :

rlciq

Porque : O rlciq realiza trekkings com filmagens de boa qualidade e que possui a habilidade de mostrar bom humor com cenas de natureza.

É um dos poucos produtores que sabe mesclar imagens de “timelapse” e de ação dentro de uma história sem deixá-la com a impressão de estar alongando.

Seu teaser do trekking em solo na Tierra del Fuego é um verdadeiro exemplo de como realizar um bom filme com imaginação.

Suas pequenas obras deve servir de base de inspiração para muitos produtores de filmes outdoor devido à sua simplicidade e eficiência.

Melhor trabalho :

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.