Saiba quais são os 7 segredos fundamentais para chegar ao cume do Aconcágua

Algumas montanhas são mais icônicas que as outras. Na América do Sul seguramente uma das mais icônicas é o Aconcágua (6.962 m). Olhando no dicionário algo ser icônico é quando se distingue ou simboliza uma época, uma cultura, uma área do conhecimento. Por ser o ponto mais alto de todo continente americano, esta montanha é motivo de desejo para muitos montanhistas.

Por ter uma alta taxa de pessoas tentando subir ao teto das Américas, muitas pessoas se enganam que é um cume fácil de ser realizado. Um engano bastante comum que pode ser comprovado comparando a taxa de sucesso de todos os montanhistas que tentam escalá-lo.

Aconcágua

Subir ao cume do Aconcágua é um privilégio e depende de alguns fatores fundamentais para o sucesso da expedição.

Atitude Psicológica

Aconcágua

A frase do jornalista Nelson Rodrigues “Jogador quando não está bem psicologicamente, engasga até bebendo água”, resume bem o quão importante é a atitude psicológica de um montanhista. Por mais confiante em suas habilidades, otimista com as circunstâncias, se não tiver a atitude psicológica adequada ficará apenas dentro da barraca e não voltará para casa com a história de ter atingido o cume do Aconcágua.

É fundamental estar preparados mentalmente para enfrentar a expedição, pois estará longe do amor dos amigos e familiares, conforto do lar e em um ambiente o qual algumas regras (e frescuras) da civilização não existe. Outra citação de Nelson Rodrigues de que “dinheiro compra até amor verdadeiro”, não é válida para ascensões ao Aconcágua. Pois quem é montanhista experiente sabe que o músculo mais importante do montanhista é seu cérebro.

Por isso durante toda a preparação física é importante também preocupar-se com o espírito e mentalidade para o desafio.

Preparação física

Aconcágua

Foto : http://www.diariouno.com.ar/

Para chegar ao cume do Aconcágua não é necessário ser um atleta de elite. Porém quem é avesso a exercícios físicos o ponto mais alto das Américas não é o local mais indicado para se estar. Toda a vivência no cume é muito diferente de um passeio no parque de sua cidade. Mesmo grandes destaques na academia, se não tiver realizado uma preparação adequada para toda a expedição ao cume, provavelmente passará vergonha.

A montanha é implacável, especialmente para quem tem má forma física. Para quem tem o hábito de mentir a si mesmo, considerando em forma quando na verdade não está, o Aconcágua é o lugar perfeito para o choque de realidade. A frase é um clichê, mas o Aconcágua é o lugar que o filho chora e a mãe não vê.

Vale aqui uma observação importante : faz parte da preparação física saber como está de saúde. Um check-up completo de todos os aspectos é imprescindível para não ter surpresas na montanha. Visitar um bom médico deve ser o primeiro passo a qualquer montanhista, antes mesmo de começar a preparação física.

Experiência

Aconcágua

Foto: Antis Outdoor

Escalar em alta montanha é, antes de tudo, acumular experiências e aprender a cada segundo. Por isso querer começar a escalar alta montanha pelo Aconcágua é um erro tão gritante quando ser jogador de várzea e acreditar que está apto a jogar futebol de alto nível. Caso conheça alguém que APENAS ter feito escalada de alta montanha no Aconcágua, desconfie. Muito provavelmente esta pessoa queimou etapas importantes de aprendizado ou, na pior das hipóteses, foi carregada montanha acima.

Montanhismo é a reunião de várias disciplinas e, por isso, leva bastante tempo para aprender as mais importantes. O mais indicado para ir ao Aconcágua, com seus 6.962 metros acima do nível do mar é, pelo menos ter feito algumas montanhas de 4.000, depois 5.000, depois 6.000, para posteriormente se postular ao seu cume. Assim como aprender a tocar um instrumento o indivíduo deve aprender nota a nota, alta montanha deve adotar-se a mesma filosofia.

Espírito de equipe

Aconcágua

Foto : Antis Outdoor | http://www.antisoutdoor.com.ar/

Apesar de parte da mídia adorar exageros e creditar vitórias de uma equipe a indivíduos isolados, em uma expedição de montanha isso não acontece. Aquele que não tiver espírito de equipe, acreditar que é mais estrela que algum outro integrante, corre sério risco de ser deixado para trás.

Quando se está próximo a ambientes inóspitos não há nenhuma convenção social como hierarquia baseada em dinheiro, raça, classe social, profissão ou nacionalidade. Todos são iguais e quem não estiver ciente disso deveria ter ficado em casa. Não espere que ninguém faça algo que seja a sua obrigação.

Logística

Aconcágua

Foto: Acervo pessoal LIsete Florenzano

Até mesmo para andar dentro da cidade, há toda uma logística e para uma expedição ao Aconcágua não poderia ser diferente. Neste aspecto é que diferencia as empresas especializadas em escaladas ao Aconcágua. Todos possuem a experiência necessária para saber o que é essencial e o que não é.

Por isso é fundamental ser minimalista e adotar o desapego de qualquer equipamento que, por um acaso, seja considerado supérfluo.

Equipamento

Aconcágua

Na montanha não há espaço para improvisações de equipamentos. Salvo, claro, em uma emergência. Por isso alguns equipamentos de escalada em alta montanha são tão caros, por serem essenciais à sobrevivência do usuário. Marcas especializadas na venda e comércio destes equipamentos sabem disso e, por isso, colocam aquilo que é o estado da arte de tecnologia neles. Por este motivo é que este esforço de criar o melhor equipamento de montanha possível reflete em seu peso.

Algumas marcas possuem um know-how melhor que outras e é por isso que montanhistas de todo o mundo preferem uma determinada marca a outra. Este talvez seja um dos motivos que mais desagradam patrocinadores de montanhistas que são considerados elite do esporte.

Não confie em nenhum equipamento que deixe alguma margem de dúvida com relação à sua durabilidade ou que, quando comparado ao líder de mercado, possui rendimento com várias restrições. O não uso de equipamento apropriado pode ocasionar em óbito ou em um resgate às pressas.

Meteorologia

Aconcágua

Plaza Canada – Aconcagua 24mm F5.6 30s ISO 6400 | Foto : Gabriel Tarso

Todo montanhista sabe que a primeira coisa a se preocupar quando se está na montanha é a previsão do tempo. Por mais preparado que seja o montanhista, durante um tempo ruim este nada pode fazer. Dependendo do clima muda-se planos, itinerários e até mesmo cancela-se expedições. Basta prestar atenção às várias notícias de que montanhistas tiveram de abortar os planos, ou mesmo serem resgatados, por mudanças repentinas no tempo.

Portanto, para ir ao Aconcágua, não poderia ser diferente: A obsessão de todos é com a previsão do tempo. Um revés no tempo pode afetar até mesmo psicologicamente quem esteja sentindo-se apto a fazer o ataque ao cume.

ANTIS-OUTDOOR_banner800x100

Sobre o Autor

Antis Outdoor

Antis Outdoor

Para aqueles que não sabem ANTIS OUTDOOR® são uma equipe de especialistas (montanhistas, guias, treinadores e instrutores de escalada) dedicada exclusivamente ao montanhismo. Nós organizamos expedições às montanhas da Argentina e no exterior, trekking e escalada no gelo e cursos de rock.

Nós fornecemos a preparação abrangente de nossos grupos expedicionários nos meses antes de cada embarque ou (coaching, treinamento e aconselhamento) semanas.

Somos especializados em expedições ao Aconcagua, Mendoza Cordón del Plata, na Patagônia Lanin, Vulcões do norte da Argentina e os outros 7 Cúpulas (Kilimanjaro, na África, Elbrus, na Europa e na América do Norte Denali).

Nós somos a primeira organização sul-americana que tem guiado grupos de hóspedes para Aconcágua, Kilimanjaro, Elbrus e Denali. Todos fazem parte do circuito 7 Cúpulas mais altos em cada continente a.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.